Janaúba

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Janaúba do Norte Mineiro
Bandeira desconhecida Brasão do Município de Janaúba do Norte Mineiro
Bandeira Brasão
Lema: Sapientum que será tamen
Hino: Banana pra você
Línguas oficiais baianês e mineirês
Prefeito Não interessa!
Moeda Banana Cash(CB$)
Time Cruzeiro Esporte Clube
60px-Bouncywikilogo.gif
Para os fanáticos religiosos entre nós que escolhem acreditar em mentiras, os supostos experts da Wikipédia têm um artigo sobre: Janaúba.

Cquote1.pngVocê quis dizer: Januária?Cquote2.png
Google sobre Janaúba
Cquote1.pngVocê quis dizer: Bananal?Cquote2.png
Google sobre Janaúba
Cquote1.png Me sinto em casa! Cquote2.png
Gorutubano sobre Janaúba.
Cquote1.png Já comi a banana de lá! Cquote2.png
Você sobre Janaúba.

A única praça da cidade, também usada como rodoviária.

Janaúba é um pequeno vilarejo, elevado à condição de Município ontem, localizado no centro do platô sul do norte-mineiro-árido, situado entre o vale do Rio São Francisco e o vale do Rio Jequitinhonha. Cercado pelas regiões mais abastadas da República das Bananas, a cidade é hoje a maior produtora de banana de toda a nação, sendo responsável pelo abastecimento de banana de todo o mundo. Tal produção em tão larga escala fez com que toda a população e economia da cidade girem em torno desse fruto, tão precioso para o desenvolvimento do país.

Tabela de conteúdo

[editar] Janaúba

Cotidiano do vilarejo, após a Grande Invasão dos Macacos

Tudo começou quando os Estados Unidos da América entraram na Segunda Guerra Mundial, fazendo com que aumentasse a necessidade de óleo de banana para lubrificação de suas armas, durante a Guerra. Pensando nisso, o governo norte-americano contratou o governo da República das Bananas, que repassou a missão para a província das Minas Gerais.

O Governo local, sabedor da existência de grandes bananais na região, muito utilzados como matel [o motel daquela época], mandou uma expedição pelo Trem Baiano, com o afinco de explorar o óleo da fruta. Com o término da Guerra, a cidade viu-se abandonada pela governança e população em geral. Isso deu lugar à Grande Invasão dos Macacos, em 27 de Dezembro de 1948.

Desde então, os bananais vêm sendo administrados pelos macacos, pelos índios da região, e pelos mestiços gerados entre a união entre os macacos e índios, chamados de gorutubanos.

Atualmente, os gorutubanos já são capazes de administrar todos os bananais da região, e negociar toda a produção de banana local com seres civilizados, a preço de banana. As mulheres de lá perdem a virgindade com as bananas.

[editar] Geografia

Foto atual do Rio Gorutuba

A Geografia é ensinada em todas as escolas janaubenses, assim como a matemática e a ortographia.

Janaúba está cravada entre o calor ardente do Cerrado, o calor infernal da Caatinga e o calor desértico do semi-árido nordestino. Isso faz de Janaúba mais quente que Montes Claros, o que não é pouco! Janaúba conta hoje com uma 988.765,48 habitantes, contando com mulheres, crianças, anões, viados e afins, e com o Satã. Possui uma economia que gira em torno da extração da banana em seus gigantescos bananais. A hidrografia da cidade é marcada pelo Rio Gorutuba, que se secou desde 1979, após a construção da Barragem do Bico da Pedra. O clima de Janaúba é um pouco mais que quente. Há quem diga que Janaúba está em um estágio superior ao inferno, recebendo aqueles que são expulsos do Sheol, o fogo eterno. A temperatura média em Janaúba oscila entre 45°C e 68°C, durante a noite, e 77°C e 115°C, durante o dia.

Janaúba só tem um semáforo.

[editar] Festas de Janaúba

Carnaval em Janaúba.

Em Janaúba, se destacam as festas juninas, marcadas pelas quadrilhas de assalto a bancos, e pelos fogos em grandes florestas. O último incêndio durou quatro meses, até ser apagado pela Brigada do Corpo de Bombeiros. O São João Gorutubano é famoso por suas mortes na praça da catedral e pelo inconfundível cheiro da boa e velha Cannabis sativa.

Além das festas juninas, o carnaval em Janaúba é famoso em toda a região norte-mineira, por suas belas mulheres dançando em micro-biquínis feitos de banana. A festa se anima após a meia-noite, quando as mulheres passam ingerir várias bananas repetidamente.

Durante a época dos ventos, a tradicional e tricentenária Exposição Agropecuária do Município de Janaúba do Norte de Minas ganha fôlego e vai pelos ares, não sobrando pedra sobre pedra no modesto vilarejo. O grande problema está na desiganção da data das festividades, já que isso depende da confirmação da meteorologia sobre a data em que haverá vento o suficiente para alegrar a todos os animados frequentadores.

