Io de Scylla

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Montfortpoulpe.jpeg Este artigo é aquático!

E é especialista em natação. Se você vandalizar, ele te joga uma tsunami, então cuidado com os tubarões e não leia sem usar uma máscara de oxigênio.

Io

IoX.jpg

Classificação Marina
Cavaleiro
Deus a que serve Poseidon
Armadura Scylla
Golpes Águia Poderosa (Eagle Clutch)
Fúria do Lobo (Wolf's Dang)
Ferrão da Abelha Rainha (Queen Bee's Sting)
Ataque Vampiro (Vampire Inhale)
Serpente Assassina (Serpent Strangle)
Urso Infernal (Grizzli Slap)
Tornado Violento (Big Tornado)
Perfil
Nacionalidade Bandeira do Chile Chile
Local de Treinamento Templo Submarino
Nascimento 2 de março (Peixes)
Frase Favorita Cquote1.png Agora você provará as seis bestas de Scylla! Cquote2.png


Cquote1.png Você quis dizer: Apelão? Cquote2.png
Google sobre Io de Scylla
Cquote1.png Experimente também: Cila Cquote2.png
Sugestão do Google para Io de Scylla
Cquote1.png Esse foi bem difícil, mas isso foi só no começo! Cquote2.png
Shun de Andrômeda sobre Io de Scylla
Cquote1.png Apostei tanto em ti. Devia ter entregue o teu lugar pra outro! Cquote2.png
Kanon de Dragão Marinho sobre Io de Scylla
Cquote1.png Ainda bem que nem enfrentei ele, de animal me bastam os meus amigos! Cquote2.png
Seiya de Pégasus sobre Io de Scylla
Cquote1.png Tão fraco que o Shun acabou com ele sozinho, nem precisou de mim! Cquote2.png
Ikki de Fênix sobre Io de Scylla

Conhecendo o Cavaleiro[editar]

A sibilante Scylla mitológica

Io de Scylla é um dos Sete Generais Marinas, guerreiros "poderosos" e mercenários escolhidos (pelo visto à dedo) pelo Imperador dos Mares, Poseidon (mas que, nesse momento de escolha, deixou tudo nas mãos de Kanon de Dragão Marinho, como o seu "supervisor", já que estava sendo controlado pelo mesmo calmamente adormecido no corpo do pequeno Julian Solo). Possuidor de um cabelo rosa (ui, santa!) e um belo par de olhos azuis, é o protetor do Pilar do Pacífico Sul (sob a proteção da Escama Sagrada de Scylla) é o Cavaleiro com maior diversidade de poderes (se comparado com todos os cavaleiros que já apareceram na saga do anime yaoi Cavaleiros do Zodíaco, que geralmente tem 2, 3 poderes no máximo), contanto exatamente com mais de oito mil sete golpes, diversificados de acordo com as mais variadas antas bestas de que a sua constelação protetora possui (apesar de não existir tal constelação de Scylla - Ou não) e mais uma extra, pra quebrar o galho.

Io de Scylla, puro glamour

De acordo com a lenda mitológica que se tem notícia (e que, com certeza, serviu de base para o anime), Cila, ou Scylla, tanto faz, foi uma linda gostosa ninfa (alguns falam que era somente um mulher mesmo, não uma ninfa), que, cobiçada pelos mais variados homens, negou amor a todos eles já que era lésbica, pois não se sentia preparada para isso. Por ter negado amor até mesmo para o homem que a amou mais do que tudo na vida (e o negou só porque o coitado era feio e pobre), foi castigada pela Macumbeira Circe, que a transformou em uma mulher com várias bestas ao seu redor, que atacavam e matavam toda e qualquer pessoa que tentasse se aproximar dela a qualquer momento que fosse, tendo assim a sua sentença por ter negado tantos pretendentes e por se achar muito a gostosa (isso sim que é maldição).

