João Havelange

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
ReaperlogoDare.gif
João Havelange já morreu!

Foi enfrentar madeireiras na Amazônia...

Clique aqui pra ver quem te espera no inferno

Cquote1.png E da costela do João Havelange, nasceu Adão Cquote2.png
Livro de Gênesis sobre João Havelange

Cquote1.png Ele era um bom garçom! Cquote2.png
Jesus sobre João Havelange

João-Maria Faustão Godofredo Avelã G, mais conhecido como João Havelange (Paraíso[carece de fontes]Rio de Janeiro, 16 de agosto de 2016) e que nasceu há muito, muito tempo, quando ainda se usava escada para tentar chegar à Lua.

Fatos.png
Conheça os fatos sobre este ex-Matuzalém brasileiro

Biografia[editar]

40967074 nikita.jpg Este artigo é relacionado à história.

Se você vandalizar, o Cardeal Belarmino vai te pegar!

Cquote1.png Você quis dizer: História Cquote2.png
Google sobre aquele que foi o principal objeto de estudo sobre a origem do Homo sapiens.
Após a morte da tartaruga de Darwin, Havelange é o ser vivo mais velho ainda em atividade na terra, superando o pinheiro Pinus Longaeva, localizado em White Mountains, na Califórnia, EUA, que de acordo com especialistas foi plantado pelo próprio Havelange.

Havelange é tão velho, que há muito abandonou os médicos, passando a se consultar apenas com paleontólogos. Em uma destas visitas foi realizado um secreto teste de Carbono-14, João revelou que o Santo Sudário foi, na verdade, usado por ele para se abrigar em uma noite muito fria na Judéia, quando o Mar Morto ainda era vivo. Questionado sobre a barba e o cabelão, aquele senhor, já ancião, respondeu:

Cquote1.png [...] você sabe, as modas vão e vem e naquela época eu era um tanto rebelde e buscava afirmação entre meus pares. Cquote2.png
João Havelange

Quando estudado pela primeira vez, ainda na antiguidade, os pesquisadores sempre se questionavam sobre a qualidade dos métodos empregados naquelas pesquisas. Para eles, a blattodea era a espécie existente com o maior tempo de existência até aquela época (e ainda hoje). Então se perguntavam um homem, com estrutura mais complexa que a de uma barata (ao menos na teoria), poderia ter sobrevivido tanto tempo? Nos séculos subsequentes, as pesquisas mostraram que a teoria estava certa e que João era de fato, o exemplar de uma espécime que mais viveu na história do mundo.

João Havelange recebe o prêmio "Pessoa Velha do Milênio" das mãos de um cara muito velho, que infelizmente faleceu após a cerimônia.

Quando questionado pelo Nathaniel Butler em 1638, para uma matéria a ser veiculada no novíssimo periódico Weekly News, segundo alguns historiadores, Havelange respondeu não ter nada de mais ter séculos de existência e que qualquer um que se alimentasse de fibras regularmente durante a vida, poderia alcançar tal feito. O ex-mandatário da FIFA respondeu isso durante uma excursão que fazia pela Europa, uma das poucas que fez depois que passou a ficar com a saúde um pouco debilitada.

Presidência da FIFA (235 d.C. até 1998)[editar]

Pintura à óleo de João Havelange. Figura de 1890.

Por mais de 10 séculos, Havelange foi presidente da Federação Internacional de Futebol, cargo que ocupou até o cu dizer chega.

Como presidente da entidade, João viu o mundo mudar o negócio mudar do escambo para a troca por ouro, e depois disso, o surgimento do mercantilismo e por fim, do capitalismo.

Durante todo esse tempo, o mandotário acompanhou a primeira Copa do Mundo FIFA da história, ocorrida no Império Romano e que contou com a participação dos gregos e da seleção da Mongólia, numa época que a bola no futebol era item secundário. Na final daquela copa, João Havelange foi vaiado por por todo o Estádio Nacional Imperador César, lotado até o talo com mais de 250 pessoas. Já naquela época a população romana já sabia de escândalos de corrupção envolvendo a entidade e o presidente dela, como a compra de uma liburna com dinheiro do Estado.

No quase-fim do seu mandato a frente da entidade, Havelange ainda foi membro do COI e do COB.

Vida antes da morte (1285-2016)[editar]

No dia a dia, a vida do ex Templário era tranquila. Enquanto vivo, João buscava evitar apenas duas coisas:

  1. Viagens de navio, pois como sempre gosta de lembrar, em seus tempos de juventude o Atlântico acabava em um buraco negro e era povoado pelas "mais terríveis bestas", e
  2. Ser assoprado com força ou submetido à mudanças bruscas de clima, pois pode esfarelar e perder completamente seu valor enquanto relíquia arqueológica.

Morte[editar]

João Havelange morreu de causas naturais enquanto dormia, em algum dia de agosto de 2016. A morte, no entanto, não surpreendeu aos médicos, que sabiam que o Sr. Havelã poderia empacotar como qualquer arvore centenária, guardadas as devidas proporções, claro.

Algumas pesquisas indicam que, se Havelange vivesse mais algumas décadas, poderá também ser o mais velho entre os minerais, atingindo idade superior às mais antigas formações rochosas do planeta.