Ilhas Faroé

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Ilhas Faroé (Ilhas das Ovelhas em sânscrito sueco-dinamarquês) é a maior fazenda da Europa que compreende todo o território do arquipélago.

[editar] História

Durante a Era Viking, a Escandinávia para suprir suas necessidades bárbaras de ingestão de carne de carneiro, além da necessidade da confecção de casaquinhos de lã da vovó para suportar o frio insuportável de sua região, importaram da África Menor várias ovelhas para iniciar seus negócios.

A Dinamarca povoou as ilhas durante muito tempo, mas quando descobriu a Groelândia esqueceu das Ilhas Faroé e decidiu colonizar o Canadá.

Quando os bárbaros anglo-saxões conquistaram a ilha por que queriam casacos também, houve uma revolta das ovelhas que não suportavam ficar peladas em uma revolução sangrenta tomaram o controle da ilha.

A maior vitória nacional foi durante as invasões napoleônicas onde a ilha resistiu bravamente aliada a um enclave soviético e venceram o combate no inverno.

O maior inimigo nacional atualmente é o Lobo Mau, maior bandido dentre os cordeiros da ilha.

Dizem que Elvis Presley se esconde lá esse tempo todo.

[editar] Geografia

Mapa das Minas de Ilhas Faroé.

Durante a época de possessão dinamarquesa, foi conhecida como verdadeira Greenland, já que a Groelândia estava mais para Whiteland, enquanto as Ilhas Faroé são compostas quase que unicamente por gramíneas e vastos pastos.

[editar] Economia

As Ilhas Faroé vivem na exportação de lã, casacos já confeccionados e carne de ovelha. O maior serviço requisitado no país são os trabalho de pastores e fazendeiros.

Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas
Outras línguas