Jet

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Playinguittar.gif

Roger Waters deu sua benção a este artigo!

Obrigado! Este artigo se sente mais forte agora :)

Clique aqui para mais abençoados.

Passarinho.jpg Este artigo é sobre um(a) artista, grupo musical ou uma banda.

Certamente, seus fãs idiotas alienados o odiarão!

Jet (banda)
Banda Jet apontando.jpeg
VOCÊ MESMO!
Origem Melbourne
País Bandeira da Austrália Australia
Período 2001 – Atualmente
Gênero(s) Indie Rock
Gravadora(s) {{{gravadora}}}
Integrante(s) Nic Cester;
Chris Cester;
Cameron Muncey;
Mark Wilson.
Ex-integrante(s) Doug Armstrong.
Site oficial {{{site}}}
Wikisplode.gif
Para os neo-ateus que preferem acreditar em mentiras, os supostos experts da Wikipédia têm um artigo sobre: Jet (banda).

Cquote1.png Você quis dizer: Jetman Cquote2.png
Google sobre Jet (banda)
Cquote1.png Você quis dizer: Jet Stingray Cquote2.png
Google sobre Jet (banda)
Cquote1.png Você quis dizer: Jet Li Cquote2.png
Google sobre Jet (banda)
Cquote1.png Você quis dizer: Jet Ski Cquote2.png
Google sobre Jet (banda)
Cquote1.png Parece “Imagine” Cquote2.png
Você ouvindo “Look What You've Done”
Cquote1.png Não! Cquote2.png
Mulher ouvindo “Are You Gonna Be My Girl?”
Cquote1.png They came from the Land Down Under! Cquote2.png
Men at Work sobre Jet
Cquote1.png Eles também? Cquote2.png
Você após descobrir que, assim como 90% das bandas, eles também têm uma música chamada “Hold On”
Cquote1.png Shine On? Só o original! Recusem imitações! Cquote2.png
Peter Frampton sobre Jet (banda)
Cquote1.png Paguem os direitos autorais! Cquote2.png
John Lennon sobre “Look What You've Done”

JET é mais uma banda australiana a jato formada em Melbourne composta por fãs de Jetman e que penaram para derrotar o Jet Stingray em Megaman X4, mesmo com a arma específica, que, assim como suas bandas compatriotas, começou o caminho ao estrelato em uma competição de arremesso de bumerangue, formada com o intuito de Nic Carte se vingar de uma puta de coração gelado que ele contratou para... preciso dizer mesmo?

Suas músicas são muito requisitadas por pessoas que estão em uma tentativa de conquistar aquela gostosa do colégio quando a situação não está favorável, e, se tratando de você, a situação realmente não deve estar nada favorável.

Colocou uma música em Gran Turismo 4 e deram muita sorte: já que Forza Motorsport ainda não existia na época, os Forzistas ainda aceitam essa música.

O Começo:[editar]

Descansando após uma viagem a jato

A banda teve o início digno de clichê se tratando de bandas de rock: em uma escola. Enquanto matavam aula de música, os irmãos Nic e Chris, que contraíram asma com tanta poeira acumulada dos discos dos anos 60 e 70 que eles passaram a infância ouvindo, faziam shows de repente em bares locais, onde faziam muito sucesso, se tratando de um estilo que só é conhecido por aqui.

Sabendo disso, Cameron Mouncey descobre esses shows, e descobre que eles têm potencial para cantar rock, e se convida para tocar nessa nova banda de rock que estava prestes a ser concordada, assim, sendo os irmãos e o intruso que eles acabaram de conhecer. Com um rock repentino, eles estavam começando a aparecer.

Após mais um show, Doug Armstrong quis se juntar ao grupo, mas, como não mandava bem dentro da proposta musical deles, mas, sendo muito bom em outra, e, na necessidade de mais um integrante, ele se junta a banda. Já eram um quarteto. Pensando em Jetman e no Jet Stingray, além do fato de os shows deles serem bem rápidos, batizam a banda de JET, com o objetivo de fazer sucesso mundial a Jet (sacou?)

