Invasões Mongóis no Japão

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Mongol warrior.jpg
Khan Khan Khan Khan!!! Este artigo é da Mongólia!!!

Ele mora em um Yurta, é pobre, vive no meio do nada, escreve com
alfabeto cirílico e nunca quer ser confundido com chineses!!!

Se você traiu Genghis Khan, CAIA FORA DAQUI!!!

Mongolia.jpg
Soldados mongóis bem equipados, preparando-se para a guerra.

Cquote1.png MWAHAHAHAHAHA! Cquote2.png
Mongóis antes da invasão
Cquote1.png Estamos ferrados Cquote2.png
Japonês sobre comentário acima
Cquote1.png Eu sempre quis ter um barco assim. Cquote2.png
Zeca Pimenteira sobre barco usado pelos mongóis
Cquote1.png Mas que p* foi essa, c*, que m*, eu não acredito Cquote2.png
Mongóis depois da invasão
Cquote1.png Você não é mongol, você é MOLEQUE!! Seu incompetente!! Cquote2.png
Genghis Kinas sobre Kublai Khan depois de falhar nas invasões ao Japão.
Cquote1.png Mas que p* foi essa, c*, que m* Elevado a 10, eu não acredito Cquote2.png
Mongóis depois da invasão 2 invasão
Cquote1.png Eu sou MOLEQUE!!Isto que dá comprar barco Made in China Cquote2.png
Mongol quando o barco afundou novamente
Cquote1.png Depois de tanta sorte acho que posso ganhar na loteria Cquote2.png
O mesmo japonês de antes depois de escapar da invasão
Cquote1.png E ainda nem me agradeceram Cquote2.png
Temprestade kamikaze sobre japoneses

As Invasões Mongóis no Japão foi um evento da História do Japão, conhecido por ser uma das maiores cagadas dos japoneses. Aconteceu quando os mongóis, depois de conquistarem a China, a Coreía, o mundo inteiro e a Lua, decidem conquistar a única região que faltava para a coleção deles, que eram as ilhas japonesas. Apesar do exército incrivelmente superior, eles incrivelmente perdem, e até hoje os mongóis estão inconformados com essa derrota.

Soldado mongol no campo de batalha.

Introdução[editar]

Não foi assim que os japoneses ganharam...

Nos anos passados, a Mongólia, comandada por um monte de carinhas bárbaros com nomes esquisitos, deixou de ser uma nação desconhecida para realizar seus planos de dominação do mundo e mais um pouco. O povo continuava pobre, mas pelo menos dominavam todo o mundo. Ou quase todo, porque faltava o Japão, na época dominado pelo Clã Hōjō, que havia dado um golpe do baú em Minamoto no Yoritomo.

Obviamente, o próximo alvo dos bárbaros seria o Japão. Então o exército mongol começou a preparar a invasão, até que o chefão mongol Genghis Khan teve uma dúvida: O que eles iriam fazer depois de dominarem todos os territórios? Por não saber o que seria feito depois da conquista do último país, a operação foi interrompida por anos, até Genghis morrer e ser substituído por Kublai Khan, igualmente bárbaro, porém menos competente.

Preparação[editar]

Foi assim!

Como os soldados mongóis estavam entediados de tanto batalharem, Kublai decidiu primeiro tentar convencer. Eles enviaram mensageiros para o Japão, onde tentariam fazer um acordo com o imperador para que ele permita a invasão, em troca de revistas hentai made in Mongólia. O imperador não só recusa a proposta como tenta imitar o que Leônidas fez, mas não consegue pois ele não é o chefe dos 300.

Sem sucesso nas negociações, Khan planeja a invasão. A tática seria a de sempre: Chegar chegando com um exército gigante armado até os dentes, matar todo mundo, destruir tudo o que estiver pela frente e afogar o ganso com as prisioneiras. Definida a estratégia, faltava apenas adquirir armas como Facas Ginsu e iniciar a matança operação contra os japoneses.

Primeira invasão[editar]

Quando Kublai ordenou a seus homens barbarizarem o Japão, a invasão foi cancelada porque os oficiais disseram que não havia equipamentos suficientes para as tropas. Khan disse que usar equipamentos era coisa de boiola e ordenou novamente a invasão. Além dos mongóis, também estavam envolvidos na operação chineses e coreanos, que odiavam seu vizinho. Os primeiros territórios a serem dominados foram umas ilhas insignificantes, que portanto, não contam.

Quando desembarcaram em Kyushu, as batalhas começaram. Na primeira, para variar, os mongóis davam uma surra nos samurais japoneses, que apanharam bastante. Mas de uma hora para outra, como ocorre nos animes, o lado que está apanhando incrivelmente se recupera e vira o jogo. Na mesma hora, uma tempestade aparece e derrota os invasores. Estranhamente, ela só afetou os mongóis, e não causou nenhum prejuízo aos japoneses.

Segunda invasão[1][editar]

Japonês (?) comemorando a vitória.

Ganhada a primeira guerra, os japoneses comemoraram muito, bebendo saquê e fazendo arruaça. Os mongóis, putos com a derrota, planejaram outra invasão, dessa vez com mais figurantes militares, mais bárbaros e mais armas. Os japoneses também se prepararam para a defesa do seu território fazendo muros de areia por toda a ilha, como se isso fosse conter os invasores.

Iniciada a invasão, novamente os mongóis começaram ganhando. Os japas pareciam condenados a derrota, mas novamente eles viraram o jogo usando os primeiros suicidas kamikazes. Eles também deram sorte, pois uma tempestade atacou a frota invasora, matando todo mundo. Os samurais, aproveitando a imensa sorte, ficaram com a glória, apesar de não terem feito nada de útil, porque a tempestade foi quem os salvou (os kamikazes também não fizeram muita coisa).

Consequências[editar]

Para os mongóis, a derrota foi horrível, principalmente para Kublai Khan, considerado um moleque pelos seus parentes. Para os japoneses, a vitória foi excelente, claro. Devido à imensa sorte, os monges acreditam que Deus é japonês, e portanto tem olhos puxados e pênis pequeno. O final das invasões serviu de inspiração para aqueles animes em que o herói apanha, mas no final vence por alguma cagada.

Ver também[editar]

Notas[editar]

  1. Reparou que toda nova seção no final tem ão?
v d e h
日本史

Nomi no sukune small.jpg