Jennifer Carpenter

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
ESTE ARTIGO É SOBRE UMA GOSTOSA!!

Ela provavelmente não sabe atuar, dançar, cantar, desfilar, praticar esportes, fazer cálculos matemáticos ou qualquer coisa de útil para a humanidade. Mas quem liga? Todo mundo a conhece apenas porque ela é uma baita duma

GOSTOSA

Ruiva na piscina.jpg


Jennifer Leann Carpenter
JenniferCarpenter Blowjob.gif
Nascimento 7 de dezembro de 1979
Louisville Bandeira dos Estados Unidos Estados Unidos
Ocupação Atriz, escritora, Miss sexo anal e modelo
Altura 1,74m
Peso 62 kg
Olhos Verdes Sedutores
Cabelo Quase sempre morena

Cquote1.png Você quis dizer: Emily Rose Cquote2.png
Google sobre Jennifer Carpenter

NewBouncywikilogo.gif
A nossa sátira autorizada, a Wikipédia, tem um artigo sobre: Jennifer Carpenter.

Jennifer Leann Carpenter é uma atriz milf norte-americana, conhecida por seu papel de capiroto como Emily Rose em O Exorcismo de Emily Rose, Debra Morgan em Dexter, a irmã incestuosa do protagonista, e pelo papel principal no filme de terror Quarentena.

Carreira[editar]

Jennifer Carpenter nasceu em Louisville, nos Estados Unidos, onde passou sua infância e seus tempos de ninfeta dadeira. Jennifer passou pela academia Sacred Hearth antes de ingressar em Juilliard em Nova Iorque, e estudar Teatro, onde todo mundo sabe que é terreno fértil para muita maconha, bebida e orgias.

Concluídos os estudos, formou-se no mundo da atuação através da grandiosa Companhia de Teatro Walden, surgiu em cenas de sexo ao vivo na Broadway em The Crucible, onde contracenou com uma das maiores milfs do planeta Laura Linney e o ator escocês transante Liam Neeson.

Foi em 2005 que a atriz chamou a atenção da crítica e do público com a arrepiante personagem em O Exorcismo de Emily Rose (The Exorcism of Emily Rose, em inglês), onde interpretou uma diaba sedenta por sangue e masturbação, filme que lhe rendeu o MTV Movie Awards 2006 (de melhor performance) e o Hollywood Life Breakthrough Award.

Emily Rose sendo comida por Satan.

Após esse sucesso, Jennifer interpretou Debra Morgan na série de televisão Dexter, que estreou em 2006 nos EUA. O polêmico final de temporada desse seriado na noite de domingo foi impressionante para os telespectadores, pois descobre-se que Debra Morgan nutria um sentimento incestuoso por seu irmão adotivo Dexter, e então Jennifer acaba ganhando um Emmy Awards por melhor performance de sexo oral incestuoso do ano. Carpenter salivou o pênis do ator Michael C. Hall por mais ou menos 10 minutos no episódio, e o fez ejacular na sua cara uma quantidade bem expressiva de porra.

O final de O Dexter foi impactante, porém Carpenter acabou desvelando a hipocrisia das pessoas que podem aceitar Dexter como um assassino em série, no entanto uma vez que Deborah tenha amor sexual por seu irmão, aí sim a galera entra em choque. Jennifer afirmou publicamente que talvez os fãs não devessem ter ficado tão surpresos - para não falar em choque, perplexidade e repulsa - com a história de incesto entre os irmãos Dexter e Deborah Morgan nesta temporada, já que ele era um psicopata carniceiro filho da puta da porra.

Em 2008, interpretou Angela Vidal em Quarantine ou Quarentena, que era uma cópia do filme Rec, em que Carpenter faz uma miraculosa orgia trancada com vários zumbis caralhudos dentro de uma casa.