Kid Icarus

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Virtualgame.jpg Kid Icarus é um jogo virtual (game).

Enquanto você lê, um Chefão faz mais uma vítima.

Pedo Icarus
Pedo Icarus.png
Logo da série
Gênero hentai shotacon
Desenvolvedor Nintendo
Publicador Nintendo
Plataforma de origem NES
Primeiro lançamento Kid Icarus (1986)
Último lançamento Kid Icarus: Uprising (2012)

Cquote1.png Você quis dizer: Kingdom Hearts da Nintendo Cquote2.png
Google sobre Kid Icarus
Cquote1.png É o jogo mais gay da Nintendo!! Cquote2.png
Kirby sobre Kid Icarus
Cquote1.png Fala sério! Quem foi que disse que anjo é esse traveco ai que aparece nessa bosta? Cquote2.png
Miguel sobre Kid Icarus
Cquote1.png Prefiro jogar NiGHTS... Cquote2.png
Seguista sobre Kid Icarus
Cquote1.png Arqueiros Alados? Putz!! Cquote2.png
Oswald sobre Kid Icarus
Cquote1.png Brincadeira o que fizeram nesse jogo, bicho!! Cquote2.png
Faustão sobre Kid Icarus
Cquote1.png This is Mitologia GREGAAAAAAA!!! Cquote2.png
Rei Leonidas sobre Kid Icarus
Cquote1.png É isso que você criaram para competir com o nosso God of War? Cquote2.png
Sonysta dando uma de Capitão Sarcasmo
Cquote1.png Da onde? God of War que foi criado pra competir com essa vergonha da Velha Guarda. Cquote2.png
Nintendista dando uma de Reversal Russa
Cquote1.png Tão ka... waii... Cquote2.png
Otaka sobre Kid Icarus
Cquote1.png Kid Icarus é MARA!! Cquote2.png
Seu Nadir sobre Kid Icarus
Cquote1.png Tem pra PlayStation 2?? Cquote2.png
Guri retardado que pensa que PlayStation 2 é o único videogame do mundo sobre Kid Icarus

Kid Icarus é mais uma estúpida série de jogos de plataforma resultado da mente brilhante dos trabalhadores da Não-Intendo em prol de conseguir arrecadar milhões para sua empresa capitalista meia boca. É mundialmente no exterior por exibir o primeiro herói gay nintendista chamadao Pit, que é considerado um anjo parente de Ícaro com uma pinta de Hermes no meio, que tem a missão de defender o Império do Céus Olímpo dos capirotos dos infernos. Ele conta com a ajuda de um sósia da deusa Athena chamada Palutena na sua emocionante batalha contra a filha bastarda de Hades chamada Medusa (pura falta de criatividade para novos vilões numa historinha grego-romana) em busca dos 3 tesouros sagrados (The Mirror Shield O Programa do Mirror, The Arrow of Light Uma Caixa de Leite Light e The Wings of Pegasus O Meteoro de Pégasus) para deixar seu mundinho só no filler.

História[editar]

Midna é humana! ALERTA DE SPOILER GAMÍSTICO!

Este artigo gamístico pode conter spoilers gamísticos que revoltam os nerds, como o fato de que:
Catalina é uma traidora!!
Portanto, leia com cuidado.

Pit da primeira vez que resolveu bater suas asinhas

Em um mundinho de fantasia colorido e muito boiola quase que esquecido (ou propositalmente banido) na mitologia nórdica grega conviviam em uma possivel harmonia, no reino de Angel Land Olimpo, que era governado por Zeus e sua cambada, mas estes resolveram tirar umas férias enquanto os mortais se fudiam diexando o comando nas mãos de duas deusas patricinhas, Athena Palutena a Deusa da Luz prima de Saori, e Medusa a Deusa das Trevas filha do Coringa com a Erva Venenosa. Com essa viadagem, o Olímpio é dividido em três medíocres reinos:

  • Skyworld – mundinho da luz e da felicidade colorida com anjinhos pra tudo quanto é lado que é governado pela Palutena;
  • Underworld – morada do Capeta e seus capangas diabólicos dos infernos mergulhados nas trevas que é governado pela Medusa;
  • Overworld - o estúpido e medíocre mundo dos mortais fudidos dessa joça, ou seja, aqueles que nem cheiram nem fedem;
A prova que Kid Icarus tem o total apoio das comunidades GLS.

