Inaciolândia

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.png Só vejo cana-de-açúcar nessa cidade Cquote2.png
Steve Wonder sobre sobre Inaciolândia
Cquote1.png Vô mora qui mais nã, vo pa tubiara! Cquote2.png
Inaciolândense sobre sobre Inaciolândia

Inaciolândia é uma corrutela localizada no meio de um brejo no sul de Goiás, cercado por uma plantação gigantesca de cana-de-açúcar.

História[editar]

Um quiosque ferrado na beira do rio é um retrato fiel do que é Inaciolândia.

Povoado criado em 1962 por fazendeiros perdidos que encontraram naqueles lamaçais fedorentos, terras férteis para poderem fazer o que mais gostam, capinar e arar o dia inteiro e de noite jogar truco à luz de velas, tradição respeitada até hoje. 1967 foi o marco do desenvolvimento de Inaciolândia, alguém bem desocupado teve a ideia de sair construindo casebres, igrejas, lojinhas e quiosques na beira do rio, tudo de madeira.

A cidade recebeu esse nome extremamente tosco "Inaciolândia" em homenagem a seu fundador, o Senhor Inácio Laudenirdo, o popular Nhô Lau, dono pomar de goiabeiras.

1992 separou-se de Itumbiara, e ninguém nem fez questão.

Economia[editar]

Economia de Inaciolândia é retratada com fidelidade nos jogos virtuais Harvest Moon e Colheita Feliz. Todo mundo apenas vende o que planta. Se não fosse as infinitas usinas de cana-de-açúcar que cercam a cidade, o PIB de Inaciolândia seria um número negativo, não haveria emprego, nem cidade.

Geografia[editar]

Cidade localizada em algum ponto da GO-206, que liga Quirinópolis ao Inferno. Próximo ao Rio Paranaíba. Possui um relevo horrível, que dá a impressão aos turistas de estarem no inferno, se diz "relevo" em respeito á corrutela, mas o que na verdade não passa de um buraco cheio de nordestinos na GO-206.

População[editar]

Consiste basicamente em travestis, caminhoneiros vindo de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, e nordestinos devido à demanda do corte manual de cana-de-açúcar das roças próximas à cidade.

97,4% da população é descendente de nordestinos, os outros 2,6% são nordestinos mesmo que se mudaram para trabalhar na Usina de cana-de-açúcar.

Cultura[editar]

A única e miserável cultura desse fim de mundo é o retrato fiel da cultura pernambucana, que consiste em maracatu rural, candomblé, dança-da-chuva, feitiçaria e vodoo.

Turismo[editar]

Cidade pacata que esbanja simplicidade, singeleza, tranquilidade e paz, (na verdade tudo não passa de eufemismo para o que Inaciolândia realmente oferece, "porra nenhuma").

O Lago Rio dos Bois é a opção mais próxima do que pode ser chamado de "turístico" em Inaciolândia. Nessa poça pessimamente projetada, o povão tem várias opções de recreação e prática de esportes aquáticos. Por ser um ambiente público, só dá farofeiro e todas mulheres tem bigode.