Ken Hirai

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
61519923.gif Este artigo pode te levar para o lado rosa da Força!

Cowboys viados podem ser citados neste artigo.

Não o leia, exceto se você for macho, mulher ou está pintando as unhas de glitter.

Emblem-sound.svg.png Ken Hirai
Ken hirai.jpg
Ken é um cara suuuuper macho!!
Nome 平井 坚
Origem Osaka Bandeira do Japão Japão
Sexo link={{{3}}} Gay
Instrumentos
Nuvola apps kcmmidi.png
Piano, teclado
Gênero J-Music
Influências Bandeira dos Estados Unidos Estados Unidos
Nível de Habilidade Alto
Aparência Bonitão descolado
Plásticas Vai saber?
Vícios
Nuvola apps atlantik.png
Dar o cu
Cafetão/Produtor
Crystal Clear action bookmark.svg.png
Ele mesmo

Ken Hirai é um cantor, compositor, produtor musical, modelo, ator, letrista, porta-voz, gari, porteiro, açougueiro, cobrador de ônibus, stripper, traficante, estilista, mangaká, doador de órgaos, monge budista hippie que planta maconha para subsistência e adestrador de bezerros pirofágicos de duas cabeças. Ah, e ele é japonês.

A origem[editar]

Nascido em Osaka, lugar muito conhecido também fora do Japão graças à ampla divulgação de animes e mangás que são ali ambientados, o pequeno Ken Hirai foi uma criança sempre muito curiosa e que adorava brincar de esconde-esconde com seus amiguinhos. Porém, ele não era lá muito criativo para escolher seus esconderijos, e acabava sempre entrando no armário. O tempo foi passando e Ken foi se acostumando e até mesmo pegando gosto em ficar ali dentro, então decidiu que, a partir daquele momento, nunca mais iria sair do armário!

E então[editar]

Ainda na infância, Ken pediu para que sua mãe matriculasse-o em uma escolinha de dança, pois queria ter aulas de balé para tornar-se mais flexível e caber com maior facilidade dentro do seu amado armário, afinal de contas, ele estava crescendo, e ficava cada vez mais difícil caber lá dentro. Mas a mamãe megera de Ken recusou-se a gastar dinheiro com tamanha merda, fazendo com que o filho abrisse um berreiro e chorasse sem parar. Foi aí que ele percebeu que seu choro irritante e estridente era muito similar às vozes esganiçadas das cantoras japonesas, então decidiu tentar a sorte e tornar-se a primeira diva da j-music do sexo masculino (?).

O popstar[editar]

Ken estreou sua carreira musical em 1995 e continua firme e forte no mercado fonográfico, e embora seja praticamente uma Ayumi Hamasaki de calças, com músicas grudentas em ritmo pop, ele insiste em mentir para si mesmo e dizer que canta R&B.