Com essa diáspora migração divisão sem pé nem cabeça, as duas deusas fazem o que dá (hum...) e vem em suas cabeçinhas: Palutena vive a passar uma aparência de boazinha a iluminada ajudando aos inúteis mortais que rezam a ela 24 horas por dia Medusa se dedica a fuder com esses cidadãos despreciveis. Muito puta da vida com isso Palutena estraga a maquiagem de Medusa, que não gostou nenhum pouco disso e foi reclamar com seus responsáveis pelo estrago que levou na cara, onde nessa porra toda o caso foi parar na justiça das fadinhas saltitantes no final do arco-íris (coisa de gay mesmo...), sendo que no final das contas Medusa ganhou o caso e Palutena foi parar na cadeia e ainda teve que pagar uma idenização com suas três jóias mais preciosas (The Mirror Shield O Programa do Mirror, The Arrow of Light Uma Caixa de Leite Light e The Wings of Pegasus O Meteoro de Pégasus), alem de ter que vender sua mansão cor-de-rosa (o Palace in the Sky) para a bandida da Medusa, ou seja, Pelutena se ferrô bonito.
Na cadeia, a deusa da luz conheceu uma bichinha alada chamada Pit Bitoca e perguntou se este queria ser tão famoso quanto Seiya e Cloud no quesito dos heróis gays fictícios, e como Pit não tinha porra melhor pra fazer topou a proposta indecente. Com a missão de salvar o Olímpio, recupera os três jóias da dita cuja e ainda por cima ter que chupar chutar Medusa pra fora do poder, Pit ganha o arco de Henry, roubado da série Caverna do Dragão com umas frescuras a mais, e começa a sua suruba aventura céus e terra a fora.

O sonho de Palutena e o pior pesadelo de Pit

No final dessa budega, Pit recupera as jóias de Pelutena e dá uma surra na vagabunda da Medusa, onde após derrotá-la ele volta para o Olímpio onde reencontra a deusa gostosa, mas ao invés de come-la (seguindo o exemplo do Mário), Pit se recusa a ter um caso com ela pois se mostra um autentico viado assumido só recebendo um beijinho na testa como agradecimento virando um aborrecente muito mais gay do que antes.

Personagens dessa joça[editar]

A série é tão podre que carece até mesmo de personagens para compô-la; tirando os inimigos e chefões secundários, são estes os principais noobs que aparecem nessa budega:

O protagonista e seus capangas eunucos
  • Pit – Viadinho protagonista do jogo; tá mais pra uma mistura de Seiya, Aiolos, Anjinho e Sora. Pensa que é um anjo (só pensa mesmo, pois desde de quando anjo é gay?) avuando de um lado pro outro carregando com ele um arco muito tosco que Palutena lhe deu de presente depois de ter roubado de Henry. Apanha pra dedeu e adora escorregar num salame (hum...).
  • Palutena – A deusa do bem que governa Skyworld. É uma hentai girl boazuda que vive ajudando Pit em suas aventuras, sendo que até hoje é frustrada por nunca tê-lo levado para sua cama. Assim como Saori, vive tentando inutilmente trazê-lo para o lado azul da força.
  • Medusa – A deusa do mal que governa Underworld. Era tão gostesuda quanto Palutena, mas depois que esta estragou sua maquiagem, ficou mais feia que o cão, e agora se dedica a fazer a vida dela, de Pit e de qualquer outro noob um inferno, sendo que só o fato de olhar pra ela já é um inferno.
  • Viridi - Uma deusa birrenta da natureza e da canabis que quer matar a humanidade inteira. Como Palutena, sonha em ir pra cama com o viadinho do Pit.
  • Hades - Deus líder do Underworld, ressucitou a Medusa por zuera e gosta de comer almas. Eventualmente Medusa arrancou sua cabeça (mas cresceu uma fantasma no lugar), e a matou com um Shoryuken. Mas ela então ajudou o Pit a derrota-lo num golpe só.
  • Dark Pit - Versão macho de Pit criada pela Pandora, a capacha da Medusa, para matar Pit (que original...), e que faz o que Pit não faz com a Palutena.
  • Centuriões – São os seguidores de Palutena comandados por Pit que vivem sendo diariamente fudidos pelos inimigos do protagonista, ou seja, figurantes de jogo sem nenhuma importância.

Jogos[editar]

Kid Icarus (NES)[editar]

O primeiro joguinho da série consistia em sair pulando que nem o Mario Bros. por todo o cenário até chegar no final onde você mata o chefão e resgata a donzela em perigo;

Kid Icarus: Of Myths and Monsters (Game Boy)[editar]

O Segundo jogo chega a ser tão sem graça quanto o primeiro, já que aqui você fará tudo o que já foi dito anteriormente e nada a mais; a única diferença mesmo é que esse jogo foi lançado pra GAYme Boyola e com isso você pode levá-lo pra qualquer canto caso resolva jogar essa bosta.

A hora do tele-cu-tecu

Kid Icarus: Uprising (3DS)[editar]

Bem como no caso do anterior, esse jogo também é possível carregar pra todo tipo de canto, sendo que aqui Pit vai poder finalmente bater as asinhas bem mais que 10 segundos, mas nem comemore essa vantagem, pois ele aqui conta com recursos bem mais podres e gays que nos dois anteriores.

Recepção e legado[editar]

O único legado que Kid Icarus deixou pra Nintendo foi como vender uma baita viadagem para menores de 18 sem levantar suspeitas. Por sorte quase ninguém joga essa merda, nem antigamente nem nos dias de hoje. Quem sabe num futuro próximo mas nem fudido!

v d e h
Kid Icarus logo.png