Jaime Lerner

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa


Rabbimetal.jpg Cadê o moedinha?

Este artigo é judeu! Ele odeia samaritanos, foi escolhido por Javé e não come lagosta porque é caro e anti-kosher. O autor deste artigo provavelmente é contador e deve estar cuidando da lujinha.

60px-Bouncywikilogo.gif
Para aqueles sem senso de humor, os espertalhões da Wikipédia têm um artigo (pouco confiável) sobre: Jaime Lerner.
Jaime Lerner foi o maior ditador que Curitiba teve nos últimos tempos...

Cquote1.png Você quis dizer: Ladrão Cquote2.png
Google sobre Jaime Lerner
Cquote1.png Você quis dizer: Bola de sebo Cquote2.png
Google sobre a obesidade do Jaime Lerner
Cquote1.png É dono da maior quadrilha do Paraná! Cquote2.png
Requião sobre sí mesmo o governo anterior do Jaime Lerner
Cquote1.png É um dos maiores gestores e estadista do Brasil! Cquote2.png
Veja sobre o Jaime Lerner
Cquote1.png Só se for por conta da sua obesidade mórbida! Pois é uma merda! Ter que pagar R$12,00 de pedágio para ir por Litoral do Paraná!!! Porra! Vá a merda! Vá a merda!!! Cquote2.png
Alborghetti sobre o Jaime Lerner
Cquote1.png Metrô é coisa do passado! Cquote2.png
Jaime Lerner sobre o Metrô
Cquote1.png Jaime Lerner é coisa do passado! Cquote2.png
Metrô sobre a declaração do Jaime Lerner

Jaime Lerner é um pederasta que quebrou governou o estado do Paraná entre 1995 até 2003, até ser sucedido por Requião. Também foi prefeito de Curitiba entre 1979 até 1983. Seus maiores feitos foi a privatização a preço de banana das rodovias e do Banestado a preço de banana, além de ser o indivíduo mais promíscuo do Paraná, ao fu#$%&*@! com os professores, policiais e com os demais servidores públicos, com exceção dos políticos e das agências de publicidade, que faturaram um monte com suas tramóias.

Biografia[editar]

A biba do Jaime Lerner na campanha em prol do seu timinho de várzea favorito...

Jaime Binder Lerner é um Urbanista como todo pederasta formado pela Universidade Federal do Paraná, da qual contribuiu intensamente com suas idéias bizarras na concepção de Curitiba no Instituto de Planejamento Urbano de Curitiba. Tal desastre das suas idéias de jerico também foram aplicados na sua gestão da prefeitura da capital paranaense, com a concepção das estações-tubo que são os pontos de ônibus super-faturados, produzidos pela sua empreiteira e da qual ele possui o patenteamento, além do Biarticulado que consiste na união de dois ônibus para formar um único veículo com dimensões gigante, considerado o "metrô-curitiboca", implantado com a desculpa de que "o metrô é muito caro e de que Curitiba não precisa deste tipo de transporte", mesmo que estes veículos estejam apinhados de gente na hora do rush, afinal político nunca anda de "coletivo" mesmo.

Fato igualmente trágico é a sua gestão no desGoverno do Paraná, ao fazer do Banco do Estado do Paraná - Banestado a maior lavanderia reconhecida nacionalmente, com a lavagem de diheiro e desvio de divisas já registrado na história da sonegação brasileira. Além do fato de transformar o Paraná no quintal das multinacionais automotivas.

Prefeito de Curitiba[editar]

Uma das inúmeras estações-tubo com um Biarticulado. "Por fora, bela viola. Por dentro, cheio de povão fedorento"!

Como prefeito, o maior mérito de Lerner foi transformar Curitiba que nada ais é do que um monte de mato, em um monte de mato nacionalmente reconhecida, por conta dos títulos que ele mesmo desenvolveu para a cidade da qual a população acredita piamente, como se fosse uma religião, como; "cidade ecológia", "capital da cultura", "capital do pinhão", "cidade modelo", entre outras idiotices que os prefeitos até hoje inventam pra Curitiba pra fins eleitoreiros que o curitiboca padrão acredita, que o faz pensar que mora na melhor cidade do mundo, ao pensar que viver numa cidade de "primeiro mundo", na qual o pobre curitiboca não sabe de qu a sua cidade é de fato de primeiro mundo, desde que seja comparada com Roma antiga, é claro...

Ele é o responsável pela construção de diversos parques em Curitiba, que são diversas obras superfaturadas, que financiaram a sua campanha para o governo do estado e que o tornou em um dos viados indivíduos mais rico da cidade. Uma das sua invenções mas reconhecidas é o Biarticulado, que consiste na união de dois ônibus com três articulações emborrachadas, que anda na incrível velocidade de 20Km/h em uma canaleta exclusiva, parando a cada cinco minutos em um ponto de ônibus que tem uma estrutura cilíndrica de aço com vidro, que consiste em um dos transportes coletivos mais irritáveis do mundo, por conta do excesso de Vileiros, além da lerdeza e superlotação dos veículos, mas que ainda assim renderam-lhe diversos títulos e reconhecimento mundial como Arquiteto, afinal, quem acha suas idéias maravilhosas são os frescos comedores de canapés, que apreciam a "estética" das suas obras, mas que nunca se incomodaram com a falta de praticidade das suas invencionices, como os pobres que se apertam nas estações tubo em dias de calor, e que voltam pra casa espremidos com os malditos Vileiros que infestam os ônibus com seus odores e suas músicas ridículas nos seus celulares roubados.

Ele também é o responsável pela intensa divulgação de Curitiba pelo país inteiro, pagando fortunas em Marketing em todo o Brasil com anúncios de que Curitiba é uma cidade maravilhosa. Resultando na intensificação das favelas da cidade, do número de desempregados além da violência crescente que preenchem as páginas da Tribuna do Paraná, por conta dos inúmeros assassinatos que ocorrem em Curitiba e região. Tudo isso é fruto da intensa emigração de pessoas de várias regiões do estado do Paraná e do Brasil que viram em Curitiba a possibilidade de crescer financeiramente, mas tudo o que encontraram foi a possibilidade de morrer de fome e de frio nas ruas da capital paranaense.

Governador do Paraná[editar]

Museu Oscar Niemayer, este é o último esquema superfaturado do governo de Lerner no estado do Paraná. O Olho Gigante representa bem o arregaço que ele fez no orçamento paranaense, durante a sua gestão...

Eleito como opor governador do estado, foi responsável pela doação da Capitania Hereditária do Paraná às multinacionais automotivas como a Audi, Renault, Crysler, entre outras ontadoras que levaram arrego do governo estadual, com terrenos gratuítos, custeio de barracão industrial pelo Estado do Paraná e isenção fiscal por 30 anos. Certamente após este tempo para livre lavagem de dinheiro, irão mudar-se para outro estado que ofereça vantagens semelhantes de exploração, como a Ford em São Paulo, que após décadas de exploração, mudou-se para a Bahia, deixando milhões de trouxas operários desempregados.

Outro absurdo semelhante foi a construção do Museu Oscar Niemayer, qu consistiu em uma das obras com o maior superfaturamento do país, em que foi aplicado mais de R$50.000.000,00 para a reprodução do olho do Zeca Pimenteira. Local este que só serve para abrigar EMOS, playsons, japas e pleybas nos finais de semana, que levam seus cachorrinhos para defecarem no gramado, sob a sombra do olho gigante.