Ilhas de Pitcairn

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Ilhas de Pitcairn são o cunhão pontão da Oceania, pois depois dela já é a América, formado pelas ilhas de Pitcairn, Ducie Maria, Oeno, Henderson e Páscoa, sendo esta última reclamada pelo Peru.

Tabela de conteúdo

[editar] História

As ilhas de Pitcairn durante sua história antiga foram colônia de férias dos Incas e território da Ilha de Páscoa. Possuiam inclusive as estátuas divertidas que esse povo se amarra em fazer. Na época houve uma amotinação nas embarcações incas que excursavam à região. As histórias que os nativos contam são o mais atrativo da região, em destaque as que falam sobre o concurso de crack fumo mais longo, além disso por estar situado em uma ilha vulcânica a corrida do magma também é um sucesso na região.

Quando os Incas se transformaram em chilenos, Pitcairn passou a ser território chileno, porém amotinagens ainda eram comuns na região.

No século XX porém, quando a Inglaterra humilhou a Argentina nas Malvinas, para não desperdiçar todo o dinheiro que havia gastado comprando armas, pois não imaginava que seria tão fácil derrotar os argentinos, resolveram então abusar de algum outro país fraco e o as Ilhas de Pitcairn do Chile foram rapidamente conquistadas com exceção da Ilhas de Páscoa que não serviria para nada mesmo. Durante a guerra o único acontecimento marcante foi a amotinagem dos porta-aviões ingleses.

[editar] Amotinagem dos Tediosos

Cena rotimeira nas costas de Pitcairn

Nas ilhas de Pitcairn ocorre um fenômeno curioso denominado de Amotinagem dos Tediosos, onde todas as embarcações que cruzam o Oceano Pacífico são amotinadas depois que a tripulação se toca na roubada que estão se metendo navegando por ali e do tédio causado pelo pacifismo e ociosidade do oceano.

[editar] Crise de Super-População de 1856

Em 1856, a população de Pitcairn alcançou o número absurdo de 1 habitante, pois na época um navio de carregamento de rum havia se amotinado na região e a população de então 20 habitantes se embebedaram e mergulharam em orgias até não poder mais. Como não pensaram nas consequências da depravação, o resultado foi o surgimento da super-população e escassez de recursos para todos.

A saída foi apelar para o canibalismo e a população se devorou até se estagnar novamente em 20 habitantes/média.

[editar] Demografia

A população das Ilhas de Pitcairn são compostas por revoltosos ou descendentes desses e suas casas são confeccionadas dos pedaços de navios que assaltam ou se amotinam na região. Têm predileção especial por pré-púberes consanguíneas.

[editar] Geografia

Pitcairn é um arquipélago situado no meião do Oceano Pacífico composto por quatro ilhas isoladas entre si.

Pitcairn é compreendida pelas ilhas de Pitcairn, Oeno, Henderson e Dulcie cada uma absurdamente distante uma da outra e habitadas por um frentista cada.

Ponte do Pacífico, Pitcairn apesar da distância imensa entre cada uma de suas ilhas possui em cada uma delas um posto de combustível para aviões tornando possível a viagem desses em linhas como São Francisco-Tókio (a American Air-Lines agradece).

v d e h
Pitcairn Islands

Bandeira das Ilhas Pitcairn.png



Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas
Outras línguas