Izanami (Naruto)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.png Se Izanami fumasse seria um círculo vicioso. Cquote2.png
Chiquinha sobre Izanami.

Izanami é uma deusa, mais precisamente Izanami-no-Mikoto, mas não vou falar dela hoje, outro dia eu faço essea artigo até porque nessa parte da mitologia japa, eu ainda não por dentro. Então o que será esse artiguinho afinal? Sim, sim, sim.... Kishimoto e sua interpretação pessoal da mitologia japa com os devidos enfeites chamada Naruto! Nem reclame, eu sou um desciclopedista narutard mesmo e esse artigo sobre Izanami não pode deixar de estar entre os artigos sobre Naruto da dp. Izanami pertence ao clã Uchiha, só por isso já sabe você, que não se trata de pouca bosta.

É o que mesmo?[editar]

Não é tão difícil de explicar Izanami: Pra começo de explicação, ela foi criada para parar outro jutsu, no caso o Izanagi. O Izanagi tem o power de alterar o destino conforme o usuário o queira, mas o Izanami tem o poder de alterar o Izanagi, de modo que ele não modifica e sim decide o destino.

Cão infeliz preso num Izanami por um gato: Foi obrigado, em um campo florido, a assumir seu lado cadelinha.

Na verdade o usuário faz uma parada que deixa o oponente preso numa ilusão e a repetindo e isso seria cruel demais, se não fosse o fato de que assim que o oponente atacado perceba seu erro ele fica livre da praga, ou seja, é perfeito e como diria Karin, Sakura, Ino ou até Narutinho, perfeito como a beleza Uchiha uuuuuuuuuuiiiiiiii... quer dizer, fora o Obito. Izanami tem a finalidade de, como os ninjas e mesmo os Uchiha são seres humanóides e, portanto não podem ser perfeitos a não ser é claro na beleza uuuuuuuuuuuuuuiiiiiiiiiiii (fora o Obito), esse poder de alterar o destino com o Izanagi era muito perigoso, como diria Pópis, que não tem nada a ver com a história, mas isso de poder alterar o destino como quisesse poderia deixar o usuário arrogante e isso é só o começo de todos os problemas gerados.

Deste modo Izanami serve para controlar o Izanagi, de modo a não fuder com o mundo todo por vontade de um infeliz só, como tentou o Kabutomaru, que nem Uchiha é... no caso dele para escapar da técnica de ficar vendo a mesma coisa ele tem apenas que desligar a televisão reconhecer seu principal erro que é achar que é fodão através dos poderes adquiridos dos outros, que no caso dele não se trata de aprender as coisas com os outros e ensinar, mas sim, literalmente surrupiar os poderes alheios para não se aceitar como é, e para fazer o que ele quiser com o mundo, nem é preciso dizer que coisa boa que ele quer fazer como o mundo é que não é. No caso do Itachi (que se tem alguém fodão mesmo nessa bagaça todo só pode ser ele), ele próprio admitiu que o erro dele, mesmo sem cair em Izanami nenhum para o notar foi achar que as demais pessoas não tinham poder e não valiam muita coisa, e ele reconheceu que isso foi pelo perigo de ter um poder muito grande disponível. O Izanami segundo ele é mais do que adequado porque faz a pessoa reconhecer o erro.

Prisão de ventre[editar]

Se pensarmos bem o Itachi não foi tão malvado com o Kabuto (ou Kabutomaru), poderia ter sido muito pior, imagne todas as situações fodidas em que se poderia prender alguém com esse poder, pois mesmo que tenha que se prender em algo embasado no erro da pessoa, as possibilidades são inúmeras. Imagine alguém que não consegue parar de fazer bully com alguém que tem dentes estranhos por exemplo ser preso em um Izamani sendo dentista e tendo que cumprir seu dever certinho sem dizer nada? E essa mesmo pessoa ser presa em uma ilusão onde tem os dentes iguais ao de quem zoa? Essa mesma pobre criatura poderia ainda ficar preso em um jutsu em que desse um beijo molhado na boca de sua vítima e ficasse com os dentes grudados aos dela... Isso tudo se repetindo infinitamente, claro até que o infeliz reconehcesse o erro.

É justamente nessa parte que não sei se o Itachi está tão certo ao dizer que Izanami é perfeito, pois nessa parte de reconhecer o erro, muito zé ruela jamais conseguiria escapar da tortura, o que não é de se duvidar. Haja vistas pessoas que ficam mudas em CPIs, onde seus próprios atos estão sendo questionados, nem é preciso manjar de política (eu não sei porra nenhuma) pra saber que teria neguinho ficando preso no Izanami pro milênios, ou até Apotecpse, não se sabe.

Ver Também[editar]