Kim Kataguiri

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Brjapan.png Made in Japan BRASIL!!

Este é um artigo com tecnologia do sol nascente Burajiru né.
E rouba todas as vagas da USP e do ITA.
Bagunce o artigo e Içami Tiba lhe dará umas lições de disciplina.


100malafaia.jpg Kim Kataguiri
Kim kataguiri maos coracao.jpg
Cquote1.png Cunha mozão!1 Cquote2.png
Kim Kata guri antes da Lava Jato
Papagaio de pirata
Perfil
Partido PSDB (até 2016)
PSL (2016 - atual)
Profissional
Nível de honestidade Icon 00 percent.png É politico, não dá pra confiar
Pessoal
Nome completo Kim Kataoguri
Preferências
Origem Brasil
Contatos
Profissão Blogueiro
(desempregado na internet)
Escândalo(s) Postagem no Facebook onde diz que Cunha não tem mais condições de presidir a Câmara
Sexo link={{{3}}} Gay
Nível de inteligência Inexistente
Plástica(s) Nenhuma
Vício(s) Como qualquer brasileiro, torcer para o time que está ganhando
Livro Nuvola apps bookcase.png Guia: Como superar o fim de um relacionamento
Música Emblem-sound.svg.png K-pop
Time ver o atual líder do Campeonato Brasileiro
E-mail Não
Website Apenas os blogs mesmo...
®Desciclopédia

Quem Cata-a-grana? (em nipon Kim Katagrana, né? Salto, 28 de janeiro de 1996) é um criador de memes de direita, ex-bosteiro na FSP e no tumblr sem blogs suicidas. Harvey Dent da política nacional, Kim é um grande surfista político asiático brasileiro.

É conhecido por ser um dos amigos íntimos do Eduardo Cunha (antes do mesmo ir prestar contas à República de Curitiba) e também, por integrar o Movimento dos Bastardos Liberais, movimento anti-social de merda financiado por partidos de centro-esquerda. Apesar disto, ele e sua trupe costumam jurar que o movimento é legitimamente apartidário, mantra repetido por qualquer movimento de merda hoje em dia.

Biografia[editar]

Filho de uma desconhecida com algum corno pasteleiro desconhecido, Kim Kata Guri foi parido em uma gruta na cidade de Salto-alto. Criança de origem simples, porém longe de ser humilde, era o privadinha da turma. Para ele, a carteira da sala de aula tinha dono, assim como o quadro, a sala, a escola e a professora.

O pequeno aluno que nem chegou a ver o URV entrando em circulação (já pegou o bonde andando) achava que sabia mais que seus professores e por conta disso, resolveu abandonar a escola ainda no ensino fundamental e permanecer sendo esse analfabeto funcional como continua sendo até hoje.

Fim da parceria MBL e Cunha: A traição vem pelas costas.

O indivíduo permaneceu sendo um ninguém até surgir de algum buraco da internet, acompanhado de uma leva de pseudocientistas políticos, muitos deles mais novos que o remendo constitucional brasileiro, mas que ainda assim acham que sabem mais do que qualquer letrado e isso sem terem pisado numa uniesquina sequer. Kim Kataguiri faz parte da mesma geração que Pablo Capilé, entre outros dessa geração merda que para se sentir úteis, definem o que o restante do gado brasileiro deve ou não fazer e por isso ficaram conhecidos como "líderes de movimentos de rua", como são definidas seitas como o MBL, VpR, FBP, dentre outros.

Com a fama, Kim juntou alguns cabaços e juntos formaram o Movimento Brasil Livre, uma organização criminal cuja o líder tem uma capivara tão grande quanto a de qualquer chefe de boca brasileiro[1]. Com a organização, Kim Kat'ou apoio popular para que alguns deputados que hoje ele se nega a lembrar ou se faz de desentendido, pudessem dar aquele empurrãozinho no processo de impedimento da senhora Mandioca. Na época, o aprendiz de deputado teve várias aparições no jornal da cheira jade.

Pós-impeachment[editar]

Atualmente, Kim perdeu sua boquinha na Falha de S. Paulo e trabalha como desempregado em um blog que ele mantém sobre ele e a panelinha fundada por ele.

Ideologia[editar]

Kim e seus patrocinadores.

O amarelo, junto com seu parceiro da cota e um outro lobisomem imbecil, costumam lutar (por meio do uso de memes) por um país governado pelo Partido Social Liberal.

Praticante do peemedebismo, Kim costuma jogar no time que está ganhando e faz isso justamente pensando numa possível candidatura à alguma mamata em 2018, semelhante ao que seu colega carvoeiro fez nas eleições municipais de 2016.

Os meios usados para defesa da ideologia pregada por ele e seus correligionários são as redes sociais, como o Facebook e outros antros pós-modernistas/progressistas/liberalistas.

Ver também[editar]

Referências


MainardiInv.JPG Este artigo se trata de uma personalidade mortalmente, incrivelmente e filhadaputamente odiada!
A casa dessa pessoa vive quebrada e pichada.

Conheça outros filhos da puta clicando aqui.

[Categoria:Chatos]]