Ruínas de Karakorum

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Karakorum)
Ir para: navegação, pesquisa
Mongol warrior.jpg
Khan Khan Khan Khan!!! Este artigo é da Mongólia!!!

Ele mora em um Yurta, é pobre, vive no meio do nada, escreve com
alfabeto cirílico e nunca quer ser confundido com chineses!!!

Se você traiu Genghis Khan, CAIA FORA DAQUI!!!

Mongolia.jpg

Cquote1.png Você quis dizer: Ruínas de Cara ou Coroa Cquote2.png
Google sobre Ruínas de Karakorum

Karakorum foi uma grande cidade (naquela época e naquele lugar, 51 habitantes era um grande número) da Mongólia, capital de todo o Império Mongol, mas que foi destruída alguns anos mais tarde. Hoje tudo o que restou da cidade de Karakorum foi transformado em patrimônio quebrado da humanidade, fazendo parte do patrimônio da Paisagem Cultural do Vale de Orkhon. Nesta cidade ficava o Palácio de Karakorum, que era uma grande barraca de 2 metros de altura, residência do grande Khan.

História[editar]

Fundada por Genghis Khan e destruída na época que seu filho Hoje Dei Cano comandava o império, a cidade de Karakorum (Caracorum) deveria ser uma espécie de Roma mongol e faltou muito pouco para alcançar o título de Nova Roma, já que Karakorum também ficou arruinada.

A tartaruga de Karakorum, que guardava a cidade

Karakorum iniciou como um acampamento de yurtas mas foi transformada em uma cidade. Era o orgulho de Genghis Khan, mas seu filho Hoje Dei Cano não soube cuidar do império e a cidade foi destruída pelos chineses. Anos depois, Kublai Khan vingaria sua terra contra os destruidores chineses. A capital teve de ser movida para Xanadu. Karakorum foi abandonada e seria encontrada centenas de anos mais tarde, por escavadores de dinossauros. Foi transformada em um sítio arqueológico.

Localização[editar]

Publicidade para atrair os turistas que quiserem ver 30 metros de muro e 20 quilos de pedras quebradas

Como qualquer ruína da Mongólia, as ruínas de Karakorum também se localizam no tal Vale de Orkhon. Karakorum foi construída sobre os destroços de uma antiga cidade, Khar Balgas, que foi repelida pelo próprio Genghis Khan. O povo que morava aí ficou desabrigado e foi pra outro lugar. Genghis aproveitou as muretas de proteção de Khar Balgas e construiu seu acampamento aí mesmo.

Este local super-privilegiado da Mongólia, cortado pelo rio Orkhon, também foi utilizado para a construção dos memoráveis memoriais dos reis Bilge Khan e Kul Tigin. Os pedaços de Karakorum foram usados anos mais tarde na construção do monastério de Erdene Zuu. Hoje Karakorum e todas as outras ruínas fazem parte do maior patrimônio mongol.

Ver também[editar]

Veja o Artigo Principal[editar]