Kate Nash

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Arband.jpg

Este artigo é sobre um(a) artista, grupo musical ou uma banda.
Certamente, fãs idiotas alienados odiarão este artigo!!


Emblem-sound.svg.png Kate Nash
Kate Nash.jpg
Sou eu!
Nome Kate Marie Nash
Origem Londres
Sexo Uma vez por dia feminino
Instrumentos
Nuvola apps kcmmidi.png
Guitarra, Piano, Baixo, Vuvuzela e outros que ficarei o dia todo citando
Gênero Pop e Fórmula Indie
Influências Desconhecida
Nível de Habilidade Alto
Aparência Cosplay da Patty Pimentinha, ou uma fusão entre JoJo e Mallu Magalhães
Plásticas Desconhecidas
Vícios
Nuvola apps atlantik.png
Sopa de Abóbora
Cafetão/Produtor
Crystal Clear action bookmark.svg.png
Diretor da Moshi Moshi Records
Wikisplode.gif
Para aqueles sem senso de humor, os espertalhões da Wikipédia têm um artigo (pouco confiável) sobre: Kate Nash.

Cquote1.png Você quis dizer: Lily Allen light Cquote2.png
Google sobre Kate Nash
Cquote1.png Você quis dizer: Patty Pimentinha Cquote2.png
Google sobre Kate Nash
Cquote1.png Maninha! Cquote2.png
Patty Pimentinha sobre Kate Nash
Cquote1.png Maninha! Cquote2.png
Mallu Magalhães sobre Kate Nash
Cquote1.png Maninha! Cquote2.png
JoJo sobre Kate Nash
Cquote1.png Vamos dominar o mundo! Cquote2.png
Jack Peñate sobre Kate Nash
Cquote1.png LINDA! MARAVILHOSA! DIVA! Cquote2.png
Indie sobre Kate Nash
Cquote1.png É uma puta sem talento! Cquote2.png
Guri Retardado sobre Kate Nash
Cquote1.png Criança é brutalmente assassinada por um grupo de indies portando tacos de baseball Cquote2.png
Âncora de Telejornal sobre o Guri Retardado acima
Cquote1.png Prefiro Miley Cyrus Cquote2.png
Guria Retardada sobre Kate Nash
Cquote1.png Ela conseguiu o que eu não consegui! Cquote2.png
Ian Curtis sobre Músicas pra reconciliação
Cquote1.png Uma gracinha! Cquote2.png
Hebe Camargo sobre Kate Nash

KATE MARIE MAGALHÃES REICHARDT LEVESQUE NASH, ou só KATE NASH é uma cantora inglesa que você provavelmente não conhece, porque só se ouve Britney Spears, Lady GaGa, Ke$ha e afins nas rádios (e você gosta de ouvir...). É uma deusa no mundinho Indie e mostra que é possível homens ouviram música sem a necessidade de bater uma pras cantoras.

História:[editar]

Kate Nash em desenho animado

Kate Nash nasceu em 6 de Julho do controverso ano de 1987, fruto de uma experiência de clonagem: usaram o DNA da Patty Pimentinha, porque cientistas fãs de Peanuts gostariam de saber como ela seria em Live-Action. Deu certo. Ela é filha de uma guerrera Celta irlandesa com Jimmy Page, cresceu com música e com sopa de abóbora. No fim de 1987, ela escreveu uma música pra homenagear o Flamengo Sport, por ter ganho a Copa União naquele ano. Aos 5 anos, após aulas e mais aulas de música, já estava tocando todos os instrumentos musicais conhecidos pelo Homem (da Guitarra a Vuvuzela), a fazendo alguns anos mais tarde uma Nerd gostosa no mundo da música. Isso sem falar que ganhou sua 1ª guitarra por ter quebrado o pé e não poder sair de casa (peraí, vou ali quebrar minha perna...) e começou a fazer de conta que era Carlos Santana, Jimi Hendrix, John Petrucci e Chimbinha.

Dominação Mundial Pelo MySpace:[editar]

Não é só a Katy Perry que fica bem de Pin-up

Cquote1.png Me ADD! Cquote2.png
Kate Nash pra Lily Allen
Kate Nash viu que a tendência da moda na música era que vários cantores estavam tentando a Dominação Mundial pelo MySpace (ex: Lily Allen, Mallu Magalhães, Hard-Fi, Katy Perry, CSS e Colbie Caillat no lado de bem e Justin Biba Bieber e Banda Restart no lado do mal), Kate resolveu ir na onda: adicionou a Lily Allen pra usá-la como escada pro sucesso e pra mostrar que era do lado do bem, e postou algumas músicas: entre elas, Top Friends. Depois disso, procurou um agente secreto e alguns produtores pra tentar ajudá-la na Dominação Mundial. O que se sabe é que, mesmo famosa, ela ainda quer dominar o mundo. Kate Nash também visava Pubs pra conseguir um contrato. Cantava pedindo pouca coisa de Couvert Artístico: Um Chops e Dois Pastel

Saindo Da Internet:[editar]

Após Kate Nash fracassar na tentativa dos agentes e produtores, teve seu talento reconhecido pela Mosh Moshi Moshi Records. Pediram pra ela gravar um álbum com poucas faixas pra ver se conseguiria fazer sucesso. Começaram com 1000 cópias, mas depois Vegeta, o diretor do estúdio viu que precisavam fazer mais de 8000 cópias, pois não atendiam a demanda.

Construindo o Made of Bricks:[editar]

Em 2008, Kate Nash contratou uns pedreiros e construiu seu 1º álbum: Made of Bricks. Ela tinha brigado com o namorado, com conseqüências trágicas, rolou sangue, mutilações, xingamentos, processos e gatinhos cheirados , e quis escrever uma música de reconciliação, mesmo sabendo que Ian Curtis ensinou que músicas de reconciliação terminariam em suicídio do cantor, e escreveu Foundations. Mas, pra surpresa de todos, uma singela garota de Londres começando na música com uma singela letra conseguiu o que uma lenda do Rock não conseguiu com uma música mais bonita: a reconciliação!

Cquote1.png Aí sim, fomos surpreendidos novamente! Cquote2.png
Zagallo sobre Foundations

Após Foundations e surpreender o mundo, outras músicas foram lançadas, mas depois falo delas. Não troquem de canal não saiam do artigo

Regravações:[editar]

Cquote1.png ... Cquote2.png
Arctic Monkeys sobre Fluorescent Adolescent com Kate Nash
Cquote1.png ... Cquote2.png
The White Stripes sobre Seven Nation Army comKate Nash
Kate Nash é chegada numa regravação: com a turminha da pesada do Live Lounge, ela fez várias. Não se sabe ao certo as conseqüências, mas dizem ser trágicas...

Info:[editar]

Álbuns:[editar]

Cantando...
  • Feito de Tijolos: Inovando e fazendo um álbum com um material um pouco diferente. Ao fim de tudo, esse álbum será só mais um tijolo na parede (2008);
  • Meu Melhor Amigo é Você: Obrigado, é muita consideração... Agora só faltou dizer que é esse melhor amigo (2010);

Formas de Alienação:[editar]