Kolomenskoye

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Este artigo é um
Patrimônio Mundial da Humanidade.

Pode ser uma ruína, uma cidade
de merda, um matagal abandonado,
mas está protegido!

World Heritage Site logo.png

Leitura recomendada apenas para
pessoas com cultura.

A UNESCO monitora este artigo.


Kolomenskoye (Russo: Коломенское; pronuncia-se Ksdsfkjgdsadgn) é um conjunto de antigas igrejinhas caindo aos pedaços na periferia de Moscou. Todas são protegidas com chacais de possíveis invasores, sobretudo tártaros.

Igreja da Ascensão[editar]

A Igreja da Ascesão. Ela é meio torta assim mesmo.

Certa vez Ivan, o Terrível estava no maior tédio quando mandou construir um ringue de patinação artística no congelado Rio Moscou, mas como os arquitetos e pedreiros da época não sabiam construir nada além de igrejas ortodoxas, acabaram é criando uma pequena igreja de pilares brancos que ficou conhecida como Igreja da Ascensão em homenagem à ressurreição do Lion Man, o padroeiro da Rússia.

A Igreja da Ascensão de Kolomenskoye é um exemplo único de arquitetura sacra medieval russa construída por oompa lumpas unida a um nome virtualmente impossível de se pronunciar corretamente.

Grande Palácio de Madeira[editar]

O Grande Palácio de Madeira de Kolomenskoye foi uma paliçada erguida por elfos no intuito de conter o avanço de loiras suecas ninfomaníacas bissexuais durante a Terceira Guerra do Gelo. Acabou ganhando grande conotação religiosa devido às igrejas que nunca param de brotar ao seu redor ao longo do tempo a cada novo imperador que assume a Rússia. Esse palácio foi a primeira construção no mundo a utilizar ornamentos de Pringles como forma de prevenir ataques de mafagafos.

Outras estruturas[editar]

Além das duas estruturas principais, o complexo de Kolomenskoye abriga mais de 8000 igrejas de madeira e mármore onde o povo pode ir praticar a fé.