Ilha do Príncipe Eduardo

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Ilha do Príncipe Eduardo é uma pseudo-província do Canadá que se acham semi-independentes e sonham ser como Saint-Pierre e Miquelon (no quesito "ilha inútil" os príncipo-eduardanos já conseguiram esse feito).

Tabela de conteúdo

[editar] História

As tediosas paisagens da Ilha de Príncipe Eduardo.

Tudo começou quando o Príncipe Eduardo Augusto do Reino Unido ganhou um presente dos gregos, uma ilha isolada lá na puta que pariu, ainda mais longe que a Groenlândia, cheia de esquimós canibais comedores de baço humano. O Príncipe Eduardo ficou tão feliz que colocou seu nome na ilha e mandou todos presidiários da França para irem trabalhar lá pescando caracóis para garantir a demanda de escagot que existe em Quebec.

Só em 1997 que a Ilha de Príncipe Eduardo é interligada com a civilização exterior com a construção da ponte que liga a ilha à Nova Brunswick onde um buraco de minhoca teletransporta instantaneamente os motoristas para uma caverna de ursos em Manitoba. Como só agora a civilização está chegando por lá, a história da ilha antes de 1997 é mero boato.

[editar] Geografia

A Ilha de Príncipe Eduardo é como se alguém tivesse a ideia genial de transformar Guarujá num estado brasileiro autônomo (sem precisar de nenhuma proporção para esta analogia).

[editar] Economia

Economia predominantemente baseada na pesca de atum, ao contrário das outras nove províncias que pescam salmão.

[editar] Cultura

Os habitantes locais que estão todos na vila de Charlottetown não tem cultura própria... Apenas um Festival de Verão que consiste em acertar os turistas com batatas.

Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas
Outras línguas