Império Bovino

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa


O Império Bovino iniciou-se em 240 a.C. numa região à leste da linha imáginária do Tratado de Verdum (que dividia o Território da América Latina entre Portugal e Espanha do Sul), onde hoje se situa o estado brasileiro do Amazonas.

Cquote1.png Deixou um rico legado cultural, inspirou um povo. Cquote2.png
Algum filósifo sobre Império Bovino


[editar] Ascenção

Boi do partido Garantido

Por volta de 240 a.C., quando a roda era quadrada e Chuck Norris ainda não tinha comido tua avó, chegou a este planeta em uma carroça espacial avariada, um rebanho de bois que buscavam um lar agradável para procriar.

Instalaram-se então numa região inóspita e tranquila, que logo mais se tornaria o Amazonas, um dos lugares mais ridículos para se viver.

Os bois, preocupados com sua qualidade de vida e com o pretexto de melhorar as condições do indígena, logo criaram um sistema servil de trabalho para o índio, onde os mesmos eram severamente explorados. Por incrível que pareça, os índios se deixaram dominar, pois pensavam que os bovinos fossem Deuses e logo tornaram-se leais e obedientes, o que fez o Império se consolidar.

Esse peíodo foi marcado pela fundação das cidades de Manaus (sede administrativa) e Parintins (sede cultural).

[editar] Queda

Os bois haviam entrado em guerra, o que causou a separação do Império em Garantido, liderado pelo PBV (Partido Bovino Vermelho) e Caprichoso, liderado pelo PBA (Partido Bovino Azul) separando consequentemente as tribos de índios onde metade se tornou Garantida e a outra Caprichosa.

Esses fatores, somados à chegada dos portugueses, que capturaram predatoriamente os bois e serviram sua deliciosa carne à Família Real Portuguesa, decretaram oficialmente o fim do Império Bovino.

Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas