Inferninho

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Esta página se adequa à Nova Política de Conteúdo Sexual.
Conteúdo impróprio para menores de 18 anos! Tirem as crianças da sala! Este artigo tem conteúdo impróprio para menores!
Este artigo pode conter pornografia pesada ou leve. De preferência, leia-o de olhos fechados...

Se ele estiver cometendo uma infração à Política de Conteúdo Sexual, por favor, reporte à moderação.
Flyer da surubafesta Inferninho
Funcionária uniformizada do inferninho

Cquote1.png Meu passado me condena... Cquote2.png
Sua Mãe sobre Passado
Cquote1.png não é inferninho, é HELL!!!! HELL PORRA!!!!!!!!! AAAAAAAAHHHHHHH Cquote2.png
Headbanger sobre inferninho hell
Cquote1.png Eu tenho medo... Cquote2.png
Regina Duarte sobre Inferninho
Cquote1.png Quem nunca foi que atire a primeira pedra Cquote2.png
Oscar Wylde sobre Lugar pouco conveniente
Cquote1.png Eu nunca fui. Cquote2.png
Bruna Surfistinha sobre quem foi
Cquote1.png É claro que você foi! Cquote2.png
Você sobre quem foi
Cquote1.png Eu trabalhava em uma casa de massagem... Cquote2.png
Bruna surfistinha sobre Você
Cquote1.png SEM VERGONHA!! SEM VER-GO-NHA!!! Cquote2.png
Silvio Santos sobre Bruna Surfistinha
Cquote1.png Eu fui e não paguei! Cquote2.png
Velhinho que comeu e não pagou sobre inferninho
Cquote1.png No meu tempo se chamava de casa de burlesco Cquote2.png
Glória Maria sobre passado pré-histórico
Cquote1.png Até que enfim um assunto que eu entendo Cquote2.png
Carla Perez sobre inferninho
Cquote1.png Foi ai que eu achei Sua Mãe Cquote2.png
Seu pai sobre inferninho
Cquote1.png O Senhor PASSAPUCIMADISSO! Cquote2.png
Menina Pastora sobre isso
Cquote1.png Na União Soviética, a puta vai ao inferninho pra comer VOCÊ! Cquote2.png
Reversal Russa sobre inferninho

Um inferninho, é um lugar onde praticamente, todos os seres vivos passaram ou passarão um dia. Seu pai, Sua mãe, Sua avó, Seu avô, Sua tia, Você, etc. Emfim, todos conhecem um pouco. Este é um lugar onde várias profissionais do sécsiu, trabalhadoras da mais antiga profissão do mundo, ou seja, prostitutas trabalham. Este local pode ser encontrado em qualquer lugar do mundo, sendo assim considerado a empresa com mais filiais já existente.

Origem[editar]

Início[editar]

Madá, em seu ensaio sensual para a Prayboy
A origem de tal lugar remonta de milhares de anos atraz, quando a primeira puta, Maria Madalena, amiguinha próxima de Jesus, criou um ântro de perdição chamado de םחרה חתפ ("vagininha" em hebraico) para ensinar as pobres camponesas inocentes o seu ofício e entranhar tal profissão no mundo pré-medieval.

O lugar consistia de uma Sala, um sofasão comprado nas Lojas Bahia, e uma singela lamparina tingida de Vermelho no portão. Os Homens da época logo se tornaram frequêntadores do local, atraidos pelos Aromas estranhos exalados de xanas limpinhas nunca antes vista na época e pelas playold, que na época tinham Dercy Gonçalves como coelhinha.

Tal lugar fez tanto sucesso que Maria, ao cobiçar poder e dinheiro, criou uma franquia, patenteando as luzes coloridas e as pinturas nada convencionais nas fachadas como patente registrada םוניהיג ("inferno" em hebraico).

Com o avanço de sua franquia e a morte de jesus, Maria Madalena ficou desnorteada com a situação e vendeu as ações de sua empresa na bolsa de valores da República das Bananas.

Meio da história[editar]

Nem os castelos ficaram livres das franquias da "vagininha".
Com a chegada da Era Medieval, a "vagininha" mudou de nome, para ser chamada agora de "Casa de Burlesco". Com esse novo nome, as pessoas não mais ficariam preocupadas com as terríveis coisas que poderiam encontrar dentro de um lugar chamado de vagininha, não sem motivos, já que na época de Jesus o odor exalado desses lugares era muito forte devido a não existencia de banheiros ou toalhas quentes para a higienização do local após o uso de praticas como a Chuva de prata ou a Chuva de Chumbo.

As casas de burlesco agora dispunham de portas (!!!) e também de um banheiro. Lá os homens medievais podiam beber Cerveja e dançar com as funcionárias locais.

Fim do Início[editar]

Saloon (duh)
Casa de gueixas

Já na era pré-moderna e moderna, as casas de burlesco foram adaptadas no faroste para Saloons, onde as putas mulheres usavam trajes que apertavam as tetas Seios e levantavam suas saias em danças típicas de Tchatchatcha. A moda se espalhou e diversificou-se. Por exemplo, no Japão, esses lugares são chamados de [Casa de Gueixas], onde as funcionárias são chamadas de Gueixas.

Cquote1.png Casas de gueixas são onde as Gueixas trabalham. Cquote2.png
Capitão óbvio sobre afirmação acima

Atualidade[editar]

Atualmente, este local é frequentado em todos os lugares do mundo para adultos com maiores de 18 anos (21 em certos estados estado-unidenses), portadores de identidade falsificada e outros afins, para saciarem seu desejo sexual pagando para uma profissional fazer tudo o que Sua Mãe se recusa a fazer. Neste local é facil encontrar Velhos barrigudos sem vida social (sem ninguém pra comer) ou Deficientes Mentais. Acredita-se ainda que Pais levam seus Filhos a estes locais para sua primeira relação sexual! Acreditando que eles já não as tiveram. Para explicar melhor o que é esse lugar que faz parte do Folclore do Brasil, estudaremos esse estabelecimento por partes.

Nomenclatura[editar]

  • Putero
  • Casa da luz vermelha
  • Zona
  • Ântro de perdição
  • Casa da tia Zoraia
  • Lugar do ganço
  • Toca da macabra
  • Lugar de trabalho da Sua Mãe
  • Parque de diversões do papai
  • Etc.

Casas Famosas nos EUS[editar]

Usuários declarados desse lugar[editar]

Etc.