Já com o nome e com o posto de ser uma banda 100% rock, eis o próximo objetivo: se igualar ao AC/DC e conseguir vencer no rock naquele país sem tocar New Wave e, com esta inspiração, eles começaram a luta, e rápido, para fazer jus ao nome da banda se quisessem ser levados a sério.

A Carreira:[editar]

Uma banda de paz. É, de fato, pelas caras deles, eles não metem muito medo...

A princípio, optaram por não pagar jabá as rádios, pois nenhuma banda por lá pagava, e eles queriam seguir o bonde. Mas, discordando dessa política, Doug deixa a banda, até porque ele já tinha juntado uns milhares de dólares para o pagamento dos jabás, então, resolveu gastar sozinho o dinheiro acumulado.

Substituição feita e a carreira recomeçando. Mark Wilson era o novo integrante, após ter invadido o show deles para tocar com eles, ou seja, queria só aparecer. Como se saiu bem em sua aparição, conseguiu a vaga na banda.

Se apresentaram em uma doceria especializadas em doces de duplo sentido e com formatos “sugestivos”, sendo que estes estavam bem sujos. Iam denunciar para a vigilância sanitária, mas, aceitaram um “fica-quieto” e, por assim ficou.

Após essa experiência, aceitaram vender suas almas aos americanos em troca de um produtor, já que os australianos estavam de palhaçada, ou seja, só seguiram a onda, e voaram a jato para os EUA. Lá, começaram a ser consumidos pelo Grande Satã, ou seja, dando uma margem aos sons mais comerciais, o que já é uma ajuda. Um som comercial ainda pode ser uma boa. Não é necessário pagar tanto jabá assim, e gravou um álbum inteiramente comercial, conciliando o útil ao agradável. Nese processo, lhes foi recomendado que plagiassem uma música de um roqueiro dos anos 60. Assim, escolhendo John Lennon.

Já sem a necessidade de se tornar uma banda comercial já que eles conseguiram estourar no mundo com algumas músicas e temas em jogos, agradando a nação nerd-gamer, o quarteto de Londres Melbourne retomou sua proposta de fazer um som básico sem ajuda de grandes produtoras e, sem sentir o bafo de milhares de pessoas, gravaram mais um álbum que, por não ser comercial, não vendeu tanto como seu antecessor, mas, pelo menos eles estavam ricos e com seu público formado..

Como sempre ficam ocupados fazendo shows em campeonatos de arremesso de bumerangues, demoraram um pouco para lançar mais um álbum, que foi o último, afinal, eles já estavam muito cansados com seus bicos alternativos, o que quer dizer que, com o tempo, perderam o mojo e não estão mais fazendo jus ao nome “Jet”, se fizessem, seriam uns 2 ou 3 álbuns por ano, sempre fazendo um serviço a Jet (sacou?), além de só irem de Jet aos shows, podendo terminar um na Austrália e depois de 30 minutos começar um na África do Sul.

Raio-X:[editar]

Integrantes:[editar]

  • Um Cester: Vocalista/Guitarrista/Tocador de tamborim;/Pianista da banda, ou seja, sabe o piano do plágio de “Imagine” “Look What Youve Done”? Então, é ele. É o Cester mais velho e o que deu a ideia da banda, começando só com o seu irmão em uma dupla de repente;
  • Outro Cester: Baterista/Percussionista/ Backing Vocal. É o Cester mais novo, ou seja, sempre consideraod o culpado caso algo de ruim aconteça em um show
  • Camarão Mouncey: Guitarra/Backing Vocal. O cara que chegou sem prévio aviso e ainda se tornou o cara mais conhecido da banda, graças a isso, os posers acham que ele é o líder da banda;
  • arque o Wilson: baixista/Tecladista. Foi o último a entrar na banda por, se fosse futebol, acreditar no projeto, já que seu antecessor se mandou porque queria pagar jabá e ter a vida facilitada na estrada. Passa despercebido, poucos sabem de sua existência;

Álbuns:[editar]

