Kageyama

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Mr. M.jpg Hocus Pocus!

Este artigo se trata de charlatanismo magia, encantos e todo tipo de macumba. Ele serra pessoas ao meio, tira coelho de cartola, faz vodu e adora uma varinha mágica. Se vandalizar, Mestre dos Magos fará você desaparecer.

Kageyama Nara

Shika25353.jpg

Classe Mágica Mago Lacaio Raso
Eisenwald
Idade Figurante não nasce, aparece
Apelido Shikamaru Nara
Abacaxi Inútil
Mestre Erigor
Parceiros Erigor e um monte de figurante
Tipo de magia Kage Mane no Jutsu
Técnica(s) Perder lutas
Perfil
Roupa Camisa da Yakuza comprada na Renner
Família Hiro Mashima não criou nenhum parente pra ele
Sonho Que alguém se lembre dele
Frase Favorita Cquote1.png Desculpa... Cquote2.png


Kageyama Nara é um daqueles magos quarternários de Fairy Tail, criados apenas para fazer número nas guildas. Faz parte da Eisenwald, e é o segundo membro mais forte da guilda, o que não é lá grande mérito, considerando que todos os outros membros são completamente inúteis e dispensáveis, e quem acaba tendo que fazer tudo sozinho é o Erigor.

Fanfic (porque história mesmo ele não tem)[editar]

Nasceu em um lugar mágico perdido no espaço-tempo, onde as flores nascem e brilham sob a lur do luar. Tá, isso foi forçado demais. Admito que não faço nem ideia de onde o idiota do Kageyama nasceu, mas isso não é importante. Se nem o Hiro Mashima, o cara que escreveu o mangá sabe, porque eu iria saber? Enfim, continuemos o artigo.

Kageyama esperando a punição de Erigor, por ter falhado na única missão que recebeu na vida.

Na infância, diferenciava-se dos outros catarrentos por demonstrar habilidade com jutsus, ou melhor, magias de manipulação das sombras. Porém, por não possuir experiência, Kageyama não conseguia controlar muito bem suas habilidades, e sempre acabava matando alguma velhinha aleatória que estava passeando com o pinscher de estimação no parque. Após matar acidentalmente e enterrar também acidentalmente mais ou menos 500 velhas, Kageyama chamou a atenção de Erigor, um maluco psicopata fã de filmes de terror que estava pensando em abrir uma guilda, para juntar o útil ao agradável e ganhar uma graninha ao mesmo tempo em que praticava seu hobby, de matar, estrangular, decapitar e estuprar (nessa ordem) as pessoas inúteis que encontrava em seu caminho.

Após uma pequena conversa, que envolveu persuasão ativa e ameaças de dissecação, Kageyama foi convencido por Erigor a participar da nova guilda que estava surgindo em Fiore, que iria se chamar Eisenwald, sabe-se-lá por qual motivo. A princípio, era necessário convocar mais membros com habilidades em assassinato para a guilda, já que apenas duas pessoas trabalhando não iriam conseguir uma produtividade muito boa, então Kageyama iniciou sua carreira em prospecção ativa de membros, como Erigor gosta de chamar, ou se preferir, telemarketing.

Depois de alguns meses executando esta tarefa saudável e segura, de ligar para assassinos profissionais durante o jantar perguntando se eles estavam interessados em se juntar a uma guilda, Kageyama finalmente foi promovido por Erigor, e começou a praticar seus primeiros assassinatos, que envolvia sacrifícios de bêbados e punks para Jashin, a única divindade que Erigor acredita.

Após alguns anos de de muita prática em como desaparecer com corpos em menos de duas horas, Kageyama recebeu sua primeira missão decente, que envolvia a recuperação de um artefato místico, denominado Lullaby, cujo poder era suficiente para matar os velhos apelões que comandavam as guildas. A única coisa que Kageyama precisava fazer era pegar a Lullaby e entregar nas mãos de Erigor, e só, mas até nessa missão simples o idiota conseguiu falhar. Mais tarde ele ainda teria uma nova oportunidade de cumprir o seu destino, e finalizar a missão, mas conseguiu falhar novamente, comprovando sua inutilidade, sua incompetência como shinigami e que o único que faz alguma coisa certo na guilda é o Erigor mesmo.

Magias e habilidades[editar]

Kageyama usando uma de suas poderosas técnicas. 20 segundos depois estava inconsciente e carbonizado no chão.

Kageyama é uma espécie de versão burra e demente do Shikamaru de Naruto. Tanto Kageyama quanto sua contraparte do universo dos ninjas fajutos possuem muitas semelhanças, como a aparência, o estilo largado, o cabelo de abacaxi e o uso de movimentos e técnicas baseadas no uso de sombras para assassinatos rápidos e silenciosos.

Apesar de ser apenas um figurante criado com o único propósito de sofrer nas mãos dos protagonistas, apanhando até perder pelo menos os caninos, Kageyama até que conseguiu aproveitar bem os seus poucos segundos de cena, demonstrando alguns de seus melhores movimentos. Pena que ele foi obrigado a enfrentar logo o protagonista apelão, Natsu, que além de técnicas muito mais avançadas, possui o poder do protagonismo e jamais perderia para alguém como o protagonista deste artigo.

Os principais movimentos de Kageyama são a Transformação do Corpo em Sombra e o Monte de Sombras Estranhas que Saem do Chão. Além desses dois movimentos circenses, Kageyama possui um especial, que pode ser utilizado quando sua barra de poder fica cheia, um movimento invencível que Natsu vence sem nem suar, que consiste em criar um monte de cobras de sombras e jogar no oponente.

Um outro poder que acreditam que Kageyama tenha, mas que o mesmo nunca demonstrou, é a capacidade de anular feitiços alheios. Apenas, e reforço que apenas por isso, o mago do cabelo de abacaxi não foi eliminado por Erza Scarlet na primeira oportunidade, já que esta habilidade de anulação aparentemente é a única coisa que consegue anular o feitiço overpower da parede de vento que fatia qualquer coisa que se aproxime, do Erigor.

Fairy Tail por Hiro Mashima
v d e h