Jânio Quadros

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
60.gif

Este artigo discute coisas intrínsecas dos Anos 60's!
Se você NÃO teve infância naquela época, SESSENTA aí e leia o artigo pra saber mais, bicho!

Jânio saboreando uma catota recém tirada do nariz

Cquote1.png Você quis dizer: Presidente Maluco Cquote2.png
Google sobre Jânio Quadros
Cquote1.png Você quis dizer: Doidão Cquote2.png
Google sobre Jânio Quadros
Cquote1.png Eu pinto paredes. O Jânio Quadros. Cquote2.png
Mais uma super piada da Série Trocadilhos Estupidescos.
Cquote1.png pede prá saí sr. janio, pede prá saí! Cquote2.png
capitão nascimento.
Cquote1.png Vamos varrer o Brasil! Cquote2.png
Oscar Wilde sobre os planos de Jânio Quadros.
Cquote1.png Fi-lo porque qui-lo! Cquote2.png
Janio Quadros quando tentou ser presidente
Cquote1.png Bebo porque é líquido, Se sólido fosse, come-lo-ia. Cquote2.png
Jânio sobre o mesmo hábito que outros dois presidentes possuem (tamos falando do Figueiredo e do Lula)
Cquote1.png Onde está o Jânio? Cquote2.png
Perguntavam-se os brasileiros na época.
Cquote1.png Na parede, seus imbecis. Que pergunta mais idiota. Cquote2.png
Respondia o jovem Zé Dirceu da época.


Jânio Quadros foi um alcóolatra doido pra caralho presidente do Brasil, tendo sido o mané que conseguiu surpreender a todos por não ter querido passar mais do que 7 meses no poder. Ele era o único ser humano da face da Terra a ser ao mesmo tempo comunista e capitalista.

Candidatura[editar]

Dizem que as donas de casa foram as que mais votaram nele. Ele entendia o trabalho delas...

Jânio Quadros ganhou a eleição, afinal colocou como campanha limpar a sujeira do Brasil. As donas de casa imaginaram logo que ele iria pagar do próprio bolso empregadas pra todo mundo. Logicamente, foi uma estratégia inteligente num país tão burro ignorante oportunista miserável Idiota incrível.

Feitos[editar]

Nenhum em especial, pelo menos pra melhorar em grande parte o Brasil. Porém, mudanças substanciais foram feitas em seu governo, como:

  • Proibição do uso de cueca nos fins de semana;
  • Proibição de tomar cerveja por um mês (se bem que quase ia mais...);
  • Proibição de fumar charuto que não seja de cuba;
  • Proibição de comer carne de cavalo (tava caro pacas na época...);
  • Proibição de fazer filmes pornôs;
  • Proibição de bater punheta;
  • Proibição de cheiramento de gatinhos;
  • Proibição de tapear a pantera;
  • Proibição de ler a Desciclopédia;
  • Proibição de jogar truco apostando ou não o toba;
  • Proibição de fazer compras no Paraguai;
  • Proibição de ir na praia de sunga, biquini, topless, pelado ou de maiô;
  • Proibição de dormir na praça;
  • Proibição dos mendigos de pedirem esmolas;
  • Varreu o Palácio doa Cacete Catete Alvorada. Tava sujinho depois da construção, afinal aqueles pedreiros eram uns porcos mesmo...

Amizade com Che Guevara[editar]

A coisa mais estranha do presidente foi ter se aliado com Mickey Mouse cubano Che Guevara. Ninguém nunca soube, mas a amizade deles é antiga, desde o dia em que eles tavam dando umas voltas na motocicleta do Che, e o Jânio carinhosamente falou sua impressão sobre o indivíduo correndo, usando uma expressão de seu amigo Getúlio Vargas: "Tu corres, CHE!" Assim, não foi a toa que ele se tornou amigo de um comunista, sendo ele capitalista metido a anarquista e amigo dos EUA(ai minha cabeça...).

Saída pelos fundos[editar]

Jânio e sua obsessão por quadros.

Jânio saiu pelos fundos de Brasília, na sua brasília amarela, 7 meses depois de engravidar tomar posse, alegando licença-maternidade a ação de Forças ocultas... Dizem as más línguas que foi um estratégia política para retornar apoio do congresso... Bem retardada por sinal tinha até plano b essa tal estratégia! O plano principal era sair da presidência, mas o congresso impedir por medo de Jango (leia-se: comunista) assumir o trono a merda a liderança do país, e assim o congresso voltaria a apoiá-lo... Jânio também esperava que com o inexistente grande apoio popular que possuia, as pessoas tomassem as ruas pedindo seu retorno. Isso não aconteceu, os velhos caquéticos aprovaram sua renúncia e não houve notícia alguma da população se manifestando, nem as donas de casa! Janio criou o Auto-exílio... Entrando no Guiness como Presidente mais burro criador de tal prática inovadora na política! Sendo ele o unico auto-exílado até hoje!! Viva!

Que forças interiores seriam essas?[editar]

  • Vontade de soltar um pum?
  • Bebê?
  • Os generais...
  • Plano idiota de fazer um golpe de estado.
  • Ou uma cagada mal-ensaiada que ficou nas calças?

Ninguém nunca vai saber. Ele já virou presunto. Mas tudo bem. O que interessa é que ele saiu, pra nossa sorte.

Acredita-se, segundo uma teoria da conspiração que com sua mania de fazer probições ele teria tentado proibir Sylvester Stallone de vir ao Brasil e de Capitão Nascimento subir algum morro.

Após ver a cagada que se meteu, renunciou com medo de um deles vir atrás dele. Se bem que Stallone veio atrás dele após 30 anos, o que o deixou sem falar, só de susto em ver Sly até o fim da vida.

Jânio Quadros anunciando sua renúncia.

Sampa Night Club[editar]

Jânio virou prefeito de São Paulo antes de morrer. Quando assumiu, mandou desinfetar a cadeira em que sentou FHC. Sua maior contribuição foi criar o Banespa. Infelizmente, graças a José Serra, o Banespa foi roubado e vendido igual se vende banana no meio da rua.


Pensador trabalhando.jpg Jânio Quadros é um filósofo
Portanto também é um deficiente mental...

Este é mais um desocupado que não tinha porra nenhuma pra fazer além de contemplar a empolgante vida sexual dos caramujos-de-jardim. Se você é uma pessoa provida de um pouco de sanidade mental, vá procurar algo melhor para ler, como uma bula de remédio!

Bandeira do Estado de São Paulo.svg.jpg Eaew, jhow! Este artigo é paulista: não gosta de gaúcho nem de carioca e se acha um puta trabalhador, né, meu! E não tá completo, pois o vacilão foi tomar um chôps e dois pastel, meu!

Precedido por
Juscelino Kubitschek
Bandeira do Brasil.jpg
Ditador do Brasil

1961 - 1961
Sucedido por
Ranieri Mazzilli



Juscelinoeseufuscaopreto.jpg
História do Brasil: República nem tão velha, nem tão nova (1946 - 1964)

Eventos, políticas e tendências que teu pai e tua mãe não acompanharam porque estavam curtindo sexo, drogas e rock´n roll

Construção de BrasíliaO Crime da Rua TonelerosA Volta do Pai dos PobresCinquenta anos em cincoPopulismoForças ocultas


Presidentes, políticos e outros nomes de praça
O Pai dos PobresJânio QuadrosJKDutraJoão GoulartCafé FilhoRinoceronte Cacareco