Iraque

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
●جمهوريّة العراق
●Habib Iraqi
●Iraque

Bandeira do Iraque.png Iraq-COA.png
Bandeira Brasão
Lema: Ala la ô!
Hino: People = (Shit - Slipknot) * Korn/Limp Byzkit.
Iraq-crater.jpg
Capital Bagdá
Maior cidade Boom's City
Língua Árabe, iraquês,frances
Tipo de Governo Ditadura Totalitária Terrorista
Imperador Satã
Heróis nacionais Saddam Hussein, Charles Bronson, Bill Clinton, George W Bush e Muntadhar al-Zaidi
Independência Dependente dos Estados Unidos, desde que Bush invadiu o país
Moeda Bombinha iraquiana (BR$)
Religião Islamismo
População O Iraque está passando por uma explosão demográfica. A população atual é de 30 milhões... 29 milhões... 28.500 milhões...
Área Grande igual o traseiro da sua sogra (1% de água)
Analfabetismo 101%
PIB per Capita 3 reais USD/hab.
IDH 0.666
Fuso Horário Meridiano de Infra-Redwich
Clima De briga. Quente.
Site do Governo PartidoPoliticoEUA.gif

[1]

Cquote1.png Você quis dizer: Cooooooooooooooooooooooorre!!! Cquote2.png
Google sobre Iraque

Cquote1.png Terrorist Win Cquote2.png
Counter Strike sobre Iraque
Cquote1.png BUUUMMM Cquote2.png
Iraquiano sobre Problemas a resolver
Cquote1.png Ô pai! O Mohamed falou que eu explodo menos que ele. Cquote2.png
Filho iraquiano sobre problemas
Cquote1.png Toma esse C4 e mostra pra ele!!! Cquote2.png
Pai iraquiano acima sobre problemas
Cquote1.png Na Holanda, o Iraque se invade sozinho não precisa dos EUA!! Cquote2.png
Reversão Holandesa sobre Iraque
Cquote1.png Na União Soviética o Iraque invade os Estados Unidos Cquote2.png
Reversal Russa sobre Iraque
Cquote1.png Eu tenho medo... Cquote2.png
Regina Duarte sobre Iraque

Iraque é um país-bomba situado no Oriente Médio. É famoso por seu petróleo feito de xixi de camelo e a incrível paz milenar que reina sobre lá.

História[editar]

Mesopotâmia[editar]

Na antiguidade o Iraque era a Mesopotâmia, onde viveu Adão e Eva no Jardim do Éden nas margens do Rio Eufrates. Na antiguidade a Mesopotâmia era dividida entre Suméria, Acádia, Babilônia, e Assíria que como não tinham absolutamente porra nenhuma para fazer, passavam os dias guerreando e simulando conversas com Deus em suas próprias consciências.

A Pérsia volta e meia invadia e conquistava aquelas terras, mas lá só tinha deserto mesmo, nada interessante.

Invasões gregas[editar]

Quando Alexandre, o Grande tentou conquistar o mundo em 330 a.C. colocou 4 exércitos no Iraque (que chamou de "Selêucida") para evitar que os exércitos de Sumatra chegassem no Oriente Médio em apenas um turno, Alexandre criou assim uma milenar tática de War.

Invasões árabes[editar]

Os árabes conmquistam o Iraque no século VII ao seguirem os preceitos de matanças pregados por Maomé. Os califas levaram o Super Trunfo e fizeram lavagem cerebral no povo com o islamismo.

Iraque contemporâneo[editar]

O iRaque mesmo, surge em 1920 como "país-tampão" criado artificialmente pela Liga das Nações após a Primeira Guerra Mundial. Tecnicamente o Reinmo Unido que ficou encarregado daquele território, mas nunca apareceu um britânico sequer naquele fim de mundo.

Por isso, em 1958 movimentos nacionalistas declaram a independência do Iraque.

Guerra Irã-Iraque[editar]

Em 1980, como o planeta odiava o Irã, Estados Unidos e União Soviética unem-se ao presidente iraquiano Saddam Hussein para invadir o Irã. A guerra dura até 1988 e termina sem vencedor, pois o Irã embora sem aliados (curdos nem contam, um grupo de mendigos ajudaria mais) possuíam um exército de goblins que parou o avanço iraquiano.

Guerra do Golfo[editar]

Guerra do Golfo II. Sucesso de bilheteria
Crystal Clear app xmag.pngVer artigo principal: Guerra do Golfo

Em 1990 o Iraque faz a maior burrada de sua história. O país que até então era miguxo dos EUA, URSS, e até Israel, decide nacionalizar o Kuweit. Justo no ano que os Estados Unidos estavam em nenhuma guerra, as forças iraquianas foram dizimadas, e os Estados Unidos lançaram uma nota oficial dizendo: "PWNED!!!"

Depois disso, satã (que é aliado dos Estados Unidos) condenou o Iraque a ser um país miserável pelos próximos 666 anos.

Invasão americana no Iraque[editar]

Saddam Hussein usou todo o poderio bélico do Iraque para proteger a sua cabeça a população e o país.

Os dados foram lançados... Deu seis e cinco, contra quatro e três do Iraque, um caiu dentro do ralo. Isso significa que o Iraque perdeu seus dois exércitos e Bush invadiu o Iraque em 2003.

