Jesuânia

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Gnome-searchtool blue.png Jesuânia é uma pequena cidade desconhecida.
Você pode estar perdendo seu tempo à-toa ao ler sobre essa joça.
Todos os carros daqui foram fabricados na década de 1990 ou antes.

Sciences de la terre.svg.png
Cquote1.png Você quis dizer: Mais do que fim do mundo Cquote2.png
Google sobre Jesuânia

Jesuânia é uma cidade de Minas Gerais que fica no sul, vulgo a parte rica do estado. A cidade ganhou esse nome por causa que queriam ser diferentes das outras cidades e dar um nome legal para a cidade ficar conhecida. Porém, como queriam dar um nome de Jesus mas não poderiam colocar como "São Jesus" na cidade, colocaram um misto bizarro de "Pensilvânia" e "Jesus" criando Jesuânia.

Cquote1.png Affff! Que cidade maluca! Cquote2.png
Patricinha de Jesuânia sobre sua cidade

Cidade[editar]

A cidade, como já é típico da região fica ao redor de uma rodovia. As lojas ficam na rodovia, tal como o motel que os caminhoneiros usam para suas longa sessões de masturbação antes de voltarem a viajar pelo Brasil para entregar um carregamento de vibradores enquanto suas mulheres estão os traindo.

Bem, de qualquer maneira Jesuânia seria uma cidade de caminhoneiro. A avenida principal é a própria rodovia e oferece uma saída rápida desse fim de mundo que chamam de Jesuânia. A cidade também vive de alguns acordos e apostas com os vizinhos como por exemplo, apostar quem conseguiria vender o produto de mais baixa qualidade ou então qual seria o principal produtor de "mulheres de bigode" um dos produtos mais conhecidos de Minas Gerais.

Claro, tudo isso é obra das mentes idiotas que controlam a cidade. Estes se chamam "prefeito" e "vice-prefeito" que são na verdade sock puppets dos mendigos da cidade que estão nem aí para a situação da mesma.

Cultura[editar]

Pessoas mandando sinais de fumaça para saírem de Jesuânia.

A cidade tem uma história que conta como os caminhoneiros começaram a usar a rodovia só para passar por Jesuânia e não deixarem a cidade passar fome, largada no meio de Minas Gerais.

Dizem que uma mulher antigamente trabalhava no puteiro que fica atrás do motel principal da cidade e que essa mulher teria tido uma certa fama entre os homens mais "brutos". Sendo que a maioria procurava por ela para seus serviços, muitos acabavam tão traumatizados que nunca mais voltavam para a cidade e nunca mais trepavam antes...

Era algo muito misterioso mas aí que os fetiches em relação a ela apenas aumentaram e mais caminhoneiros acabavam nunca mais transando na vida.

Apenas atualmente que descobriram o motivo: ela castrava e ameaçava voltar para temrinar o serviço caso ele abrisse a boca.