[editar] Educação

  • Janaúba tem 3 escolas particulares de ensino médio que ficam competindo entre si para saber quem é a melhor, CEC, Prêmio e Sejan (o Sejan já foi o melhor do Norte de Minas, hoje é a pior, kkkk). Enquanto as escolas públicas: EEMAA conhecida por "Estadual" por ser a primeira de domínio do estado do Norte de Minas, briga com a escola José Gorutuba para ter os piores alunos do vilarejo (José tomou do toba, beira do Rio, ao lado do Mercado, perto do Infernin, gran favela). Antes da implantação das duas escolas, ja sabia que nenhuma ia prestar.
  • A única faculdade que presta no vilarejo é a FAVAG, que nem fica em Janaúba, é localizada em Nova Porteirinha, lugar que nem existe no mapa, mas fica ao lado de Janaúba, tipo, 2 minutos do centro.
  • Creches: Os habitantes desse lugar ficam em creches até os 560 anos de idade, mesmo assim saem mal educados.

[editar] Universidade

Janaúba acaba de ganhar uma Universidade federal, a UFVJM, Universidade Federal do Vales do Jequitinhonha e Mucuri. Uai, mas Janaúba não esta no Norte de Minas? como assim Vales do Jequitinhonha e Mucuri????? pois é, verdade verdadeira, além de possuir a UAB, cursos à distância, tipo 1 vez a cada milênio. E também possui o campus de Zootecnia e Agronomia da Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes).

[editar] Principais bairros

Primeira igreja de Janaúba.
  • Centro: Ops, Avenida do Comércio, somente.
  • Novo Paraíso: você quis dizer favela? O que? vilarejo tem favela? tem sim. tambem chamada de New paradise, Infernin.
  • São Gonçalo: Onde moram os metidos da cidade, onde ficam localizadas as miores casinhas do vilarejo.
  • Cerâmica: Por causa da Cerâmica Janaúba, na parte baixa do bairro. Conhecida por Catinguinha, catingueiros, depois da Linha do trem, saída pra Jaíba, ao lado do Padre Eustáquio e lalalalaaallaa.
  • Veredas: fim de mundo 1, bairro do """"Hospital"""" Regional, onde fica o presídio do vilarejo e um Campus da UAB,
  • Padre Eustáquio: lugar do Povin? o melhor que ta tendo depois do São Gonçalo? Avenida Osvaldo Cruz?
  • Saudade: Cemitério do Vilarejo.
  • Santo Antonio: Nome designado ao bairro para tentar convercer o santo casamenteiro arrumar homi pras beatas.
  • Santa Cruz: ops, Capitão Enéas? Montes Claros? esse bairro fica em Janaúba?
  • Dente Grande: para os moradores nao existe mais o Dente Grande, mas sim o Bairro Industrial. Cadê as industrias?
  • São Lucas: Existe? perto da Jaíba? ah ta, o outro cemitério.
  • Jardim Imperial: Bairro novo, cheio de casinhas bonitinhas. Prolongamento do Ribeirão do ouro.
  • Ribeirão do ouro: Sem ouro, alias, cadê o ribeirão que corta o bairro? secou, calor de 9999999º, né.
  • Planalto: Dizem àqueles que nao querem dizer que moram no Dente Grande, este chamado de Industrial, sem indústrias.
  • Dona lindú: Novas casas populares a 20km da cidade,(nome bonito para um bairro).
  • São Vicente: Trevo de entrada da cidade. tanbém conhecido como frogodo.
  • Industrial Claríce: Ha é! ainda nao existe
  • Isaias pereira: ????
  • COHAB: ?? Ha! o primeiro bairro de habitate populaçional da cidade. tanbém conhecido como populares
  • Residencial Claríta: outro bairro de casas populares!!
  • Santa Terezinha: carinhosamente chamado de "as piranhas", sabe di nada inocente...
  • Jacarezinho: comunidade que virou bairro com cara de comunidade(roça & favela), super perto do centro, da pra ir andando...
  • Vila Miau: ops, Nova Esperança
  • Nova Porteirinha: cidade..quer dizer, bairro, carinhosamente conhecido como "EZpanha"

[editar] Ver também

v d e h
AS FANTÁSTICAS MINAS GERAIS DO PÃO DE QUEIJO
O mapa de Minas Gerais incluindo possessões, territórios intra e ultramarinos e províncias autônomas e rebeldes, além é claro dos TREM (Territórios Remotos do Estado de Minas)
A bandeira de Minas Gerais com a inscrição em latim "Causeus Quae Sera Tamem" que significa "Queijos, ainda que à tardinha!"

Notas:
  1. Possui status de território autônomo de Minas Gerais
  2. Doada por José Serra em 2007
  3. Juiz de Fora foi cedida ao Estado do Rio de Janeiro por Aécio Never em 2003 em troca de Cabo Frio. Vide Guerra Mineiro-Fluminense
  4. Governador Valadares foi vendida aos Estados Unidos por Aécio Never e Lula em 2005 em um acordo com George W. Bush para acabar com a imigração ilegal, passando a ser um território colonial americano com o nome de "American Outland District of Walladars Governator"
  5. A existência de alguns municípios não foi confirmada cientificamente
  6. Províncias conhecidas como TREM - Territórios Remotos do Estado de Minas

Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas