Império Mongol

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa


●Их Mонгол ул
●Ikh Mongol Uls
●Império do Tio Gengis

Três dos Nove Estandartes Brancos.PNG
Bandeira
Império Mongol.png
Império Mongol em seu auge
Capital Avarga
Língua Língua mongol
Tipo de Governo Canato
Khan Gengis Khan à Kublai Khan
Moeda moeda (qualquer uma)
População  ?



Império Mongol foi o mais vasto império já visto pela humanidade criado pelos mongóis que foi até onde era possível chegar de cavalo.

História[editar]

Unificação[editar]

Certo dia, Gengis Khan partiu numa jornada para unir todas as 5,8 milhões de tribos da Mongólia com o objetivo de tirá-los do puro tédio. Depois de inúmeras batalhas e um ridiculamente ultrajante derramamento desnecessário e gratuito de sangue, Gangis finalmente alcançou seu objetivo de uma Mongólia unificada, mas ele queria mais.

Expansão[editar]

"Olá, podemos saquear sua cidade? Não? Eu não pedi sua autorização mesmo..."

E assim, com seu recém-reunida exército híbrido, Genghis Khan embarcou em uma jornada épica para assumir e/ou destruir o mundo inteiro. Suas hordas cavalgaram através de toda Eurásia, participando de várias atividades com os moradores dessa região, tais como: "queimar suas cidades até o chão", "fazer montanhas de crânios humanos", e "teatro comédia de fantoches cadáveres". Eventualmente, através de uma mistura de estratégia, astúcia e ódio gratuito, os mongóis conseguiu conquistar uma parcela considerável do continente asiático e europeu. No entanto, eles continuaram a insistir teimosamente invadindo tudo o que não estivesse ao alcance "dos terríveis Krakens que infestavam os oceanos" conforme a lenda mongol.

Arriscaram (e conseguiram) assumir até o império chinês, que até então eram o povo da tecnologia mais avança e estupenda da humanidade com exército armado com bestas e protegidos por kevlar.

Apesar de sua inclinação para destruir a civilização, Genghis Khan estabeleceu uma administração notavelmente sólida durante o seu reinado. Era dito que uma mulher nua poderia levar um saco de ouro de Vladivostok à Portugal, sem ser atacada e/ou molestada. Homens nus no entanto, não tiveram tanta sorte. Note-se que a eficácia das leis do Império Mongol se devee em parte devido às punições rigorosas. Essas punições incluem ser morto por pisar dentro da barraca de um oficial sem permissão, ser morto por urinar em água corrente, ou ficar violentamente amarrado a 19 mulheres gostosas, para causa desordem pública em cidades que não fossem do império mongol.

Dissolução[editar]

No auge do império, Genghis Khan tinha mais de 1.573 filhos, 4.908 esposas e mais milhões de filhos ilegítimos, transformando seu plano de sucessão em uma selvagem batalha campal (literalmente). E assim na sua morte, Genghis Khan foi obrigado a passar seu vasto domínio aos três milhões de herdeiros, os quais prontamente iniciaram uma matança mútua uns aos outros, até que apenas três permaneceram vivos. Os três herdeiros sobreviventes sabiam nada sobre como governar um império pan-continental com milhões de grupos étnicos que, basicamente, queriam ver um ao outro cozido em lava. Assim surgiam o Canato de Chagatai, o Ilcanato e o Canato da Horda Dourada.