Kamilla Salgado

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Bandeirapara.jpeg ÔÔÔ, Pará pai d'égua!!

Este artigo foi escrito por um cabôco nativo paraense que toma açaí na cuia! Aproveita pra tomar um tacacá enquanto estás lendo, sumano, agora, ai de ti se tu esculhambares ele, ou o pau te acha, meu preto!

Kamilla Salgado
Ffdbcebbabcc.jpg
Kamilla querendo te dar um abraço de urso
Origem Belém Bandeira do Brasil Brasil
Data 31 de março de 1987
Onde trabalha TV Liberal
Talento(s) Consegue andar sem quebrar ao meio
Dados
Cabelos Castanhos
Olhos Castanhos
Altura 1,72
Peso 57
Busto 88
Cintura 60
Quadril 96
Coxa [carece de fontes]
Perfil
Hobby(ies) Participar de programas medíocres
Característica marcante Sua anorexia magreza
Frase Cquote1.png A vida só tem graça se tiver trilha sonora. Cquote2.png
Prêmios
  • Rainha das Rainhas do Carnaval Paraense
  • Miss Pará
  • Miss Mundo Brasil
  • Miss Mundo
  • Website
    Página oficial

    Cquote1.png Você quis dizer: Kamilla Azedo Cquote2.png
    Google sobre Kamilla Salgado
    Cquote1.png Como ela todos os dias. Cquote2.png
    Eliéser Ambrósio sobre Kamilla
    Cquote1.png Ela que aproveite bem minha sobra! Cquote2.png
    Cláudia Colucci sobre o namoro de Kamilla e Eliéser
    Cquote1.png Que inveja dela... Cquote2.png
    Marien Carretero sobre Kamilla namorar o Eliéser
    Cquote1.png Pena que não saiu na Playboy! Cquote2.png
    Punheteiro sobre Kamilla

    Kamilla Ghabrise Rodrigues Salgado Ambrósio é uma modelo brasileira, vencedora de vários concursos de miss, mas que ganhou algum reconhecimento na mídia somente após participar da fábrica de subcelebridades da Rede Globo, ou seja, o Big Brother Brasil. Aliás, também foi naquela merda que ela conheceu seu namorado atual, o também modelo Eliéser Ambrósio.

    Carreira[editar]

    Iniciou a carreira de modelo aos 17 anos de idade em Belém, a capital do estado do Pará e também a cidade em que nasceu. Como o ramo da moda é algo praticamente irrelevante em terras paraenses, que prefere valorizar sua música nativa horrível representada por lixos tipo Calypso, Fafá de Belém e Gaby Amarantos, Kamilla precisava encontrar alguma outra forma de obter fama, já que este sempre foi seu grande objetivo na vida, para não dizer o único. Assim sendo, no ano de 2008, ela mandou confeccionar uma fantasia exclusiva de pomba-gira para o carnaval, já que as melancias estavam em falta, impossibilitando a moça de pendurar uma no pescoço para chamar atenção. Por ser uma magricela sem graça, Kamilla jamais conseguiria ser notada em meio a tantas mulheres gostosas que aparecem rebolando nas festas carnavalescas, mas por ser estar caracterizada de forma espalhafatosa e ser consideravelmente peituda, ela foi votada pelos foliões punheteiros como a rainha daquela ocasião.

    Kamilla dando uma de gostosa...

    Em 2009, participou do Miss Pará, sendo a vice campeã do concurso. Mesmo tendo perdido a chance de participar do Miss Brasil para Rayanne Brêda, foi convidada para representar o Brasil no Miss Mundo em 2010. Ganhou a etapa nacional, mesmo tendo candidata mais bonita que ela, mas como esses concursos precisam ter alguma marmelada para não parecerem tão fúteis quanto realmente são, o corpo de jurados optou por eleger Kamilla devido a seu trabalho voluntário com as crianças pobres, mesmo sabendo que ela não fazia isso por ser boazinha, mas sim para encher linguiça e aumentar os pontos em seu currículo social de miss. Porém, na grande final mundial da competição, Kamilla perdeu feio para a participante estadunidense Alexandra Mills e não conseguiu ficar nem sequer entre as 25 semifinalistas, já que sua aparência não corresponde ao estereótipo que os gringos têm da mulher brasileira.

    Em 2013, mais precisamente no dia 8 de janeiro, Kamilla fez sua estreia como garota de programa. Calma, não é o que vocês estão pensando! Acontece que foi nesta data que estreou o Big Brother Brasil 13, sendo a primeira vez que a fulana participava de um programa televisivo, embora já tivesse gravado anteriormente comerciais irrelevantes para serem veiculados igualmente na televisão, mas por serem de produtos vagabundos que ninguém compra, pode-se dizer que sua estreia na telinha foi com o Big Brother mesmo.

    Depois que participou do BBB[editar]

    Não que alguém se importe com o que ela fez ou deixou de fazer depois que saiu do reality show, mas enfim...

    Com o término do BBB, em que foi eliminada após 10 semanas no dia 12 de março, Kamilla achou que já era hora de fazer alguma coisa útil e formou-se em administração na Universidade Federal do Pará. Como só conseguiu obter o diploma por ser bonita e famosa, ela obviamente nunca conseguiu obter estabilidade na área e logo voltou a puxar o saco da imprensa, descolando uma vaga de apresentadora na filial paraense da Globo. Seu programa Alto Astral, que não tem porra nenhuma a ver com a novela homônima, durou somente alguns meses devido à péssima qualidade e baixa audiência. Pelo menos, foi tempo suficiente para que conhecesse artistas cagados consagrados e realizasse entrevistas com eles, como Nando Reis e Cidade Negra.

    Ver também[editar]