Os EUA realizaram a Operation Iraq Liberation (O.I.L.), e George Bush teve o direito de mover seus exércitos do Afeganistão para o Iraque, mas precisou manter um exército no Afeganistão de acordo com as regras.

George Bush estava com a pedrinha azul e transferiu cinco exércitos para o Iraque. Saddam Hussein, que tinha a pedrinha preta, não tinha mais nenhum exército e acabou ficando sem territórios.

Bush que controlava boa parte da África, Ásia, Europa, América do Norte, Terra Média e América do Sul. A Oceania parecia o território mais difícil naquele momento.

O jogo está difícil! Bush agora toma o controle da situação, Saddan Hussein não aceita, xinga Bush de gay e dá uma bicuda no tabuleiro desconfigurando toda a distribuição dos exércitos. Bush sai chorando, mas não antes de roubar petróleo.

Pós-guerra[editar]

Iraquianos perigosamente armados.

O Iraque foi por muitos anos comandado pelo gente boa Saddam Hussein, mas foi capturado pelo exército americano, teve seu cérebro arrancado e aprisionado numa jarra com formol.

Sem presidente, o Iraque se tornou colônia do país sub-desenvolvido Estados Unidos e vem sendo totalmente reestruturado com monumentos com a cara de Bush e diversas lojas de McDonalds estão sendo implantadas, um método subversivo usado para matar os iraquianos intoxicados

Todos os poços de petróleo foram saqueados por cabeças chatas com latas na cabeça, até hoje não se sabe da onde vem esse povo desconhecido, mas há suspeitas que o Lula tem algo a ver com isso. Uma teoria bem aceita diz que cabeças chatas com latas são os Cearenses provenientes da Terra do Cangaço (ou Cagaço.

Estado Islâmico[editar]

Quando ninguém lembrava do fim de mundo que é o Iraque eis que surge uma mega-organização-terrorista, o Estado Islâmico ou EIIL ou ISIS, no começo ninguém achava que eles iriam conseguir alguma coisa por serem só um punhado de badernistas e a primeira vista badernista sempre existiram no Iraque mesmo, mas se tratando de Iraque tudo é possível, eles foram ganhando cada vez mais força e apoiadores e conseguiram dominar uma boa parte do Iraque e um pouco da Síria.

Os Estado Islâmico tem atitudes tão cruéis que juntando IRA, FARC e Al-Qaeda não dá a crueldade do EI, inclusive a Al-Qaeda já declarou que o EI é radical! Porra para uma organização terrorista que explodiu uma embaixada, jogou dois aviões no Word Trade Center e provocou uma guerra, declarar que outra organização é radical, essa porra tem que ser praticamente liderada por psicopatas e é isso que acontece com os EI. Tratam-se de vários sunitas que ficaram traumatizados com a invasão do Iraque pelos EUA que resolveram criar uma super organização para dominar o Oriente Médio e destruir os EUA.

O xerife do mundo, os EUA e seu presidente Obaminha, estavam ocupados tentando resolver a merda que o Putin fez na Crimeia na Ucrânia, e deixaram esses malucos crescerem, quando foram perceber eles já tinham dominado quase tudo no Iraque. Obama como bom democrata que é descartou qualquer resposta terrestre contra o EI, escolheu matar eles pelo ar, já que ia custar menos vidas de soldados e ia gastar menos dinheiro, e começou a jogar bomba nos terroristas, provavelmente EUA sairão vencedores novamente só que dessa vez com uma reputação melhor.

Subdivisões[editar]


Cultura[editar]

Recepção calorosa.

Pouco se sabe sobre a cultura iraquiana que foi dizimada pelos soldados da ONU. O exército dos Estados Unidos porém conhecem um antigo ditado iraquiano que diz "Habib Kibe Esfirra" (O vencedor é quem vence), e então, os imperialistas finalmente colocaram na forca o ditador.

Flag map Iraque.png
Iraque
HistóriaPolíticaSubdivisões
GeografiaEconomia
CulturaTurismo
Jackiechan.jpg
Ásia
v d e h

Países: Afeganistão | Arábia Saudita | Armênia | Azerbaijão | Bahrein | Bangladesh | Brunei | Butão | Camboja | Cazaquistão | China | Chipre | Coreia do Norte | Coreia do Sul | Egito | Emirados Árabes | Filipinas | Geórgia | Iêmen | Índia | Indonésia | Irã | Iraque | Israel | Japão | Jordânia | Kuwait | Laos | Líbano | Malásia | Maldivas | Mongólia | Myanmar | Nepal | Omã | Paquistão | Qatar | Quirguistão | Rússia | Singapura | Síria | Sri Lanka | Tadjiquistão | Tailândia | Timor-Leste | Turcomenistão | Turquia | Uzbequistão | Vietnã

Territórios: Abecásia | Caracalpaquistão | Caxemira | Chipre do Norte | Coreia | Curdistão | Estado Islâmico | Goa | Hong Kong | Ilhas Spratly | Macau | Manchúria | Nagorno-Karabakh | Ossétia do Sul | Palestina (Cisjordânia e Faixa de Gaza) | Taiwan | Território Britânico do Oceano Índico | Tibete