José Carlos Lippi

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Rioband.jpg Coé, merhmão, eshte arhtchigo eh CARIOCA!

Não vandalize, senão a chapa vai ficarh quentche, cara. Agora deixa eu irh na praia pegarh um bronze nesse sol de 50 graush, comendo unsh bishcoitosh.

Cquote1.png Sou obrigado a falar que essa Desciclopédia tá uma porra... Cquote2.png

Cquote1.png Está uma porra. Cquote2.png
José Carlos Lippi sobre qualquer coisa
Cquote1.png Dá pra virar essa... porcaria pra cá!? Cquote2.png
José Carlos Lippi sobre câmera do programa do qual ele participou

José Carlos Lippi é um filosofo contemporâneo dos esportes da República Futebolística do BRASIL-SIL-SIL. Ele lançou vários livros falando sobre o assunto filosófico e mental do futebol porém ficou conhecido com um discurso emocionante que inspirou a geração intelectual e estudiosa brasileira em 2016, que ficou conhecido como: "Esse programa tá uma porra".

Antes do sucesso[editar]

Sua vida antes do sucesso tava uma porra. Carlos Lippi sempre ficava triste vendo a fama que Jailson Mendes e Chico Bioca tinham na internet e ele queria essa fama também. Porém, Lippi não tinha ideia do que fazer para criar um novo meme na internet que lhe desse a fama desejada. Ele já tentou falar de cu e buceta no Facebook, mas não deu certo. Em seguida, Lippi comeu uma puta e postou no YouTube, mas como a maioria do público atualmente é fresca, não fez tanto sucesso como o vídeo do Pai de Família fez e foi até removido. Vai ver o povo só gosta de ver vídeo de dois machos se comendo e não de uma relação heterossexual.

Carlos Lippi ficou triste, pois além de não ter ficado famoso, ele gastou 200 reais só com aquela puta. Carlos Lippi decidiu virar comentarista de futebol e passou a frequentar vários programas de televisão que só falam de futebol. Até que em um desses programas, Carlos Lippi mal poderia imaginar que um de seus comentários o fariam um dos memes mais engraçados da internet (ou não).

O meme[editar]

Como já foi dito, sua fama veio quando ele fez um comentário besta qualquer, o que faz do meme uma coisa bem forçada. Tudo que Carlos Lippi disse foi simplesmente que "Esse programa tá uma porra"; sim, foi só isso que lhe rendeu seu lugar de direito entre os maiores idiotas brasileiros de todos os tempos. Tudo começou quando Carlos Lippi foi convidado pra um programa vagabundo qualquer cujo nome não posso revelar por motivos de força maior. Nesse programa todos os convidados tiveram a oportunidade de fazer seus comentários, mas Carlos Lippi não teve (e isso o deixou muito puto), então ele foi obrigado a falar que o programa tava uma porra mesmo.

Depois de fazer seu comentário, Carlos Lippi sai dessa merda de programa dizendo que não precisa de apenas um minuto pra falar e sim de mais de 8 mil 20 minutos pelo menos, mas ninguém deixava ele comentar naquele caralho de programa. Como sempre tem algum vagabundo que não tem nada melhor pra fazer (como no caso "senta lá, Cláudia"), alguém pegou SÓ ESSA PARTE do programa e postou no YouTube, e desde então a fama desse humilde comentarista foi repentina. Depois disso, o "Tá uma porra" ganhou várias versões, remix e até raps dedicados a essa leseira obra de arte.

Vídeos[editar]

Sou obrigado a falar....

Sou obrigado a falar que esse remix...

Mais uma vez, sou obrigado a falar...

Uma entrevista com Carlos Lippi

Ver também[editar]