In Extremo

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
60px-Bouncywikilogo.gif
A nossa sátira autorizada, a Wikipédia, tem um artigo sobre: In Extremo.
Das Letzte Einhorn enfiando aquele microfone na sua boca

Cquote1.png Um Vinking cantando músicas romanticas? Isto só pode ser coisa de boiola. Cquote2.png
Metaleiros sobre In Extremo

In Extremo (em latim: "No Limite") é um alemão de metal Medieval banda proveniente de Berlim que adoira músicas romanticas. Do estilo musical da banda The combina metal com músicas tradicionais medieval, misturando o som do rock padrão de metal / instrumentos com instrumentos históricos (como a gaita de foles , harpa , sanfona e shawm) "princopalmente, Harpas".

A história da Banda[editar]

In Extremo (Inex abreviada, ou apenas IE) começou com dois projetos: um nome, banda puramente medieval para atrair jovens adolecentes (eles adoravam uma música tipicamente medieval naquele país) e uma banda de rock, mas que não tocava apenas Rock. Eles se tornaram conhecidos na época por freqüentes aparições em reuniões mercado medieval, no qual eles se apresentaram suas peças acústicas e CDs vendidos de suas interpretações de canções tradicionais, fucks da pesadas e músicas romanticas, atraindo diversos tipos de fãs. Durante a gravação para a temporada 1995, Michael Rhein (alias Das Letzte Einhorn, Engl. "The Last Unicorn") encontrou o nome do projeto "In Extremo", expressão latina para "At The Edge" criando até uma música para poder atrair gays, que eram diversos por sua sorte.

Ao longo dos anos, sua música tornou-se mais heavy metal base, pois seus fãs tavam detestando músicas de amor e paixão. Enquanto ao mesmo tempo, cada vez mais bem sucedido comercialmente com aquelas músicas tipos roqueiros doidos. Os instrumentos clássicos, no entanto - a gaita de foles, charamelas, e alaúdes - ainda desempenham um grande papel, apesar de serem usados apenas para um Rock fuck da pesada. A banda é também conhecida por seus figurinos bem visível e conhecido por usar pirotecnia em suas apresentações (incluindo fogos de artificios e guitarras quebradisas como um bom roqueiro faria, incluindo Der Morgenstern tocando címbalos, que foram incendiados junto com fotos de outras bandas rivais.

Em 26 de fevereiro de 2010 No Extremo Der Morgenstern anunciou que deixou a banda por diferenças musicais através de sua página inicial, pois ele estava cançado de ficar apenas tocando músicas de machos. Em 11 de junho, Florian "Specki TD" Speckardt foi anunciado como seu substituto na bateria, um drogado que não ligava com o que se tocava.

Viking.jpg
v d e h
Os bárbaros vêm aí... Olê olê olá!