Jontex Júnior

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Esta página se adequa à Nova Política de Conteúdo Sexual.
Conteúdo impróprio para menores de 18 anos! Tirem as crianças da sala! Este artigo tem conteúdo impróprio para menores!
Este artigo pode conter pornografia pesada ou leve. De preferência, leia-o de olhos fechados...

Se ele estiver cometendo uma infração à Política de Conteúdo Sexual, por favor, reporte à moderação.


Jaspion metaltex.jpg

Made in Japan
Este é um artigo com tecnologia do sol nascente né.
Descendente de Samurai e Kamikaze nas horas vagas.


Este garotinho NÃO usou nossos preservativos especiais.

Cquote1.png Você quis dizer: Camisinha extra P? Cquote2.png
Google sobre Jontex Júnior
Cquote1.png Oba!!! Finalmente! Cquote2.png
Você sobre criação da Jontex Júnior
Cquote1.png Jontex Júnior revolucionou o meu relacionamento! Toda aquela borracha que sobrava me incomodava bastante durante a penetração. Cquote2.png
Depoimento da sua namorada sobre o papel de Jontex Júnior no seu relacionamento.
Cquote1.png Nunca antef na hiftória deffe paíf um governo promoveu tantaf afões de inclufão fofial! Cquote2.png
Lula sobre o apoio do governo à criação da Jontex Júnior
Cquote1.png Éu que fiz! Cquote2.png
Paulo Maluf sobre Jontex Júnior
Cquote1.png Você traiu o movimento do pau pequeno, véi! Cquote2.png
Dado Dolabela sobre Jontex Júnior
Cquote1.png HAHAHAHAHHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA! Cquote2.png
Atendente da farmácia sobre Você pedindo uma Jontex Júnior
Cquote1.png É uma camisinha especial para quem tem o pinto pequeno. Cquote2.png
Capitão Óbvio sobre Jontex Júnior
Cquote1.png Alongue seu pênis em 8 centímetros! Cquote2.png
Spam sobre o que aparece quando você pesquisa Jontex Júnior no Google.
Cquote1.png Amor, pega a pinça! Cquote2.png
Você pedindo ajuda para colocar a Jontex Júnior

Jontex Pacu, importante produto da Jontex Júnior.

Cquote1.png Isto non ecziste! Mas eu preciso de uma dessas... Cquote2.png
Padre Quevedo sobre Jontex Júnior
Cquote1.png Na União Soviética, Jontex Júnior usa VOCÊ!!! Cquote2.png
Reversal Russa sobre Jontex Júnior
Cquote1.png Na Holanda, Jontex Júnior se usa sozinho, não precisa de VOCÊ!! Cquote2.png
Reversal Holandesa sobre Jontex Júnior

A Jontex Júnior configura-se como uma enorme iniciativa de inclusão social promovida por capital privado, nunca vista antes na história desse mundo. A princípio, é apenas um preservativo em tamanho bem menor que a média. Contudo, configura-se em um imponente mecanismo de inclusão para quem sofre para incluir na namorada. O produto atende às necessidades das classes menos favorecidas penianamente, e, também, garante uma iniciação sexual adequada às crianças, naquelas brincadeiras sadias com o seu primo.

História[editar]

Cquote1.png O Japão não possui camisinhas de um tamanho JAPONÊS. Vá ao escritório da Jontex mais próximo para checar o tamanho de seu amiguinho, e projetar algo que possamos usar. Cquote2.png
Cartaz idealizado por Noku, utilizado no Japão

Tudo começou em uma bela manhã japonesa no Japão em 1889. Após Godzilla ter tentado inutilmente destruir Tóquio outra vez, e os Super Sentai terem salvo tudo mais uma vez, a vida corria normalmente.

O senhor Tomaro Noku, juntamente com o Tomaro Naxana,diretores locais das operações das camisinhas Jontex no Japão, a qual instalaram uma fábrica lá em pouco tempo, haviam marcado um encontro naquele mesmo dia com uma moça de família, a fim de tirar o seu atraso (deles, não o teu!). Então, eles prosseguiram à linha de produção e pegaram dois pacotinhos de Jontex Nippon-Fish. O dia então, prosseguiu sem maiores problemas, tirando um ataque de meteoros que foi evitado após uma batalha de proporções épicas.

