Itanhomi

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Habitantes de Itanhomi comemorando o dia da fundação da cidade.

Itanhomi é a referência dos carolas de cidades pequenas em Minas Gerais. A cidade é localizada na região do vale do rio doce. Itanhomi possui uma infra-estrutura bem organizada que serve de exemplo para toda a região de minas gerais, se todas as cidades do Brasil fossem como Itanhomi o Brasil seria mais feio já seríamos um país de primeiro mundo.

História[editar]

Itanhomi começou com as batalhas do pajé queijinho. Queijinho queria manter a mitologia dos índios e o seu território por isso não era muito amigável. Certa vez ele acabou Itanhomi (Entalhando em tupi) um padre que fundou três igrejas na região e depois queria conversar com a tribo. No fim, quando surge três igrejas em um só lugar significa que logo vai começar a brotar um monte de idosos do chão e esses idosos vão virar os carolas da região.

E assim foi feito com o aditivo de que a cidade pareceu um asilo pela quantidade de idosos. Apesar de tudo, ninguém sabe qual é a história real dessa região. A prefeitura mesmo diz que "Não sabe se foi inventada, mas é algo sincero e que se fosse tirado da cidade faria com que ela fosse como qualquer outra cidade fantasma de minas gerais".

Enfim, foda-se. Sequer o habitante de Itanhomi sabe a história do seu município pois sabe que se ficar nessa cidade para sempre vai acabar morrendo de tédio.

Economia[editar]

Se economia fosse religião a cidade poderia ter economia já que desde sempre todo mundo paga o dízimo mas em Itanhomi aquela caixinha que vai passando na missa teve que ser substituída por um balde pois os idosos tem força de vontade mesmo para ir pro céu. Mas como religião não conta como economia...

Essa é uma cidade cafetão, a cidade que tem distritos (caralho! Olhe o tamanho de Itanhomi. Esse tipo de cidade não devia ter sequer um distrito) recebe esse apelido. Pelo costumes econômicos a cidade cafetão costuma ser melhor do que o distrito e provavelmente o distrito gerará uma cidade falida nos cantos da BR.

No caso de Itanhomi, sem o distrito ela não é nada. Se bem que o distrito não é grande coisa, se ele fosse emancipado ele poderia ser uma cidade melhor do que a atual Itanhomi mas esse distrito é o que "Segura o tranco" de Itanhomi e não a faz quebrar de vez com as dívidas do padeiro e a produção de 3 quilos e meio de Café.

Ver também[editar]