Knorr

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Wikisplode.gif
Para aqueles sem senso de humor, os espertalhões da Wikipédia têm um artigo (pouco confiável) sobre: Knorr.
Tamanho natural do Knorr

Cquote1.png Você quis dizer: Tempero arisco Cquote2.png
Google sobre Knorr
Cquote1.png Humm! Eu sempre ponho um pouco de Knorr na minha sopa pra ficar uma delicia. Cquote2.png
Carla Peres sobre Knorr
Cquote1.png Knorr é apenas mais um barco vinking. Cquote2.png
Capitão Óbvio sobre Knorr

Knorr (também chamado de Knarr, Knaar ou no original "kimerda dibarco") era um tipo de barco Viking, comprido e esguio, com linhas de remos nas laterais e uma única vela fabricada com tecido barato.

O seu uso[editar]

Knorr era uma embarcação apropriada para longas viagens de quem não podia comprar um verdadeiro Drakkar. Por isso presume-se que tenha sido com ele que chegaram até a Groenlândia e à América do Norte antes de afundar. Graças à sua capacidade de levar bastante carga, prestou-se ainda para as emigrações de pobres como a que povoou a Islândia.

O knorr também era a principal embarcação para o comércio, vendendo os Knorrs a preço de banana de tão ruim que o barco era.

A sua arqueologia[editar]

Em 1957, no fiorde Roskilde, na Dinamarca, foram encontrados os restos de barcos knerrir, batizados de Skuldelev que mal partiu na sua estréia e afundou como uma ancora. Esses achados encontram-se em exposição no museu Vikingeskibsmuseet, em Roskilde para mostrar o tão fudido que wera alguns barcos dos Vinkings.

Viking.jpg
v d e h
Os bárbaros vêm aí... Olê olê olá!