Iretama

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
A pacata cidade de Iretama vista ao longe após o controle de uma insurreição zumbi (vulgo, greve de bêbados conhecidos).

Iretama é uma cidade com a maior rede de botecos do Paraná e a maior população de idosos do interior Paranaense. Devido as altas quantidades de monotonia e tédiobômbio medidas pela OMS (Organização Mundial de Saúde) os botecos são a única coisa que não impedem que a população seja intoxicada pela radiação desses elementos.

História

Cheia de nomes de pessoas que ninguém da a mínima, a história real de Iretama é tem duas versões: a que a população se importa e a que a Wikipédia e a prefeitura se importam. Na realidade, tudo em Iretama é divido em duas versões mas vamos lá:

A versão que a prefeitura se importa

Fundada por um clube de sócios que jogava peladas em um terreno baldio da região, eles compraram e formaram uma chácara para o pessoal do clube jogar, até 1950 cultivavam esperanças para um time da cidade, afinal eles jogavam muito bem. O que impedia é que já havia um outro time no município.

A solução foi o clube de sócios fazerem uma campanha para aumentar a população de Iretama: todos iriam em praça pública para o festival "motel para todos 1960" em que todo mundo queimava a rosca para, desesperadamente, aumentar a população dos municípios. Funcionou e o prefeito conseguiu o tão sonhado time falho da cidade.

O restante, são vereadores que fizeram história no JOMA bocha clube. Há um detalhe: em 1980, ao não dar mais certo no futebol, o time mudou para a Bocha onde os velhinhos poderiam ajudar a alavancar o time do ranking nacional.

A versão que o povão se importa

A prefeitura é cheia de gente que fez um monte de gente feia nascer, isso tudo só para fundar um raio de time de futebol para no final mudar para a bocha pois não deu certo. Agora todos estão infelizes e depressivos ao lado das esposas idosas e dos velhos barrigudos. O único entretenimento é ver a secretária da educação com alguém na moita.

Pontos turísticos

  • Importantes para a população:
Bar do Juca, pesque-pague do Juca
Praça onde todo mundo paga "um litrão de coca" ou enche a cara com cachaça mesmo.
Pseudo-centro da cidade
Mato onde já flagraram a secretária da educação dando para um zelador
  • Importantes para o resto do mundo:

Tumbleweed01.gif