Kagura Mikazuchi

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Mr. M.jpg Hocus Pocus!

Este artigo se trata de charlatanismo magia, encantos e todo tipo de macumba. Ele serra pessoas ao meio, tira coelho de cartola, faz vodu e adora uma varinha mágica. Se vandalizar, Voldemort fará você desaparecer.

Kagura Mikazuchi

Kagura cosplay.jpg

Classe Mágica Maga Classe S, líder da Mermaid Heel
Mermaid Heel
Idade 23
Apelido Musashi
Mestre Kenshin Himura
Parceiros Beth Vanderwood
Araña Webb
Risley Law
Milliana
Tipo de magia Espada de Pau
Alteração de Gravidade
Técnica(s) Madeirada na cabeça dos oponentes
Perfil
Roupa Cosplay
Família Simon (irmão morto)
Sonho Fatiar Jellal como um peixe
Frase Favorita Cquote1.png Jellal! Cquote2.png


Kagura Mikazuchi é uma das poucas macumbeiras satanistas do mangá/anime Fairy Tail que partem para a porrada ao invés de ficar dependendo única e exclusivamente de magias. Utilizando apenas sua técnica sagrada japonesa herdada de Miyamoto Musashi, a "espada de pau", Kagura conseguiu derrotar 99% dos seus inimigos, só não derrotou Erza Scarlet e Minerva Orland, mas essas tinham script que impedia suas mortes, já que a batalha entre as duas precisava acontecer para que os eventos do anime pudessem dar sequência.

História inventada em 3 minutos[editar]

Kagura em sua skin alternativa, ensinando para os nOObs como se aplica devidamente a técnica da "espada de pau" criada por Miyamoto Musashi.

Assim como praticamente todo o elenco de Fairy Tail, Kagura teve uma infância de bosta, por conta dos sequestros e/ou assassinatos causados pelos bruxões satânicos seguidores de Zeref por todo o reino de Fiore. Kagura viveu alguns bons anos passando fome ao lado de seu irmão Simon, até que um belo dia, enquanto buscava água no poço, Kagura viu os magos das trevas aproximarem-se de sua aldeia, sacrificando todos os adultos em nome de Zeref e sequestrando as crianças, para brevemente escravizá-las e obrigarem-nas a trabalhar nas minas de carvão e/ou na construção de algum monumento em homenagem a grandiosidade e maleficidade de Zeref.

Por estar um pouco distante do centro da vila, Kagura conseguiu ganhar algum tempo para tentar, pelo menos tentar, se esconder, porém por não ser negra, ela não possuía muito talento na arte da furtividade, e logo foi encontrada, não pelos bruxos malignos, mas por Erza Scarlet, uma ruivinha 10/10 que a ajudou a encontrar um esconderijo melhor para se salvar, sacrificando a própria liberdade no processo.

Passados alguns dias, após os magos das trevas terem terminado seus devidos sacrifícios em homenagem a Zeref e atividades necrófilas em homenagem a Onan, eles finalmente partiram e foram em busca de mais uma aldeia, e Kagura pode sair de seu esconderijo e começar a planejar tanto o resgate de seu irmãozinho querido e de sua mais nova amiguinha quanto sua vingança doentia que provavelmente iria levá-la para o túmulo de uma maneira bastante trágica e cruel.

Depois de alguns anos na estrada, e de ter estudado a arte da "espada de pau" com os maiores mestres do Japão, Kagura finalmente recebeu notícias de seu irmão, de acordo com as fofocas, ele havia sido assassinado, torturado, esquartejado e jogado como comida para os jacarés por Jellal Fernandes, um cara egocêntrico com complexo de Deus que comandava a Torre Celestial. Agora 100% putaça, Kagura resolveu ir atrás desse fdp, mas não sem antes se preparar devidamente para o combate, estudando e desenvolvendo a magia de alteração de gravidade, para aumentar o peso que sua espada teria ao bater na caixa d'água de seu mais novo inimigo declarado. Kagura também decidiu que jamais iria desembainhar sua espada em qualquer oponente que não fosse o Jellal, pois queria que sua lâmina virgem tomasse seu primeiro drinque do sangue nojento do cara de cabelo azul e tatuagem tribal na cara.

História Canônica[editar]

Kagura com seu cosplay de coelhinha da playboy que recebeu ao zerar Dragon Quest VIII, que lhe garante +38 de defesa e +99 de punheta.

Precisando de suporte para cumprir com seu destino sangrento, Kagura filiou-se a uma guilda exclusiva de mulheres, ou pelo menos de seres que se parecem com mulheres, a Mermaid Heel. Logo nos primeiros meses, Kagura foi indicada para a liderança da guilda, já que era a mais forte e bonita do território, o que não é muito difícil, já que suas companheiras eram uma gorda feminista com pelo no saco, uma guria retardada com fetiche por gatos, uma cosplay de aranha e uma outra figurante criada apenas para encher linguiça que ninguém sabe que tipo de magia possui.

Enfim, agora no comando da guilda, Kagura recebeu a missão de liderar esse desorganizado grupo de mulheres nos Grandes Jogos Mágicos, onde elas deveriam ao menos não passar vergonha, o que estava acontecendo há 7 anos consecutivos. Para dar uma melhorada nas possibilidades, Kagura ensinou os básicos de sua magia de alteração de gravidade para a gorda feminista, assim ela pelo menos poderia tentar fazer alguma coisa de útil e não ser um peso morto para suas companheiras.

Infelizmente para Kagura, durante o evento, suas companheiras foram humilhadas e espancadas por todas as outras guildas, só não perderam para a Quatro Cerberus, que consegue ser quase tão inútil e fraca quanto aquela guilda de ladrões que divide o espaço de Magnolia com a Fairy Tail. A única que conseguiu salvar a dignidade da guilda foi a própria Kagura, que com suas habilidades na espada de pau, conseguiu derrotar os espíritos satânicos de Yukino Agria, derrotando assim um dos membros da guilda mais poderosa do continente até então, a Sabertooth.

Na última rodada do evento, quando o título já estava apenas entre a Fairy Tail e a Sabertooth, Kagura, querendo terminar o torneio de maneira digna, resolveu ir para o 1x2 contra Erza Scarlet e Minerva Orland, as magas teoricamente mais poderosas da Fairy Tail e da Sabertooth, respectivamente. Kagura até que não fez feio, até poderia ter solado as duas após finalmente desembainhar a sua espada e entrar em "modo assassino frenético", porém como o autor já tinha determinado que a batalha decisiva seria entre Erza e Minerva, que faziam parte das principais guildas até então, Kagura não teve chances, e num claro uso de cheat e hack, Minerva conseguiu apunhalar a protagonista deste artigo com sua própria espada, tirando-a do jogo e eliminando a Mermaid Heel da competição.

Magias e Habilidades[editar]

Assim como Libra e sua aprendiz gorda inútil Risley Law, Kagura é perita na manipulação da gravidade, que utiliza para controlar o terreno e confundir os oponentes, deixando-os vulneráveis a uma espadada de madeira aplicada diretamente na caixa d'água. Porém, na grande maioria das lutas, Kagura nem precisa utilizar esta magia, ela resolve os problemas confiando só na sua agilidade natural e nos seus golpes de espada capazes de derrubar inimigos 20x maiores do que ela, fator comum em qualquer anime ou RPG.

Fairy Tail por Hiro Mashima
v d e h