John McCain

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Aviso importante: Politicagem aqui NÃO, cazzo!
A Desciclopédia é um site de humor, logo, NINGUÉM aqui se importa com sua opinião sobre o Apagão Aéreo, o Aerolula ou a Anac. Seja engraçado e não apenas idiota.

Cquote1.png Você quis dizer: OWNADO!! Cquote2.png
Google sobre John McCain

John Sidney Magal McCain III é um ser antediluviano e ex-candidato a presidência dos Estados Unidos. Foi escolhido pelo partido republicano por possuir as qualidades necessárias para ser presidente: ser branco, de origem anglo-saxônica e protestante.

Biografia[editar]

Rá-tá-tá-tá[editar]

McCain sendo torturado pela Inquisição Espanhola

Nascido em Atlântida, em 1876, McCain pertence a uma família de milicos alcoólatras agressivos escoceses e foi criado na caserna de várias bases navais, onde aprendeu os prazeres do banho coletivo e como fazer nós complicados no convívio diário com homens másculos. Em 1958, inteligentemente alistou-se na marinha no ano exato em que começou a guerra do Vietnã. Depois dessa extraordinária demonstração de azar e mau-julgamento, McCain foi enviado para o minúsculo e ridículo país asiático e colocado na linha de frente contra o inimigo, dirigindo jetskis e atirando com duas metralhadoras AK-47 ao mesmo tempo. Na batalha de Toc-Toc, enquanto cruzava o rio Pak-Pak de pedalinho, McCain foi capturado por um grupo de esquálidos vietcongs e encarcerado em uma fortaleza construida com bambu e cocô de porco selvagem.

Os vietnamitas passaram então a torturá-lo da maneira mais vil possível. McCain foi estuprado, depilado, eletrocutado, assado, congelado, esbofeteado, babado, cagado, gozado, mijado, vomitado, esticado, esmagado, fatiado, circuncisado, maquiado, lobotomizado, escarificado, embalsamado, perfumado, evangelizado, canonizado, morto e ressucitado. Os torturadores amarelos também apresentaram o plano da Amway para ele, colocaram piercings em seus mamilos, fizeram cócegas com uma pena, acenderam rojões nos dedos do seu pé, fizeram ele ficar na fila do banco para pagar as contas, tocaram um CD da Celine Dion e aplicaram botox na sua face.

A partir de 1973, McCain foi sendo libertado aos pedacinhos. O exército e Dr. Frankenstein reconstruiram seu corpo em laboratório. Até hoje, ele não consegue levantar seus bracinhos de dinossauro acima de sua cabeça de ovo.

Senado[editar]

Foto recente de John McCain.

Em 1981, McCain recebe uma medalha do Papa e é expulso aposentado pela marinha por ter 105 anos de idade. Sem grana, ele resolve dar o golpe do baú na filha do dono da Budweiser, famosa marca de cerveja com gosto de mijo de cavalo, para a alegria de sua família de pinguços escoceses. Passa a trabalhar como provador de cachaça na fábrica de Fênix, Arizona. Concorre ao Senado em 1982, mas os jornais acusam-no de ser oportunista, frio e calculista. McCain respondeu a essas verdades irrefutáveis com a seguinte declaração:

Cquote1.png AAHHH! FILHO-DA-PUTA! OPORTUNISTA É A TUA MÃE, QUE DEU O CU PRO TEU PAI PRA PODER CRIAR UM BASTARDO COMO VOCÊ! CHUPA O MEU CARALHO! ESQUECE, OS VIETCONGS CORTARAM O MEU PINTO! Cquote2.png
John McCain respondendo de forma elegante a um ataque sobre sua posição política e filosofia de vida.

Em 1986, McCain ganha a cadeira elétrica do Senado com o apoio de vários caipiras miseráveis do sul dos EUA. No mesmo ano, ele chama o defunto Martin Luther King, Jr. de "negrão imprestável, comunista e gay". Entre 1982 e 1987, McCain esteve envolvido em um escândalo sexual onde recebeu montanhas de dinheiro de Abraham Lincoln, um agiota famoso.

Nos anos 90, McCain radicalizou e mandou todo mundo para o inferno. Com a maior cara-de-pau do mundo, disse que o congresso era corrupto e estava usando fundos do Estado para comprar gigantescas TVs de plasma. Como esse tipo de ataque não é característico do partido republicano, um partido podre até o osso, McCain ficou mais difícil de ser enquadrado politicamente. Surgiram especulações que ele tinha sido condicionado durante sua estadia nos luxuosos estabelecimentos de Hanoi, enquanto dormia mergulhado nas próprias fezes.

Em 1999, McCain lança sua autobiografia Vovô Viu A Vulva Da Vovó, em que relata a trajetória militar de sua família, e seus atos heroicos no Vietnã, onde lutou junto com Rambo, Chuck Norris e John Wayne para restaurar a democracia e fazer sexo com uma prostituta menor de idade. Até 2008, seu filho Jimmy McCain estava matando crianças no Iraque.

2001, O Ano Que Dois Aviões Fizeram Contato[editar]

A partir de 2001, a versão hippie de McCain morreu com o ataque de 11 de setembro. McCain renasceu como superultramegaconservador, apoiando Bush em qualquer merda que aquele ignorante faz ou diz. McCain apoiou o bombardeio ao buraco no deserto chamado Afeganistão e a invasão do Iraque. Assim como o retardado do Bush, ele acredita que o mundo foi criado por Deus e que Jesus e Elvis não morreram.

O resultado de toda essa puxação de saco foi um beijo na bochecha e a indicação como candidato republicano à presidência, em 2008.

Momentos Kodak de John McCain[editar]

Ver também[editar]