Então, no final do dia, eles foram ao posto de gasolina mais próximo, compraram amendoim, catuaba, ginseng, Red Bull e Viagra, e engoliram tudo de uma vez, para aguentar a noite toda. Porém, na hora da alegria, Sr. Noku e SR. Naxana perceberam que as camisinhas tamanho P, as únicas disponíveis para o mercado japonês, eram demasiado grandes para o tamanho de suas torneirinhas nipônicas.

Sr. Noku, um sujeito pão-duro, ficou puto da cara, já que perdeu uma boa grana na meretriz e nos preparativos.

Mas depois de toda essa enrolação, uma grande ideia surgiu em sua cabeça: se ele mesmo não conseguia usar o menor modelo disponível no mercado, e seu membro estava nas proporções em média de toda população japonesa, porquê não lançar um outro modelo, menor ainda que todos já feitos? Animado, Noku resolveu colocar seu plano em ação. Estudou primeiramente os tamanhos das torneiras de diversas raças de cães, a fim de definir comprimento e largura exatos, além de pequenas variações. Desde perigosos poodles miniatura até inofensivos pitbulls adultos, ele comparou as medidas e proporções com o seu próprio membro. Depois de muitos dedos arrancados, conseguiu estabelecer uma média entre os cachorros. Inacreditavelmente, o tamanho médio dos pintos dos cães eram o dobro do seu!

Propaganda de entrada (ui!) da Jontex Júnior no mercado brasileiro

Noku se tocou que o plano ia ser ainda mais difícil do que ele imaginava. Sua única saída para poder executar seu plano e ficar bilionário era, como deveria estar bem explicado nas Leis de Murphy, a mais gay possível: teria que medir o pênis de grande parte da população japonesa. Anunciou em um cartaz, nos principais jornais de circulação do Japão, que ele estava desenvolvendo um produto que suprisse perfeitamente a necessidade de todos homens da nação. Os japoneses todos se interessaram, pois agora podiam transar se ficar socando mais 69666 milhões de pessoas por mês naquela porra de nação minúscula. Em seu escritório, mediu os pênis de mais da metade da população masculina do Japão, e conseguiu arranjar os números e proporções desejados. Era o início de seu império! Mas por pouco tempo, já que não demorou nem uma semana para a Olla e a Blowtex plagiarem completamente sua ideia.

A criação da Jontex Júnior chamou a atenção das autoridades em vários países. Os resultados obtidos, no que tange à auto-estima das pessoas, causaram um impacto social determinante. No Brasil, não poderia ser diferente. O presidente Lula, através de sua Ministra para Assuntos Sexuais, resolveu criar um plano nacional de incentivo ao uso de camisinha pelos jovens recém iniciantes nas artes sexuais, e que se sentiam abandonados pelas políticas públicas relativas ao sexo. Então, o governo criou o Programa Punheta Zero, a fim de incrementar a atividade sexual real da juventude brasileira. Um dos elementos que fazem parte desse projeto, além de outras medidas que visam diminuir o índice de gravidez das cerâmicas de banheiro, é a distribuição massiva de Jontex Júnior, o que torna aquela brincadeirinha de médico do seu sobrinho de nove anos muito mais segura. Pesquisas comprovam que a iniciativa incrementou o aproveitamento escolar em 800%, visto que a relação sexual, mesmo que alternativa, ocupa bem menos tempo do jovem do que as outras atividades de cunho sexual.

Esse produto não foi feito pra ele.

Variações[editar]

Como toda camisinha, a Jontex Júnior também possui uma gama de opções para abranger seus usuários e usuárias, para dar o máximo de eficiência e prazer que puder.

  • Bala Soft: Apreciada por usuários que desejam um sentimento de nostalgia, com inúmeras combinações como roxo com gosto de amarelo, ou verde com gosto de azul. A empresa já ordenou 42 recalls deste sabor em específico por conta de problemas específicos com entupimentos e perda do preservativo (a camisinha entrava junto, mas não saía).
  • Pepino e Cenoura: Parte da nova política da empresa em introduzir motivos alimentares saudáveis para os usuários de colégios, resolveram criar uma linha educativa baseada em legumes. Cada pacotinho inclui um preservativo aleatório, laranja ou verde. De acordo com uma especialista na área:

Cquote1.png As pessoas-oas precisam saber-aber que os legumes-umes contribuem-buem na na formação-ção dos nossos adolescentes-entes, e podem também-bem ajudar na formação-ação de mais cidadãos-ãos. Cquote2.png
Ruth Lemos

Houve dois processos no PROCON de Taubaté por conta de duas usuárias terem mordido o passarinho de seus usuários após terem jogado sal e comido o dito cujo por terem confundido com um verdadeiro pepino.

