Jin-Roh

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Jin-Roh (1999) é um desenho ridiculo japonês sobre um futuro alternativo onde os dinossauros sobreviveram e venceram a Segunda Guerra Mundial com a ajuda de Abraham Lincoln. O roteiro foi escrito por Mamoru Oshii, baseado no conto-de-fadas da Chapeuzinho Vermelho, e pelo resultado final, baseado foi algo que ele fumou também.

Enredo[editar]

Spoiler5.JPG
Atenção! O texto abaixo pode conter (ou não) um ou mais spoilers.
Ou seja, além de deixar o artigo com mais pressão aerodinâmica nas retas e mais estável nas curvas de alta, ele pode revelar, por exemplo, que Michael Jordan faz a cesta da vitória, ou que Walter Sparrow era o assassino do livro.
Spoiler3.jpg

Nesse futuro alternativo, Charlie Chaplin não morreu.

Kazuki Fuse é o Capitão Nascimento japonês, um policial da tropa de elite equipado com capacete alemão, visor infravermelho e máscara de gás. Um grupo de terroristas palestinos ameaça explodir a Torre de Tóquio, uma imitação ridícula da Torre Eiffel construída bem no meio da capital nipônica. Fuse e sua equipe da SWAT chegam pilotando seus robôs gigantes e começam a perseguir os membros da guerrilha. Acuados, os rebeldes descem para a rede de esgotos da cidade, onde são devorados por crocodilos albinos.

Nanami Agawa, uma terrorista adolescente vestida de vermelho (para simbolizar sua menstruação), carrega consigo uma bomba no formato de um vibrador cor-de-rosa da Hello Kitty. Fugindo dos soldados, acaba encurralada em um beco-sem-saída. Quando Fuse chega perto, ela contrai os músculos da vagina e aciona o explosivo, destruindo todos os hímens em um raio de 40 quilômetros.

Por causa de seu erro, Fuse é obrigado a prestar vestibular como punição. Depois de sobreviver a essa tortura horrível, ele vai visitar o que sobrou de sua vítima no cemitério. Encontra Kei Amemiya, uma prostituta de 16 anos, e começa um relacionamento casual com a jovem, onde ele passa a casualmente inserir seu pênis no ânus dela. Os dois planejam fugir e começar uma vida nova em Mogi-Mirim.

Fuse tem um pesadelo onde Michael Jackson transforma-se em um lobo e devora seu pênis. Ele não sabe que Kei na realidade é um marinheiro de 60 anos que segue ordens de uma divisão rival para seduzí-lo e levá-lo à ruina. Um dia Kei liga de um orelhão dizendo estar sendo perseguida por executivos japoneses tarados. Kazuki vai ao encontro dela, sem saber que está entrando em uma armadilha. Ao chegar no local, encontra seus companheiros do Jin-Roh, um grupo secreto da polícia, que explicam a situação e ordenam que ele mate Kei como prova de lealdade. Kasuki estupra Kei, mata ela a facadas, e depois estupra seu cadáver de novo.

Interpretação[editar]

Jin-Roh é uma adaptação livre das obras de Jean Paul Sartre, Platão, Friedrich Nietzsche e Paulo Coelho. Existem claras alusões aos conceitos psicológicos de Freud e Jung na história, onde Kazuki Fuse representa o instinto animal latente do ser humano, Kei representa a inocência do paraíso perdido, as armas representam órgãos genitais cheios de desejo e o anões pelados dançando conga no final representam o horror da humanidade diante da miséria da natureza.

Ver Também[editar]

v d e h
Este artigo fala sobre um anime.