  • Nasça!: Como eles estavam começando na Estrada, eles não tinham um público definido, então, através desse álbum, com esse nome, eles queriam que todos os seus fãs nascessem. Deu certo. E, podem reparar que, todos que nascerem após o lançamento desse álbum, virarão fãs da banda (2003);
  • Vai Brilhando!: Shine On Your Crazy Diamonds. Como não tinham uma ideia para o nome do album, encontraram um LP todo empoeirado em meio a todos aqueles que os irmãos Cester ouviam quando criança. Era o Shine On. Esse é o resultado. Foi considerado um álbum de risco. Lançaram um EP antes para ver se ia fracassar. Acopntecendo, esse álbum nem existiria (2006);
  • Rock do Shaka: O quarteto foi desafiado a topar um tempo com os olhos fechados para ver se decoravam todas as notes sem ter de olhar a guitarra e os demais instrumentos. Eles estão conseguindo. Assim como o Shaka, durante a gravação desse álbum, eles resolveram abrir os olhos e ver o que saia com eles de olhos abertos. E deu nisso. Por isso o Shaka é mencionado no álbum (2009).

Hits:[editar]

Querendo fazer um agrado ao público americano. É conveniente tê-los ao seu lado, já que eles são tão mesquinhos...
  • Quer Ser a Minha Namorada? : Não, até porque eu sou homem. Música muito popular entre aqueles que se apaixonaram, fizeram uma meia-dúzia de merdas e estão com suas batatinhas assando, dispostos a uma última inestida antes que ela parta. Em 70% dos casos, dá certo. A música ganhou o Cupido de Ouro em seu ano;
  • Música do Gran Turismo 4: Música encomendada pro Gran Turismo 4. Como não existia Forza nessa época, eles ainda são respeitados pelos Forxistas, ou seja, souberam a hora de ceder uma música para um jogo sem ter medo dos “istas” ivais;
  • Olha o Que Ele Fez! Olha o Que Ele Fez! Olha o Que Ele Fez! : Chamada pela mídia de “Plágio de ‘Imagine’”, após fazerem “Are You Gonna Be My Girl”, vendo que nem todos transavam após o processo de conquista ao som desta música, precisavam fazer uma canção de consolo (Ui!) para eles. John Lennon está negociando com a morte um dia na Terra para processar a banda por plágio;
  • Puta Gelada e Durinha: Nic contratou os serviços de uma prostituta, já que estava sozinho e precisava dar uma para que ele não ficasse tão nervoso na hora de cantar. Porém, ele foi vítima de propganda enganosa. Ao contrário das descrições dos classificados (mulata com 120 de bunda), a prostituta em questão era uma esuimó “durinha” mesmo. Pelo menos isso, mas, os serviços eram péssimos. A música era só uma popaganda enganosa mesmo;
  • Me Tira Daqui!: Escrita após uma discussão entre os integrantes da banda, por alguns segundos, a banda acabou;
  • Coloque o Dinheiro Onde Sua Boca Está: 2 interpretações: em uma, eles resolveram fazer auqela brincadeira de colocar um papel na boca, sair distribuindo boca a boca e torcer para o vento não dar aquela trollada, proporcionando vários beijos; na outra, sabem a história por trás de “Cold Hard Bitch”? Ela resolveu oferecer seus préstimos gratuitamente, e, nessa, ele gostou;
  • Vai Brilhando: Só não puseram um “Your Crazy Diamonds” porque eles não queriam ser um novo Pink Floyd. Nessa brincadeira, acabaram com a graça dos Kooks, que, ao fazerem a sua "Shine On", foram acusados de falta de inspiração pelos australianos;
  • O Selvagem: Como eles não eram selvagens, eles chamaram alguém que tem fama de selvagem para que a música fizesse sentido. Chamaram o Iggy Pop;
  • Hold On (É, eles também): Todo mundo fez música com esse nome, até parece que eles iam ficar para trás;
  • Ela é um Gênio: E vocês aí achando que nerds gostosas não existem... Essa é para aquela nerd gostosa que o Cameron era apaixonado nos tempos de escola. Como naquela época a “Are You Gonna Be My Girl” não existia, ele ficou chupando o dedo;
  • Corações Carbonizados: Apesar de ser o nome de uma Novela Mexicana, é só mais uma música deles. O coração de galinha do churrasco ficou tanto tempo na grelha que ele acabou pegando fogo;
  • 17: Cada um no rock tem uma história com um número: Metallica com “1”, U2 com “2” (ah vá! É mermo?) [...] Patti Smith com “12”, [...] e eles com o “17”.