  • Pirulito de Morango: o primeiro sabor lançado, é o carro-chefe da marca. Por ser o doce favorito chupado das meninas dos colégios brasileiros, e por ser bem parecido com o Juninho, a empresa relacionou os dois e resolveu criar um preservativo vermelho, com o aroma dos pirulitos à venda nas banquinhas, farmácias e supermercados.

Com o tempo, o produto passou a ser referenciado por recadinhos entre as meninas e meninos, por outros nomes, como moranguinho, morango no palito, palitinho, batom vermelho, sorvete de morango, picolé de morango, entre outros. É comum se ouvir na sala falas do tipo:

Cquote1.png Amiga, o Anônimo me convidou para tomar um picolé com ele Cquote2.png
Guria retardada
Cquote1.png Que tudo! Ontem chupei três pirulitos, no terceiro não aguentava mais! Cquote2.png
Amiga

Variedade Bala Soft, tamanho Grande
  • Jaboticaba: Criada para afro-descendentes, mas que não conseguiram herdar dos ancestrais de Motumbo a torneirinha avantajada. O seu aroma remete à fruta, que, assim como o usuário, possui uma coisinha preta, e recheio branco.
  • Rapadura: Criado especialmente para o mercado nordestino, feito da cana-de-açucar. Os engenheiros da empresa constataram também que os altos índices de natalidade lá ocorriam porque os pais de família, quando chegavam em casa após um dia na roça, e não tinham nada melhor para fazer (mais precisamente por falta de energia elétrica), iam brincar com suas esposas. Como os preservativos de lá eram muito maiores para a média populacional, lançaram esta versão especial para lá. Segundo o refugiado paraguaio, e atual operador de produção da unidade de Sergipe, Ghe Chevara:

Cquote1.png Hay que endurecer sin perder la doçura! Cquote2.png
Ghe Chevara

Jontex Júnior sabor Mini Trakinas
  • Trakinas: Sucesso em mais de 700 países, as variedades do biscoito foram também importadas para os preservativos. A variante que faz mais sucesso é a Meio-a-Meio Chocolate/Chocolate Branco. Ela vem com aroma de chocolate, e cor de chocolate. A questão do chocolate branco é dependente pura e exclusivamente do usuário.
  • Churros: Após inúmeros pedidos realizados em 1997 por fãs do seriado Chaves, a empresa decidiu criar mais uma variante de seu produto. Com aroma lembrando canela e chocolate, o usuário pode também optar por adicionar requeijão à camisinha.
  • Chernobyl: Como Doutor Roberto possui uma equipe que auxilia na patrulha e limpeza de Pripyat, Chernobyl e arredores, na Ucrânia, ele possui no quintal de casa muito lixo tóxico, e resolveu aproveitá-lo na confecção das primeiras camisinhas de tamanho japonês que brilham no escuro, trazendo mais entretenimento para os lares japoneses e dos colegiais do nosso país.
  • Pudim de pinga: Juntando o útil com o agradável, resolveram incorporar o princípio ativo deste delicioso alimento nas Jontex Júnior. Segundo pesquisas recentes encomendadas pela empresa, obtiveram-se os seguintes resultados:
    • 78% dos entrevistados disseram que o produto fez com que as utilizadoras, após 20 minutos de uso, ficassem completamente embriagadas, não se dando conta do que faziam, o que levou a uma aprovação ainda maior dos homens usuários.
    • 37% dos entrevistados afirmaram que o princípio ativo proveniente do pudim fez com que as usuárias quisessem se deleitar com o momento por mais de 27 horas por dia.
    • 17% dos entrevistados disseram que não puderam testar, pois broxaram na hora. Porém, aguardam avidamente por uma segunda oportunidade.
  • Sucrilhos: Para evitar de machucar as moças de família usuárias do produto, resolveram colocar ao redor do preservativo inúmeros flocos de Sucrilhos feitos de látex. Além de causar um efeito desejável para as moças, o leite ficava por conta dos rapazes.
Feliz consumidor dos Preservativos Jontex Júnior de Trakinas
  • Bacalhau: O sabor bacalhau foi muito comprado por gordos, que não conhecem a cabeça de seu pau, assim como ninguém conhece a desse peixe salgado. Faz sucesso em Portugal e na Noruega, por não recolherem imposto de importação. Esses dois países aproveitam para lucrar exportando a camisinha, inclusive para o Brasil, onde vascaínos e torcedores da Portuguesa de Desportos compram, além de fãs de black metal.
  • Pacu: Esta é uma versão especial, em tiragem limitada, que dispensa maiores apresentações (o nome diz tudo).
  • Xuxa: Criado especialmente para crianças pobres que estudam em escolas públicas, que nem pêlo no saco têm, mas já perdem a virgindade antes dos 9 anos, seja na força ou normalmente.
  • Batom: Evita que o pinto fique vermelho, depois de tanto boquete com batom que sua mãe fez em mim.
  • Diamante Negro: é o preferido de muita gente. Escurinho, quando você põe na boca e sente ele derretendo não há sensação melhor. Apesar de pequeno, contém muitas calorias, o que evita que se "use" demasiadamente o produto.
  • Gaúcha: essa linha foi criada especialmente pros Estados Unidos do Sul, e mesmo sendo trileguaça, tchê, foi extinta rapidamente devido às vendas quase nulas.
Propaganda que recebeu o Prêmio Jontex Júnior de Marketing & Propaganda de 2008.

