Johnny Klebitz

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Judeu0.jpg Cadê o moedinha?

Este artigo é judeu! Ele odeia romanos, foi escolhido por Javé e não come camarão porque é caro e anti-kosher. O autor deste artigo provavelmente é contador e deve estar cuidando da lujinha.

The-last-jedi-rey.jpg Este artigo trata de um protagonista

Ou seja, o personagem principal de alguma coisa por aí.

E você está cansado de ouvir falar dele(a).

Goku Ferido.jpg
Loser 2.JPG Johnny Klebitz já morreu!

Patrocinado pela Sadia!

Clique aqui pra ver quem te espera no inferno

Johnny pronto para comer a Ashley, mas como naquela época só fazia cu doce, inventou a desculpa que estava se lamentando pela morte de Jim.

Cquote1.png Sua intenção era pesquisar: João Kléber Cquote2.png
Google dando uma de adivinho com a pesquisa de Johnny Klebitz
Cquote1.png Filho da puta! Cquote2.png
Ray Boccino sobre Johnny Klebitz
Cquote1.png Esse filho da puta vai morrer! Cquote2.png
Fat Biker sobre Johnny
Cquote1.png Esse filho da puta matou o Jim! Cquote2.png
Johnny Klebitz sobre Ray Boccino Niko Bellic
Cquote1.png Eu sou melhor! Cquote2.png
Luis sobre Johnny
Cquote1.png Você é só uma bicha que fica comendo aquele gay! Cquote2.png
Johnny sobre Luis
Cquote1.png Esse filho da puta matou o meu antigo namorado! Cquote2.png
Tony sobre Johnny
Cquote1.png Nossa gangue é melhor! Cquote2.png
Groove Street Families sobre The Lost
Cquote1.png Eu prefiro o Luis! Cquote2.png
Qualquer um Emo
Cquote1.png Eu te amo, Johhny Klebitz! Cquote2.png
Ashley Butler sobre Johnny Klebitz
Cquote1.png Agora você está falando eu uma outra língua, caia fora! Cquote2.png
Johnny Klebitz dando um fora
Cquote1.png Corno! Cquote2.png
Trevor Philips sobre Johnny Klebitz
Cquote1.png Filho da puta! Cquote2.png
Johnny Klebitz sobre frase acima


Johnny Klebitz é atualmente o vice líder da gangue de motoqueiros The Bost Lost e também o protagonista do GTA de motoqueiros, onde é um dos protagonistas mais sem sal ganhando até do Michael da era HD do jogo e que atualmente está fazendo companhia para seus miguxos amigos motoqueiros lá embaixo.

Sua história[editar]

Johnny Klebitz nasceu em 1900 e guaraná com rolha mais 74 em Nova York Acter em uma família de judeus, quando aprendeu a contar moedinhas durante os oito anos e fazer vários rituais judeus, como o Bar Mitzvah e ao ver que seu irmão chamado Michael fazer tudo melhor que ele, além de conseguir ter mais respeitos dos pais de Johnny do que ele mesmo, Johnny desistiu de sua carreira e foi morar na rua. Crescendo em sua vida de quase mendigo, foi introduzido ao mundo das drogas, onde começou a gostar daquilo e viveu por algum tempo dependente, mas nem tanto quanto seu chefe Billy Grey.

Johnny com isso, também foi introduzido ao mundo dos roubos e seu primeiro roubo foi roubar uma motocicleta, onde conseguiu dirigir melhor que um carro e passou a amar motocicletas, até descobrir sobre os clubes de motoqueiros e no sorteio, escolheu qualquer uma delas, parando na gangue Lost M.C, onde passou vários anos com os motoqueiros em Alderney e puxando bastante o saco (ui!) do líder Billy que até chegava a dar inveja no Brian (o motivo de Brian odiar Johnny), e sucessivamente Johnny logo se tornou o vice-lider da gangue por ser um dos favoritos de Billy.

Johnny no jogo[editar]

Imediatamente, quando Billy Grey estava muito drogado e saiu da reabilitação, ele ficou irritado com Johnny por não ter sua motocicleta. Billy logo descobriu que sua motocicleta estava com os Angels of Death e como não tinha nada o que fazer, mandou um foda-se para a trégua que fez com a gangue rival quando estava seriamente drogado e nisso acabou em uma matança dos motoqueiros. Billy Grey comemorou e logo tomou noku cerveja na sede da gangue The Lost M.C depois de ser libertado do manicômio. Apesar de ele ser visitado por um advogado filho da puta, que era ex-membro da gangue chamado Dave Grossman. Quando Johnny e Billy começaram a começar concordar com o ponto um do outro de vista, Grey recebeu uma mensagem de texto de um membro figurante da gangue, informando de alguns membros da Lost M.C estavam sendo atacados (ui!) por alguns membros do Angels of Death. Depois de resgatar os membros atacados da Lost M.C, Billy Grey foi informado da morte de Jason Michaels, que foi morto por um europeu ocidental.

Logo depois disso, Billy deu a bunda uma de filho da puta e culpou os Angels of Death pela sua morte, sendo que outros membros da The Lost M.C acharam que era um assassino polonês ou sérvio. Durante o ataque a sede dos Angels of Death, Grey encontrou duas mochilas cheias de heroína, no qual era de uns chineses, e planejava roubar e vendê-las. Billy mais tarde chamou Klebitz e disse-lhe para falar com Elizabeta Torres, que tinha encontrado um comprador para a heroína roubada.