Sendo essa personagem mitológica transformada em protetora para a Sagrada Escama de Scylla, que acabou sendo dada a Io por Kanon (na falta de alguém melhor pra possuí-la), manteve em sí os ataques das seis bestas que rodeavam a ninfa, servindo agora como golpes foderosos, sendo as bestas uma abelhinha, uma cobra (ui!), uma águia, um adorável ursinho, um cachorro lobo e um morcego (uma singela homenagem ao Batman), além de contar com mais um poder extra (mas que no fim, vocês verão, não serviu para porra porcaria nenhuma, ao contrário, até atrapalhou ainda mais a batalha). Tendo essa diversificada gama de golpes, Io de Scylla poderia até ser considerado um dos mais fodões dos Ganerais Marinas, mas a sua fama de grandeza acabou sendo a sua própria ruína pois quantidade não é melhor do que qualidade deu de encontro com o pior inimigo que alguém poderia desejar enfrentar (apesar dele ser o mais fraco entre os que estavam à mão).

Saga de Gêmeos Poseidon[editar]

A Escama de Scylla, a mais espalhafatosa do desenho

Tendo o conhecimento da chegada dos Cavaleiros de Athena (um grupo de vândalos que adoravam invadir o templo de deuses que ameaçassem Athena, destruindo tudo o que encontravam pela frente) ao Templo de Poseidon, pelo buraco feito em Asgard, no Norte da Europa e que, antes, queria destruir o Santuário, Io esculta dois, dos sete pilares que sustentam os oceanos, desabarem (sendo estes que cairam os protegidos por Krishna de Crisaor e Bian de Cavalo Marinho), por esse motivo, corre em direção do seu pilar para (pelo menos tentar) protegê-lo. Enquanto espera pelo "poderosíssimo" cavaleiro que irá enfrentar, Io vai se distraindo como pode, jogando algum joginho no celular ou batendo fotos para atualizar o seu orkut, vale de tudo no momento (já que talvez seja a última vez que ele faça alguma dessas atividades tão corriqueiras de sua humilde vida).

A cara que Io fez ao ver o seu adversário (pior para ele)

Depois de esperar alguns capítulos por esse grande momento, aparece o tal poderoso Cavaleiro da Deusa para enfrentá-lo, ele possui uma armadura tão rosada quanto o cabelo do Cavaleiro de Scylla e, em cada braço, uma corrente prateada (ótimas para brincadeiras sadomasoquistas e que Io simplesmente adora), sendo o seu nome tão gay quanto a aparência Shun de Andrômeda. Admirado com a sacanagem que fizeram, pois bem que poderiam mandar um homem de verdade para lutar contra ele a determinação e coragem do Atheniense, disposto a enfrentá-lo e a destruir o seu pilar, Io apresenta a ele cada uma das foderosas bestas de Scylla. Shun se defende com a sua defesa absoluta defesa circular, que até que no início funciona, mas quando Io resolve utilizar-se de todas as suas bestas separadamente, o Cavaleiro de Andrômeda acaba sendo um total fracassado em tentar se defender.

Percebendo a sua fraqueza se comparado ao General de Scylla, Shun começa a chorar e aqueles (benditos) flashbacks começam a surgir em sua cabeça (de quando prometeu ao irmão que ia começar a agir como macho, que jurou lealdade a Hyoga Athena, da rosa que recebeu de Afrodite de Peixes, etc). Diante desses pensamentos, sua Armadura de Andrômeda começa a brilhar que nem um pisca-pisca de Natal (pelo fato de ter sido restaurada com a merda o sangue dos Cavaleiros de Ouro), ficando com uma cor de ferrugem (mas bem melhor do que aquele rosinha que era). Isso dá para Shun (ui!) um up a mais na luta, fazendo-o levantar quantas vezes fossem necessárias e desafiar Io mais um vez (só que agora quem vai se fuder ferrar será Scylla).

