Jasmin

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
180314 10150093294026158 8104797 n.jpg

"Vai tomar no cu", em árabe
Brimo, este artigo é árabe!
Se você entrar no harém dos outros, correrá sério risco de ficar sem petróleo

Cquote1.png Você quis dizer: Pullum Purna Cquote2.png
Google sobre Jasmin

Cquote1.png Na verdade, somos primas. Cquote2.png
Pullum Purna sobre Jasmin
Cquote1.png Quem diria que um pé rapado como eu ia terminar com uma gostosa dessas! Cquote2.png
Aladdin sobre Jasmin
Cquote1.png Essa princesa é pública, eu mesmo já comi várias vezes! Cquote2.png
Prince of Persia sobre Jasmin
Cquote1.png Tenho que pegar! Cquote2.png
Jasmine sobre Jasmin
Cquote1.png A noite na Aráááábia... E o dia tambéééém... Cquote2.png
Vendedor de Aladdin sobre período que Jasmin passa dando
Cquote1.png ... Cquote2.png
Tapete voador sobre Jasmin
Cquote1.png Sorte minha que ela também curte zoofilia! Cquote2.png
Iago sobre Jasmin
Cquote1.png MWAHAHAHAHAHA! Cquote2.png
Jafar sobre Jasmin

Jasmin ou Princesa Jasmin é uma princesa do conto de fadas Aladdin, e também casada com o próprio. Na verdade, ela só existe na versão da Disney, pois na história original a princesa é tão coadjuvante que nem sequer possui um nome próprio.

História[editar]

Jasmin pedindo um aumento de mesada.
Jasmin no auge da puberdade.

Nascida em Agrabah, uma cidade árabe que, assim como ela, não existe, Jasmin era uma moça inacreditavelmente bela, sexy e gostosa, motivo pelo qual seu pai tinha ereções involuntárias toda vez que a via e matou a própria esposa apenas para ficar admirando a filha, que ele não deixava sair do palácio de jeito nenhum com medo de que algum outro homem tirasse sua virgindade. No entanto, como o sultão estava velho e broxa, deu a Jasmin um tigre para que ela pudesse transar e praticar zoofilia à vontade. Porém, um belo dia Jafar, o vizir conselheiro do sultão, aparece pedindo Jasmin em casamento, e como também é um macumbeiro de primeira, hipnotiza o dito cujo para que ele aceite conceder a mão da princesa. Mas ao ver o puta homem feio que Jafar era, Jasmin entra em pânico e sai correndo porta afora do palácio. Algo que ela poderia e deveria ter feito há muito tempo atrás, mas como herdou a inteligência nula do sultão, preferia ficar chorando e se lamentando como uma emo por estar presa.

O encontro com Aladdin[editar]

Note seu olhar de puro tesão para aquele passarinho.
Mostrando que está com o desodorante em dia.

Mesmo sendo uma princesa, Jasmin se vestia igual a uma puta paga, afinal de contas, no palácio não tinha contato com outras pessoas (apenas o tigre e o sultão, que era um jegue) e não sabia que mulheres árabes precisavam usar burca ao sair. Então, ela improvisa uma com um saco de batata que encontrou no lixo e faz com que todos pensem que se trata de uma mendiga. Inclusive Aladdin, um mendigo de verdade que estava de passagem por ali roubando e matando alguns transeuntes e mercadores em busca de comida. Ao ver a linda pobretona, ele não se intimidou e ofereceu a ela uma maçã envenenada roubada, mas a polícia local pegou-o no flagra e estava prestes a matá-lo (uau, a justiça daquela época era bem eficiente!), até que Jasmin arranca o saco de batata de sua cabeça e revela ser a princesa, salvando Aladdin da morte.

O que aconteceu depois[editar]

Jasmin e Aladdin[editar]

Prestes a dar um roundhouse kick.
O novo modelito super-fashion de Jasmin.

Quando descobre que Jasmin é uma princesa, Aladdin inventa que também é um príncipe que gosta de se disfarçar de mendigo às vezes para poder andar tranquilamente entre o povo para conferir se seus súditos estão bem. Jasmin fica tão radiante e feliz por ter encontrado alguém que tenha ideias idiotas como ela que o pede em casamento (sim, deveria ser o contrário) e pede que ele vá ao palácio para ser apresentado ao sultão o quanto antes. Aladdin então pede ao gênio da lâmpada que lhe transforme em um príncipe de verdade para que Jasmin não descubra sua mentira, já que pela primeira vez na vida ele está a um passo de comer uma mulher bonita e rica ao invés de uma baranga. Com o desejo concedido, Aladdin vai até o palácio e inacreditavelmente recebe a aprovação do sultão, que provavelmente tinha se dado conta da cagada que fez ao prometer a filha para Jafar e estava tentando corrigir. À noite, o casal decide oficializar a união e transa no céu de Agrabah a bordo de um tapete voador, para delírio dos voyeurs.

Jasmin e Jafar[editar]

Jafar descobre que Aladdin não é príncipe porcaria nenhuma, é só um ladrão mesmo. O vilão revela a verdade e sequestra Jasmin, mas como sempre se dá mal e os pombinhos tem um final feliz.

Curiosidades[editar]

  • Apesar de ser árabe, Jasmin tem cara de indiana.
  • Jasmin trai Aladdin com Stitch, comprovando que é furry.
  • Ela tem apenas 16 anos.

Ver também[editar]

v d e h