Elizabeta Torres informou Klebitz sobre o acordo e enviou Niko Bellic e Playboy X para acompanhá-lo. O comprador na verdade era um policial disfarçado que trabalhava pra LCPD. Depois de alguma confusão, Klebitz escapou com a heroína, enquanto Niko e Playboy fugiram de mãos vazias.Billy então chamado Klebitz novamente e disse a ele para se encontrar com o deputado filho da puta Thomas Stubbs III para ajudá-lo com umas missões. A gangue The Lost M.C descobriram mais tarde que a heroína que eles roubaram dos Angels of Death originalmente pertencia a gangue chinesa Triads.

Brian Jeremy e Billy Grey pensaram deveriam manter a heroína, mas Johnny Klebitz e Jim Fitzgerald convenceram o grupo a se livrar dela. Os quatro foram fazer uns negócios da China, mas apenas Klebitz e Fitzgerald entraram para falar com os Triads, que imediatamente atacaram e roubaram a heroína.

Como Johnny e Jim escaparam em um telhado, eles viram Billy bater sua moto. Ele foi então cercado por policiais da LCPD, irritado e gritando que tinha Klebitz era um filho da puta, viado e que tinha armado para ele. Isso acabou por dividir a gangue The Lost M.C em duas facções, sendo que uma era liderada por Johnny Klebitz e a outra por Brian Jeremy. Jim Fitzgerald introduziu mais tarde Johnny Klebitz para Malc e DeSean da gangue Uptown Riders. Mais uma vez, Johnny falou com Elizabeta Torres e ela disse que ela precisava de um trabalho feito, ele o emparelhamento com o seu novo aliados Malc e DeSean. Fitzgerald introduziu mais tarde Johnny Klebitz para Ray Boccino, um capo da Família Pegorino, que mostrou para Johnny Klebitz a casa de Brian Jeremy), o que resultou em Johnny matando o Brian.

Parte final em TLAD[editar]

Depois disso, Ray Boccino mandou Johnny tomar noku pegar alguns diamantes de Evan Moss, no qual era o namorado de Gay Tony em um navio em East Hook. Ashley Butler tinha comprado muita maconha dos russos da gangue de Dimitri Rascalov e tinha muitas dívidas com Dimitri Rascalov. Como pagamento, os homens de Dimitri exigiram que Johnny Klebitz raptasse Roman Bellic para ele. Mais tarde, Ray Boccino manda Klebitz acompanhar Niko Bellic a um negócio de diamantes com a máfia judaica. Klebitz, no entanto, fugiu com o dinheiro depois de Luis Lopez emboscaram o negócio e atirar em uns judeus.

Depois de Ray Boccino ter ficado muito puto ao não ter os seus diamantes, sequestrou Jim Fitzgerald e junto com um membro da Pegorino Family, começou a colocar uma coisa quente pra colocar na cara de Jim no porão do restaurante de Ray Boccino, para tentar obter o seu dinheiro de volta, até que Johnny Klebitz apareceu para resgatar Jim. Os dois mais tarde escaparam e Johnny é chamado por Ashley Butler para conhecê-la na sede do clube.

Ela também revelou que Jim Fitzgerald foi morto por um dos assassinos do Boccino. Após Jim ser morto, Thomas Stubbs III encontrou-se com Johnny na sede do clube, e informou-lhe Billy Grey ia tentar matar Johnny Klebitz, a fim de ser libertado da prisão. Johnny usou todos os membros restantes da gangue pra invadir a prisão Alderney State Correctional Facility, para Klebitz pessoalmente para silenciar (leia-se: matar) Billy. Depois de escapar da prisão, Klebitz e os restantes membros da gangue The Lost M.C descobriram que o seu clube tinha sido destruída por alguns membros da gangue Pegorino Family e alguns capangas de Ray Boccino. Johnny ordenou o resto da gangue queimasse a sede, e os membros restantes da The Lost M.C (Johnny, Terry, Clay e Angus) ver o clube queimar.

Sua morte[editar]

Johnny volta no jogo Grand Theft Auto V nas primeiras missões de Trevor Philips e depois de descobrir que a namorada de Johnny traiu ele com Trevor, Johnny foi a casa de Trevor mandar ele tomar noku mais de 8000 vezes, mas quando ele chegou na 8343ª vez, Trevor (finalmente) se irrita e pega uma garrafa de vidro do chão, acerta Johnny várias vezes na cara e começa a pisotear nele tentando revidar todas as semvergonhices que falou para Trevor, virando presunto defumado naquele clima quente de Blaine County e a Ashley, mostrando que fez uma puta de uma cagada, fica chorando ao lado de Johnny, no qual Trevor se irrita e mata o resto da gangue Lost M.C.

Porque Johnny se acha é melhor que Luis[editar]

Johnny e sua gangue pronta para matar emos.
Johnny Klebitz Luis Lopez
Jogo onde mata milhares de figurantes. Jogo onde tem dança e homossexualismo.
Pega a Ashley. Pega o Tony.
Tem uma moto foda Dirige o ônibus da Barbie feito pelo Tony
É macho. Não é gay, mas é favor de Yaoi.
Possui dois (três) amigos machos. Possui dois amigos machos e um gay.
É amigo de Niko Bellic E inimigo de Niko Bellic
Comete muitos crimes. Comete poucos crimes.
Quem joga o jogo dele é macho. Quem joga o jogo dele é bissexual.
Tem muitos rivais. Tem poucos.

Quem odeia ele[editar]

Johnny e Billy pronto para matar os emos dos Angels of Death.

Pessoas que Johnny já matou[editar]

  • Ed McCornish - Porque o Jim mandou.
  • Jimmy Matthews - Porque o Jim mandou.
  • Arthur Stubbs - Porque o Thomas mandou.
  • Brian Jeremy - Porque ele é um puta traíra.
  • Evan Moss - Porque ele queria levar os diamantes.
  • Billy Grey - Porque ele é um puta traíra.

Ver Também[editar]