Khnumhotep e Niankhkhnum

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Dart01.png Este artigo pode te levar para o lado rosa da Força!

E fez aulas de sapateado quando era criança.

Não o leia, exceto se você for macho, mulher ou está pintando as unhas de glitter.


Tumba do primeiro casal homossexual de todos os tempos.

Khnumhotep e Niankhkhnum foi o primeiro casal gay da história do Mundo. Obviamente com um nome desses eles eram do Egito, mais propriamente na cidade de Al-Buhaira, famosa pela sua areia amarela e pedras que na verdade já foram monumentos egípcios... Além disso já foi-se descoberto que eles eram serventes do palácio real do faraó, então eles davam o cu com muita elegância e chiqueza.

História[editar]

Khnumhotep e Niankhkhnum viveram durante os anos de 2200 antes de Cristo. Naquela época o faraó se chamava Thokmmei Nonkuk, e como seu nome já diz, ele gostava de tomar no boga. Por conta disso ele chamou o casal para testar se realmente era bom levar uma enfiada por lá. Depois do teste o faraó gostou do que viu, e encabeçou a linhagem de "reis e governantes das antigas com taras estranhas"...

Outra pesquisa foi feita em 2014, e provou que os dois morreram por conta de perda de sangue, após uma das veias da piroca estourar, que naquela época tinha ligação direta com o coração (quando a espécie humana ainda não tinha evoluído 100%). O motivo do estourou hipoteticamente seria uma transa excessivamente violenta.

Descoberta[editar]

O descobrimento do casalzinho foi feita por parte do arqueólogo luso-teuto-hispano-greco-romano-nipônico-egípcio Ahmed Moussa, em 1964. Segundo Ahmed Moussa, ele estava procurando um lugar para poder dar uma cagada com mais comodidade e privacidade, quando percebeu o achado valioso. Logo em seguida ele chamou sua equipe para desenterrar a relíquia. Entretanto, por ter segurado a vontade de cagar por muito tempo, Ahmed Moussa quase morreu, e por isso está aqui para te lembrar a cagar sempre que for preciso...