José Boiteux (Santa Catarina)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Luís Henrique da Silveira.jpg Se quésh quésh, se non quésh, dish!

Este artigo é catarinense! Já entrou em coma alcoólico na Oktoberfest, sabe o que é boi-de-mamão, tem um poster do Guga e pensa que é alemão!

Venha para o lado barriga-verde da força você também!

Cquote1.png Fui eu quem ajudou a fundar essa cidade no meio do nada. Cquote2.png
José Arthur Boiteux sobre José Boiteux

Olhe a grande cidade de José Boiteux!

José Boiteux é um município brasileiro do Estado de Santa Catarina, que dizem que um dos fundadores dessa cidade, era um nerd que não tinha mais nada o que fazer em sua vida.

A sua breve história

A colonização da região começou em 1920, com descendentes de alemães gordos trazidos de Rio do Sul. Habitada pelos índios xokleng, kaingang, xoxotinhas e guarani, foi palco de vários conflitos por terras entre os colonos alemães e os indígenas, que acabaram sendo mandados para reservas indígenas afastadas na base na marra.

Hoje, os índios são 12,3% da população do município, após a grande chachina que quase matou a todos. Os descendentes de europeus são 77,0%, pois é o que mais se reproduzem naquela cidade.

A sua economia

A agricultura, com destaque para o fumo e a maconha, movimenta a economia do município de José Boiteux. Anualmente, colhe-se 3.000.000kg de fumo em folha, tipo exportação, numa atividade que garante o emprego de 70% da população economicamente ativa e sendo responsavei por mais de 80% dos cidadão Catarinenses mortos pelos cancer de pulmão, pneumomia... entre outras doenças causados pelo seu fumo que faz parte da economia naquela cidade.