Juliano Apóstata

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Romanopre.jpg
ROMANI ITE DOMVM!!!


HÆC ARTICVLVS ROMANVM EST. LATIM LOQVÆBITVR. NON INTERLEGIT? HVMORIS PRIVATVS NON EST. MVITISSIMVS ENGRAÇATVS!!! SED ROLA MEAM VADE MAMARE! VADE FŒDERE CVM PORRIBVS NOSTRVM.

Spqrpre.jpg
Juliano, barbudo, apóstata e pagão. Uma influência diabólica nas mentes de nossas criancinhas. O que estaria pensando o imperador enquanto fazia essa pose de "I have a dream"?

Cquote1.png Perdeu otário! Jesuis domina! Cquote2.png
Jesus Cristo sobre Juliano Apóstata
Cquote1.png E Juliano perdeu para os persas devido ao seu vìcio em apostas... Cquote2.png
Professor de história sobre Juliano Apóstata
Cquote1.png #%&*%$*! Você venceu seu galileu de *#$%%¨$&!!! Eu te pego na esquina! Cquote2.png
Juliano sobre Jesus Cristo

Juliano Apóstata foi o último imperador pagão do Império Romano. Ele ficou conhecido como o "Apóstata", que apesar do que a maioria pensa não que dizer "Alguém que aposta muito" e sim "Alguém que abandona sua religião".

[editar] Infância

Sendo parente de Constantino, o Grande Juliano fazia parte da família imperial, não sendo o herdeiro possuia tempo de sobra para estudar e ver televisão, o pequeno Juliano cresceu vendo reprises do desenho Cavaleiros do Zodíaco, que foram o motivo inicial que voltasse suas costas para sua religião de criação, o cristianismo.

Vendo os efeitos deletérios que o anime causava em seu sobrinho, Constantino proibiu que Juliano continuasse acompanhando os episódios diários do desenho. Juliano por sua vez, devido ao constante estudo de filosofia grega aliado ao excesso de televisão, conseguiu contrabandear uma série de fitas da Top-Tape com todos os episódios da temporada.

[editar] Reinado

Após todas aquelas intrigas palacianas que levam um parente obscuro e ignorado até o último momento, Juliano, contra todas as apostas foi elevado ao trono. Juliano imediatamente proclamou o paganismo greco-romano de volta ao TOP 30 das baladas romanas, iniciando a restauração dos templos destruídos e fundando templos novos. Um belo exemplo é a restauração do Templo de Minerva do Cabelo Púrpura de Constantinopla. Juliano também tomou medidas antijudaico-cristãs, tais como perseguir bispos que não declarassem bens ao tesouro, rabinos com mãos lépidas, igrejas que prometiam desencapetamento na hora, sem revelação e sem oferecer nota fiscal e igrejas com sacerdotes metidos em escândalos indecorosos. Juliano era um imperador filósofo possuidor de uma care-free attitude, adepto do Laissez-faire - laissez passer, portanto um tanto descuidado com sua aparência, tinha a famosa barda desgrenhada de filósofo e era constante alvo de crítica por parte dos cristãos por isso, ao qual ele respondia:

Cquote1.png O seu Cristo era tão barbudo quanto eu! Vão à merda! O roto falando do rasgado! Olhem para seus próprios rabos! Cquote2.png
Juliano sobre críticas a sua barba

Tais conflitos verbais entre imperador e sudítos não auxiliavam em reduzir a tensão religiosa no império.

[editar] Morte

Os cristãos não ficaram muito felizes durante o reinado de Juliano. Nem o chefe deles.

Juliano teve um reinado muito curto. Durante campanha contra os persas ele foi vítima de um dardo envenenado morrendo horas depois. Os cristãos disseram que não foram eles, os persas também disseram que não foram, no final o prefeito da guarda pretoriana acabou mandando crucificar o majordomus de Juliano sob a alegação de que o majordomus é sempre o culpado nessas horas.

A população cristã respirou aliviada por poder novamente praticar sua religião em paz e não ter de assistir todo o dia reprises de Saint Seiya obrigada por lei. Após a morte de Juliano o sucesso da série e o paganismo foram para o ralo, a população tinha mais gosto pelos desenhos da Hanna-Barbera e Nickelodeon e assistir missa de domingo.


Precedido por
Constâncio II
Mininero.jpg
Imperador Romano

361 - 363
Sucedido por
Joviano

Romanpre1000.jpg
Imperadores Romanos

Júlio-Claudianos
Otávio AugustoTibérioCalígulaCláudioNero

Guerra Civil e Flávios
GalbaÓtonVitélioVespasianoTitoDomiciano

Antoninos
NervaTrajanoAdrianoAntonino PioMarco AurélioCômodo

Severos
PertinaxDídio JulianoSétimo SeveroCaracalaMacrinoHeliogábaloAlexandre Severo

Zorra Total ou Quem der mais leva
Maximino TrácioGordianos (I, II e III)Filipe ÁrabeDécioTreboniano GaloValerianoGalienoCláudio II GóticoAurelianoProboCaroCarino

Tetrarquia e Constaninianos ou Agora somos cristãos, Amém!
DioclecianoConstantino MagnoConstantino IIConstanteMagnêncioConstâncio IIJuliano ApóstataJoviano

Valentinianos e Teodosianos ou Corra que os bárbaros vêm ai
Valentiniano IValenteValentiniano IITeodósio MagnoHonórioConstantino IIIValentiniano IIIPetrônio MáximoÁvitoMajorianoLíbio SeveroAntêmioOlíbrioGlicérioJúlio NeposRômulo Augustulo

Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas
Outras línguas