Jogos Olímpicos de Inverno

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Hill Top Winter.gif

Este artigo é GELAAAAAADO!!!

Não lute contra Camus de Aquário!

Clique aqui e veja outros artigos abaixo de 0.

Wikisplode.gif
Para aqueles sem senso de humor, os espertalhões da Wikipédia têm um artigo (pouco confiável) sobre: Jogos Olímpicos de Inverno.

Os Jogos Olímpicos de Inverno diferente dos Jogos Olímpicos de Verão, dos Jogos Olímpicos da Primavera e dos Jogos Olímpicos de Outono são aqueles disputados no frio em uma cidade previamente escolhida pelo COI quando atinge 5m de neve diários por dia. Todo mundo já ouviu falar nisso, mas ninguém nunca o viu na televisão já que nesse evento não tem nem futebol nem Fórmula 1, apesar de existirem competidores finlandeses.

Tabela de conteúdo

[editar] História

Um atleta desfilando na cerimônia de abertura.

Os Jogos de Inverno já eram praticados há milênios atrás por esquimós e jogadores de hóquei do Canadá mas tais jogos só foram considerados Olímpicos no Século XX, graças ao ímpeto empresarial do estilista francês o Barão Pierre de Cobertin.

Cobertin foi o responsável pelo lançamento durante o Atenas Fashion Week de 1896, dos jogos olímpicos, um festival de esportes organizado durante a Antiguidade Clássica por gregos pelados, sodômicos e bebedores de vinho que se reuniam de quatro (ui) em quatro anos na cidade de Olímpia.

Por exigências do mundo da moda os Jogos Olímpicos da Era Moderna ocorrem também a cada quatro anos, mas em cidades diferentes e com a participação de mulheres. E outro detalhe: ao invés de ficarem peladões os atletas interessados na disputa eram obrigados a usarem a grife de Cobertin.

Diante das dificuldades da grife Cobertin com os modelitos de inverno, o arrojado francês fez surgir no cabalístico ano de 1924 (vinte e quatro) em Chamonix, perto da audeia gaulesa de Asterix, na França, os Jogos Olímpicos de Inverno, evento ideal para o mundo fashion ostentar os lançamentos da moda inverno.

Os lançamentos de inverno de Cobertin não tiveram de início grande sucesso pois há de convir que os NINGUÉM se interessa pelos esportes esdrúxulos e impraticáveis pouco abaixo do Trópico de Câncer como patinação artística, hóquei, esqui, trenó e outros.

Mas a grife Cobertin de inverno tomou um novo fôlego quando Estados Unidos e União Soviética começaram a Guerra Fria, que só poderia ser realizada em temperaturas compatíveis com a dos jogos de inverno. Com tal advento os lucros Cobertin literalmente ovularam e sua grife arrazou vestindo os corpinhos de capitalistas sanguinários e comunistas comedores de criancinhas do mundo todo.

Com a morte de Cobertin, sua grife entrou em decadência e os jogos de verão e de inverno foram dominados pelos concorrentes Nike, Adidas, Fila, Rebook, Olympikus, etc.

Com o fim da Guerra Fria e o constante Aquecimento global, pensava-se que seria o fim dos Jogos Olímpicos de inverno, quando em uma secreta reunião na sede do comitê em South Park, ficou decidido que os jogos teriam que ser realidados de qualquer forma, mesmo que fosse dentro de uma geladeira gigante.

[editar] Atualmente

Nos dias atuais os jogos contam com o patrocínio de grandes empresas como Brastemp e Picolé Kibon, também parece ser o único evento onde os Estados Unidos não lideram o ranking de medalhas, transmitido para todos os países do mundo onde caem neve incluíndo os Estados Unidos do Sul. .


Rebolatioon é Bom Bom nas olimpíadas de inverno passando Roloon :D

[editar] Esportes

Salto em altura......
......Com um pouso perfeito.

As Olimpíadas de Inverno apresentam os esportes mais praticados em países que caem neve:

[editar] Edições

Ano Sede País Esportes Maior medalhista
1924 Chamonix Bandeira da França.png França Maior cecê, par ou ímpar na neve Flag South Korea.jpg Coreia do Sul
1928 St Moritz Bandeira da Suiça.png Suíça Contar dinheiro na neve, críquet de inverno Cannaba.jpg Cana dá
1932 Lake Placid Bandeira dos EUA.png Impérios Unidos Arremesso de gelo em distância, cheiramento de gatinhos artístico Poloniabandeira.png Polônia
1936 Garmisch-Partenkirchen Bandeira da Alemanha Nazi.png Deutschcshschland Arremesso de judeus em Câmaras de frigorífico Flag of Southern United States.png Estados Unidos do Sul
1948 St Moritz Bandeira da Suiça.png Suíça Lavagem de dinheiro na neve
1952 Oslo Bandeira da Noruega.png Noruega Corrida de loiras peladas no gelo
1956 Cortina d'Ampezzo Bandeira da Italia.png Itália Concurso de Frapaccino, Desfile de grifes caras
1960 Squaw Valley Bandeira dos EUA.png Impérios Unidos Fumar maconha,Roubar carro dos branquelos
1964 Innsbruck Bandeira da Austria.png Áustria Apanhar do Schwarzenegger
1968 Grenoble Bandeira da França.png França Ficar mais tempo sem tomar banho, dar cabeçada nos italianos
1972 Sapporo Bandeira do Japao.png Japão Sumô,Harakiri, comer com os pauzinhos
1976 Innsbruck Bandeira da Austria.png Áustria Tirar leite da vaca
1980 Lake Placid Bandeira dos EUA.png Impérios Unidos Boicotar a União Soviética, dançar Thriller
1984 Sarajevo Bandeira da República Socialista Federativa da Iugoslávia (1945-1992).png Iugoslávia Matar os croatas, matar os sérvios, matar os kosovares.
1988 Calgary Bandeira canada.png Cana dá Espancar uma morsa, espancar um esquimó, zoar a equipe de bobsled da Jamaica
1992 Albertville Bandeira da França.png França Fazer um gol no Brasil e tirá-lo da Copa do Mundo
1994 Lillehammer Bandeira da Noruega.png Noruega Segurar no saco do Papai Noel, corrida de loira gostosa pelada.
1998 Nagano Bandeira do Japao.png Japão Lutar Sumô,Kame-Hame-Há, Haduken
2002 Salt Lake Bandeira dos EUA.png Impérios Unidos Subornar membros do COI
2006 Turim Bandeira da Italia.png Itália Produzir o maior carro da FIAT
2010 Vancouver Bandeira canada.png Cana dá Tentar roubar os ouros do Canadá e o país ainda não ganhar um ouro em casa.
2014 Sóchi Bandeira da Russia.png Rússia Corrida de bebados, lançamento de Vodka

[editar] Ver também


Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas
Outras línguas