Prêmio Jontex Júnior[editar]

Criado em 30 de Fevereiro de 1950, pelo então presidente da Jontex Júnior, Tomaru Noku, o Prêmio Jontex Júnior é destinado às mais brilhantes (ou não) talentos e destaques nas mais diversas áreas das ciências humanas e exatas e jurídicas.

A declaração de instituição da premiação, feita pelo presidente da Jontex Júnior, segue abaixo:

Cquote1.png Esta é a época em que a inovação e o dinheiro a tecnologia são cruciais para o desenvolvimento. E a Jontex Júnior é a prova de que pequenas empresas podem ser grandes negócios. A fim de encorajar a pesquisa científica e a entrada nos fundos de fundos para o desenvolvimento das tecnologias que impulsionarão o desenvolvimento, a Jontex Júnior dá lançamento ao Prêmio Jontex Júnior, que será responsável por laurear as mentes brilhantes presentes neste mundo. Cquote2.png

Tomaru Noku foi ovado ovacionado por cinco minutos, mulheres removiam as lágrimas dos olhos e os cãezinhos balançavam o rabo de felicidade. Um marco na história da Jontex Júnior estava lançado ou não.

De acordo com as diretrizes constitucionais, o Prêmio Jontex Júnior é dividido nas seguintes áreas:

Ciências Exatas[editar]

  • Biologia: incorpora estudos sobre as formas de reprodução de diferentes animais (como os caracóis de jardim - estudos utilizados a fim de encontrar uma cura para a ejaculação precoce), técnicas de fertilização e outras linhas de pesquisa relacionadas ao sexo;
  • Matemática: trabalha em conjunto com as duas áreas supracitadas, onde inclui trabalhos de estatística e utilização de Cálculo para melhoramentos nos produtos da empresa;

Ciências Humanas[editar]

  • Filosofia: engloba a utilização do pensamento humano e da moral do ponto de vista sexual, levando em conta as sociedades às quais o produto final é destinado. Possui vasta aplicação em absolutamente nada;
Garoto-propaganda da Jontex Júnior no Japão, idealizado por Sílvio Santos em 1914.
  • Direito: executa a ação sexual e decide a preocupação de ligar para onde o caso esta sendo condiuzido para que o promotor de justiça introduza a lei da maneira correta

Diversos[editar]

O Prêmio é distribuido todos os anos anualmente na sede da Jontex Júnior, localizada na cidade japonesa de Fujiro Nakombi, a cerca de 25 km da capital da província de Matsumoto, que é a cidade de Xixinomuro. Desde a criação da instituição de premiação, nunca a mesma foi queimada interrompida um ano sequer, mostrando o comprometimento da Jontex Júnior (ou os lucros que a premiação traz).

Embora inicialmente tivesse pouca credibilidade por ser uma premiação pequena (sem referências), mas atualmente é um prêmio muito conceituado, chegando a ultrapassar o Grammy, o Ig-Nobel, a Framboesa de Ouro e o Mundial de Pilotos da FIA no quesito status.

Vídeos[editar]

Ver também[editar]

Diamante.gif O Desafio dos Artigos da Desciclopédia Diamante.gif
Edições: 1 - 2 - 3