Kathmandu

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Este artigo é um
Patrimônio Mundial da Humanidade.

Pode ser uma ruína, uma cidade
de merda, um matagal abandonado,
mas está protegido!

World Heritage Site logo.png

Leitura recomendada apenas para
pessoas com cultura.

A UNESCO monitora este artigo.


Kathmandu (Nepali काठमाडौँ, transl. Vai-Tomá-nu-Cu; Bhasa ) é a capital e única cidade do Nepal. São um conjunto de acampamentos, favelas e mosteiros lá no alto da colina. É um típico lugar que você nunca vai visitar na vida mesmo por isso ninguém se importa.

História[editar]

População inteira da cidade indo comprar leite de iaque.

A cidadela foi foi fundada em 723 pelos yetis, assim que estes chegaram do espaço depois que a sua nave perdeu combustível. Com o tempo, humanos decidem habitar Kathmandu no maior erro de suas vidas, fundando uma raça híbrida metade humana metade lagosta, conhecidos como nepaleses.

Devido aos diários e rotineiros terremotos e avalanches não há construções e nada do tipo em Kathmandu, e devido às constantes mortes por hipotermia, congelamento, esfriamento do cérebro e parada respiratória devido à frio intenso, a população não cresce muito desde o século VI.

Em 1960 Kathmandu ganha destaque internacional por ter sido a raiz do movimento hippie, pois muito antes desse movimento chegar no ocidente, o povo por lá sempre comeu, bebeu e cheirou o que plantou.

Terremoto de 2015[editar]

No final do abril de 2015 a cidade de Kathmandu passou a ser conhecida mundialmente por 20 minutos diários nos noticiários sobre o terremoto que dizimou a cidade. A dificuldade de estimar as perdas e danos é grande porque é difícil calcular o que alguém perdeu se já não tinha nada antes.

Geografia[editar]

É uma daquelas cidades perdidas lá no Himalaia a mais de 5.000 metros de altitude cheia de anões e abomináveis homens da neve. Só é visitada por suicidas que querem se matar no Everest, uma das pequenas colinas de Kathmandu.

É a capital mais perto da estratosfera que se tem notícia, é possível ver a bandeira americana na lua de binóculos ao anoitecer. As palavras chuva e sol não existem no dialeto local, apenas 13 palavras diferentes para "neve".

Economia[editar]

Kathmandu tem consideráveis vastas terras férteis. Ótimas para o cultivo de cactos

A economia da capital do Nepal é baseada na criação de iaques, uma curiosa espécie de vaca peluda que produz um leite rosado.

Esporte[editar]

O esporte mais popular de Kathmandu é o boliche. O esporte é praticado de uma forma diferente, o praticante arremessa uma bola ladeira abaixo em direção ao Tibete, e se derrubar 10 chinesinhos ganha a rodada.

Vale de Kathmandu[editar]

O Vale do Kathmandu é o nome de um vasto completo de buracos nas montanhas onde os nepaleses vivem escondidos do mundo exterior e da civilização. Por ser a única habitação de semi-humanos que se tem notícia no Nepal, todo o Vale de Kathmandu foi declarada pela Unesco como patrimônio mundial.