Khmer Vermelho

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa


Comunismo.jpg
Gramsci.jpg
Atenção, Kamarada!

Este artigo é comunista, portanto, come criancinhas. Ele pode ser marxista, leninista, stalinista, metido a Che Que Vara, castrista ou oportunista. Se você vandalizar a marcha revolucionária, será mandado pra um Gulag.

VIVA LA REVOLUCIÓN!!!

Isso por que o infeliz tinha entrado em um colegio.

O Khmer Vermelho foi o partido comunista do Camboja, formado a partir de uma dissidência do Partido Comunista da Indochina, o mesmo que deu origem ao Vietminh. Em 1973, os Acordos de Paz de Paris estabeleceram o que os malditos capitalistas dos EUA não se intrometeriam em assuntos na Indochina, dando um fim definitivo na Guerra do Vietnã.

Em 1975, o Khmer Vermelho deu um golpe de Estado no Camboja e chegou no comando de lá através da conquista de Phnom Penh, que tem um nomezinho muito estranho de se pronunciar e justamente, também é a capital do país, e em 17 de abril, dando fim à guerra civil contra o governo de Lon Nol, apoiado pelos norte-americanos e seus capachos. O líder deste grupo, Pol Pot tentou concretizar a sua proposta de um país novo feito com um homem novo, para o que instalou um regime de terror e medo, aonde nenhum infeliz que tinha o ensino médio completo poderia viver, a partir daí começou o genocídio cambojano.

No governo do Khmer Vermelho, liderado principalmente por Pol Pot, as cidades foram evacuadas, e os cambojanos, levados ao campo para o trabalho no cultivo de arroz, aonde ganhavam um pouco de água e pão pra matar a fome, enquanto o Pol Pot se empanturrava com o arroz doce, arroz salgado, arroz queimado, enfim, arroz de tudo quanto era jeito. O partido é acusado de estar pouco se lixando pros direitos humanos nesse período, promovendo o massacre de opositores, intelectuais e pessoas suspeitas de ter ensino médio completo ou faculdade, ou até mesmo aqueles que um dia tinham passado por uma calçada de escola, o Khmer Vermelho desejava que todo seu país fosse feito por burros analfabetos que passassem suas vidas plantando arroz.

Entre os assassinatos cometidos pelo Khmer Vermelho, estima-se que entre 15 a 20 mil professores foram mortos, 90% dos monges budistas e 1 em cada 5 médicos. Até hoje o Camboja tenta contabilizar o número total de mortos pelos insanos do partido, mas as estimativas vão de 1 milhão a 3 milhões de assassinatos sob o comando de Pol Pot, num país de 7 milhões de habitantes, ou seja, foi mais de oito mil! Vale deixar claro que essas estimativas foram feitas por porcos capitalistas a serviço do Império Yankee, que tentam desmoralizar o glorioso comunismo. As estimativas oficiais do Khmer Vermelho indicam um pouco mais do que 10 assassinatos. Essa disparidade entre os dados é facilmente explicável: com os professores mortos, eles só conseguiam aprender a contar até 10, usando os dedos das mãos.

Em 7 de Janeiro de 1979, ainda que apoiado pelo comunistas chineses, foi deposto pela intervenção de tropas vietnamitas, levando a uma nova guerrinha que perduraria até a intervenção da ONU no país.

[editar] Ver também

Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas
Outras línguas