O erro do Cavaleiro de Scylla[editar]

Cquote1.png Agora você irá conhecer as seis bestas de Scylla! Cquote2.png
Io de Scylla e sua frase de ação

Bom, ter pensamento positivo não faz mal a ninguém. Porém Shun estava mais do que certo ao pensar dessa forma perseverante, pois Io havia cometido um gravíssimo erro (sempre citado em todo e qualquer episódio, independente da saga em que eles estejam) ele não havia assistido ao anime, pois se tivesse assistido saberia que sempre os Cavaleiros de Athena vencem mostrou TODOS os ataques que possui ao seu inimigo e, se o cara sobrevive a todos esses golpes, como é de conhecimento de todo idiota fã do desenho:

Cquote1.png Um golpe não funciona duas vezes contra um Cavaleiro! Cquote2.png
Qualquer um viciado no anime sobre o erro que Scylla cometeu ao mostrar todos os seus golpes para Shun

Cquote1.png Foda Acabe com ele corrente! Cquote2.png
Shun de Andrômeda sobre Io de Scylla

Cada anta besta demoníaca que Io invocava em algum poder, foi parada pelas as várias mutações que as correntes sadomasoquistas de Shun realizaram (afinal, ele já conhecia como eram os ataques e qual a força que tinham). Para evitar o abraço do Urso, a corrente transformou-se em uma armadinha de caça; contra a águia, a armadura virou uma gaiola; para evitar a cobra, as correntes se transformaram em um cu uma toca; contra o lobo, a corrente adquiriu a forma de um osso; para evitar a abelha, as houve uma mudança para um inseticida multiuso (que combate até a dengue); contra o morcego vampiro, Shun mudou as suas correntes para um pescoço um crucifixo, com alho e estaca de madeira; e contra o tornado violento (grandes multações, não?). Io ainda tentou se utilizar do seu tornado violento, mas já sem forças, acabou tendo o ataque evitado novamente (por isso que eu falei que foi uma perda de tempo esse poder extra).

Completamente humilhado derrotado, Io acabou acorretado (ui! começou o sadismo) por Shun, que se preparava para destruir o Pilar, utilizando-se de um dos objetos sexuais da armadura de Libra (observação, Io ainda está vivo). Quando Io viu que a destruição do seu pilar era iminente, utiliza-se de toda a força que ainda lhe resta e se posiciona na frente do objeto que iria destruir o Pilar do Pacífico Sul, acabou por fim recebendo todo o golpe do utensílio e nem evitou a destruição do monumento, já que com a força aplicada, Io foi arremessado ao encontro de seu próprio pilar, colaborando com a quebra do mesmo (bem feito, poderia ter saido vivo dessa, mas foi bancar o doido).

Os golpes[editar]

Esse é o único usuário que possui uma gama de golpes inúteis, sendo todos derrotados pelas variabilidades da Armadura de Andrômeda, sendo eles:

Cquote1.png Como você conseguiu derrotar as minhas bestas? Cquote2.png
Io de Scylla sobre o óbvio ululante
  • Ferrão da Abelha Rainha- É uma protuberância saída da parte lombar da Escama de Scylla, que causava dor intensa a quem fosse penetrado por ela.
  • Ataque Vampiro- Io o utilizava para subjugar os inimigos, aplicando-lhes uma mordidela no pescocinho, ao melhor estilo Drácula.
  • Serpente assanhada assassina - Com um soco, Io simula abanada de rabo de uma serpente no cu corpo do inimigo.
  • Fúria do Lobo- É um ataque em que Io aplica uma dentada no joelho doadversário, impossibilitando a sua permanencia em pé.
  • Águia Poderosa - Seria a simulação do pio de uma águia ao pé do ouvido do inimigo, mas é fraco se comparado a música horrível de Sorento de Sirene (ou se o adversário for surdo).
  • Urso Infernal- Simula um carinhoso abraço de um urso, foi o golpe que mais aproximou os corpos dos dois cavaleiros, já que é necessário contato para que ele funcione corretamente.
  • Tornado Violento- Seria o seu ataque mais foderoso, mas no final é só uma garoazinha, o golpe é tão fraco que nem uma folha velha ela arranca de uma árvore.

Ver também[editar]



Cavaleirospredef2.jpg