Janiópolis

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Caubói Forasteiro de Janiópolis dormindo debaixo da copa de uma árvore enquanto o cavalo pasta.
Fundadora da cidade.

Janiópolis ou Janis Joplin City é uma cidade do interior do Paraná visivelmente caipira e cheia de problemas como Playboys e Bêbados.

Cidade

A cidade tem uma Bandeira do Haiti como bandeira do município, tudo porque achava que o Haiti era tão desconhecido e insignificante que ninguém notaria a diferença entre as duas bandeiras. No final o Haiti acabou processando a cidade e, de alguma forma, conseguiu por violação de Copyright deixando Janiópolis mais quebrada do que já era.

A cidade adotou a filosofia da Janis Joplin, uma pessoa ilustre da Geração Beats. Janis pregava:

Cquote1.png Vou transa, fuma, fudê e depois vou jogar tudo em você! Cquote2.png
letra de uma música do Marcelo Adnet Janis Joplin e seu mantra

E realmente foi assim que Janiópolis criou a base de sua economia: primeiramente exonerou (foda-se o que significa exonerar) todos os policiais da cidade, Janiópolis ficou sem polícia e não a tem faz 30 anos. O próximo passo foi o prefeito atrair "investidores" na boca mesmo, conseguindo trazer várias fábricas caseiras de Pinga e bocas de fumo para Janiópolis.

Atualmente, a cidade virou uma boca de fumo gigante com 3 gatos pingados na praça central da cidade dando tapas na pantera. As fábricas de pinga caseira viraram os bares da cidade, os mais movimentados pois para suportar a chatisse que é morar lá só com muito pinga mesmo.

População

Composta por idosos e playboys, se vista agora pode ser comparada com um daqueles filmes de Western gringos, os típicos de bangue-bangue, em que um herói enfrentava um bandido na rua principal da cidade com as pistolas na mão. Como é a cara do Paraná homicídios, velho-oeste e pistoleiros não é difícil imaginar.

Os idosos são os donos de bares e padarias furiosos com as brigas dentro do estabelecimento, os playboys são os típicos "forasteiros" que vão duelar entre si e os "turistas" (pessoas visitando os parentes na cidade) são os forasteiros e donzelas em perigo (ou animais, caso seja uma mulher muito feia).

E, tal como em uma cidade do velho-oeste, a única coisa que se tem para fazer é mascar tabaco, cuspir naquela cuia legal e comer alguém do bairro[carece de fontes].

Ver também