James Cook

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

James Cook (James, o Cozinheiro), um dos maiores navegadores e chefs de todos os tempos, revolucionando a marítima e culinária da humanidade.

Biografia[editar]

Rotas de James Cook quando se perdeu e navegou em círculos na Oceania.

Nascido em algum local do Reino Unido no século XVIII, James Cook nunca disfarçou seu desgosto pelo seu sobrenome que mais parece um xingamento. Seu destino porém, como de qualquer ingrês era se tornar navegador, vagabundo ou bandido, porém não optou por nenhuma dessas escolhas e prefiriu viajar para a França.

James Cook se formou graduado nas mais renomadas escolas de culinária da França. Frustrado com o curso, James Cook sempre achou a culinária europeia muito insípida e todas suas tentativas de reformas culinárias falharam.

Descoberta da Austrália[editar]

Cook foi chamado pela rainha da Inglaterra que ordenou a ele uma importante missão para o bem da Terceira idade. James Cook foi ordenado a resolver o problema carcerário inglês que estava super-lotado de piratas, estrupadores, marginais sem salvação, dementes, psicopatas e franceses em geral.

James Cook decidiu então se lançar ao mar e procurar algo parecido com Alcatraz. Como a América estava muito badalada, com muitos países e embarcações explorando a região, James Cook inovou e decidiu explorar o Oceano Pacífico, um suicídio para a época, pois no oceano há a cachoeira onde a terra faz a curva, mas ignorando os avisos, Cook partiu para a região.

Rapidamente descobriu a Austrália, um local perfeito para sua missão, havia na região seres fantásticos como os cangurus e ornotorrincos, além de pessoas estranhas que arremessavam boomerangues e uma terra hostil onde tudo era venenoso e muito quente. James Cook reportou a descoberta da Austrália para a rainha que deportou todos os presos possíveis para esse local espaçoso e todos ficaram felizes.

Desbravando a Oceania[editar]

James Cook trocando ideias de navegação com Capitão Gancho

Depois de cumprir para com suas obrigações perante a rainha, James Cook partiu então em sua expedição pessoal pelos mares para tentar revolucionar a culinária do mundo.

A primeira ilha a ser descoberta nessa expedição, foi a atual Ilhas Cookies (batizada em sua homenagem), onde o exímio cozinheiro Cook implantou a revolucionária receita do biscoito. Práticos e combinam com o chá das 8.

Em seguida, na ênfase de conquistar novas ilhas, Cook descobriu e fundou a Ilha Torresmão, em função de suas várias porcinas que proporcionaram o desenvolvimento desse alimento, outro sucesso culinário e deliciosos petiscos para se consumir em tardes quentes.

Outra ilha dscoberta por Cook foi a Ilha Norfolk, nesta porém não havia nenhum prato culinário possível de se criar

Depois de recortar toda a Oceania, James Cook foi parar nas Ilhas Geórgia do Sul e Sandwich do Sul. Inventor do sanduíche, implantou na ilha esse alimento de não valor nutricional adequado, porém muito degustável, além de apoiar as inovações de George Foreman Grill presentes no arquipélago também.

Próximas a Ilhas Sanduíche, James Cook descobriu e fundou a ilha empresa de maior sucesso de sua carreira, a Ilha McDonald's. Desde então abarrotado de dinheiro, inventor e precursor de infinitos mapas marítimos rabiscados e comidas saborosas, James Cook não parou de navegar e continuou atrás de novas ilhas para tentar inventar novos pratos.

Velho e em final de carreira, James Cook descobriu Niue, uma rocha no oceano e último território descoberto no mundo. Com a cabeça dando problemas e com doenças estomacais e intestinais devido a alimentação baseada em biscoitos, torresmos e sanduíches de McDonald's, James Cook cavou sua cova em Niue e morreu postumamente na região, considerada hoje em dia um local sagrado para os navegadores.


Vascodagama em redonda.jpg Exploradores

Américo VespúcioCristóvão ColomboEdmund HillaryFernão de MagalhãesFrancis DrakeHernán CortésJacques CartierJames CookMarco PoloPedro Álvares CabralRoald AmundsenVasco da Gama