It's Alive

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Ironicamente, a foto da capa não foi da apresentação histórica, mas dos bonecos que representam a banda no Museu de Cera Madame Tussaud's, em Londres

It's Alive foi o primeiro álbum de figurinhas gravado ao vivo pela banda panque americana Ramones durante uma apresentação, já que todos os anteriores foram gravados ao vivo dentro de lugares fechados. Apesar de lançado em 1979, ele marca a última participação do baterista Tommy Ramone na banda, num show de ano-novo em 1977.

O objetivo do show foi tentar cantar o maior numero de musicas no menor tempo possivel, já eles tocavam as musicas que tinham 2 minutos de duração em apenas 1 minuto e começavam a musica seguinte antes mesmo de acabarem a anterior. Como todas as musicas são exatamente iguais ficava impossivel saber quando eles tinha mudado de musica.

Lista de músicas[editar]

  1. Rockaway Beach – 2:24
  2. Teenage Lobotomy – 1:55
  3. Blitzkrieg Bop – 2:05
  4. I Wanna Be Well – 2:23
  5. Glad To See You Go – 1:51
  6. Gimme Gimme Shock Treatment – 1:37
  7. You're Gonna Kill That Girl – 2:28
  8. I Don't Care – 1:41
  9. Sheena Is A Punk Rocker – 2:16
  10. Havana Affair – 1:35
  11. Commando – 1:40
  12. Here Today, Gone Tomorrow – 2:55
  13. Surfin' Bird – 2:20
  14. Cretin Hop – 1:46
  15. Listen To My Heart – 1:36
  16. California Sun – 1:45
  17. I Don't Wanna Walk Around With You – 1:25
  18. Pinhead – 2:46
  19. Do You Wanna Dance? – 1:39
  20. Chainsaw – 1:29
  21. Today Your Love, Tomorrow The World – 1:55
  22. I Wanna Be A Good Boy – 2:03
  23. Judy Is A Punk – 1:14
  24. Suzy Is A Headbanger – 1:53
  25. Let's Dance – 2:03
  26. Oh Oh I Love Her So – 1:40
  27. Now I Wanna Sniff Some Glue – 1:18
  28. We're A Happy Family – 2:07


História do álbum[editar]

Integrantes da Liscal aplaudem freneticamente durante a apresentação

Depois do sucesso dos três álbuns anteriores (Ramones, Leave Home e Rocket to Russia), os Ramones começaram a tornar-se conhecidos mundialmente. Assim, em 1977, foram convidados pela Liga das Senhoras Comunistas de Águas de Lindóia para tocar no Grande Baile Arco-Íris que seria promovido na noite de ano-novo. Houve alguma resistência da parte dos músicos, especialmente do capitalista neoliberal opressor pequeno-burguês Johnny Ramone, guitarrista da banda, que não queria estar envolvido com um grupo comunista, mas a promessa de um bom pagamento os convenceu a ir.

A apresentação entrou para a história como O Maior Show Já Realizado no Auditório de um Grupo Comunista da Terceira Idade no Brasil, e é até hoje considerado pela crítica especializada como um dos melhores discos ao vivo de roque já lançados, ficando atrás apenas de Ao Vivo, da Banda Calypso, e de Live in New York - The World is Falling Down, da banda hardcore afegã The Talibans.

Entretanto, ao contrário do que costumava acontecer com as gravações dos Ramones, o show não foi imediatamente lançado em disco. Os músicos pretendiam guardar o registro da apresentação para lançá-lo somente mais tarde, quando estivessem com preguiça pouca inspiração para produzir material novo. E foi o que aconteceu: apenas dois anos depois, em 1979, It's Alive chegou às lojas e os músicos puderam ganhar um dinheirinho fácil.


A saída de Tommy Ramone[editar]

Nem tudo, no entanto, era alegria para os Ramones. Logo depois do show, o baterista Tommy Ramone anunciou sua saída da banda para dedicar-se a projetos pessoais, como a fundação de sua própria seita (a Igreja do Pentágono Circular Escaleno) e a criação de seu programa de TV nos moldes do Ratinho. Os membros restantes não esconderam seu alívio com o abandono de Tommy, já que ele não conseguia manter o ritmo das músicas por mais de dois minutos e meio. Em seu lugar entrou o escocês Mark Knopfler, conhecido como Marky Ramone, que imprimiu seu estilo virtuosista à bateria.