Língua portuguesa

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Língua Portuguesa)
Ir para: navegação, pesquisa
Lucky Star 24.jpg Nom konseruti essi arutigo, desu!
Poji parecê ki essi arutigo foi essukurito pur aruguém ki nom fara Porutuguêzu, ne? Poreim, okori ki é ji puropózitu, kum finaridaji umorízutika, ne? Purofessoru Pasukuari agurasseji pera menssao!
PortugalDJoãoscary.jpg Manuel, vê-me dois cäcətinhos, o pá!

Æstə ärtigo é purtugäish, gajo. Élə comə cacətinho cum bəcalhau, tuma um ishtränho vinho, adora cumpetir cum a Ishpänha e tem um bigodão.

Cuidado: Ä qualquêr mumento, Napolião podə quirer-tə invədir

P ronaldinho.jpg Passa a certeira! Perdeu, preibói!

Aí, mermão, este artigo aqui, ó, é brasileiro, tá ligado? Ele joga futebol, come feijoada, exporta diplomatas, puxa o saco dos EUA, paga imposto pra caralho e põe a culpa no governo pela ausência de Prêmio Nobel.


Português
Português "Brazileiro"
Falado em: Angola, Garnizé, Galícia Carijó, Inferno, Portugal, Brasil, República das BananasCidade do Donkey Kong e Estados Unidos do Sul
Total de falantes: "233 milhões"
Classificação genética: Latim
Proto-Itálico
Português Galáctico
Português
SIL: PT
Cquote1.png Quando a gente diz nóiz vai, é porque nóiz vamos Cquote2.png
Escritor nacionalista defendendo os variações da Língua Portuguesa

Cquote1.png Mas que linguinha safada hein? Cquote2.png
Tarado sobre Língua Portuguesa
Cquote1.png O Português é um idioma tão bonito quando falado corretamente! Cquote2.png
Chiquinha sobre Língua Portuguesa
Cquote1.png A urtima frô do lacil. Cquote2.png
Olavo Bilac
Cquote1.png prà kê êo prêssizu aprendê a falar eça mérda, si êo jà sêi i u povu mi intendi Cquote2.png
Analfabeto sobre Língua Portuguesa
Cquote1.png Assim, o termo "substantivo" é um meta-substantivo. "Meta-substantivo" também é um meta-substantivo, o que faz dele um meta-meta-substantivo! Cquote2.png
Professora de Português, numa aula dessas qualquer
Cquote1.png Uhmmmmm!! Meta, meta! Cquote2.png
Comentário feito por algum aluno no meio da aula
Cquote1.png Efe nóis dominamu muito bem! Cquote2.png
Lula sobre Língua Portuguesa
Cquote1.png É verrrrrrrrrrdade! Cquote2.png
Sabrina Sato sobre Lula
Cquote1.png Cu, a palavra que representa o orifício por onde cagas, não leva acento agudo, pois é uma monossílaba tônica terminada em U, pois monossílabas tônicas apenas são acentuadas se terminadas em A, E ou O. Agora, quanto ao objeto em si, esse leva acento... e quanto mais agudo melhor! ui! Cquote2.png
Professor Pasquale
Cquote1.png Nunca ouvi falar. Cquote2.png
Membro da Desciclopédia, em resposta às acusações de não saber acentuar ou utilizar a crase
Cquote1.png Donti espikais de portugáis? Cquote2.png
Jeremias, em respeito ao português
Cquote1.png Não sei usar a colocação pronominal Cquote2.png
Descíclope sobre a frase "Não encontra-se autenticado."
Cquote1.png Na União Soviética, o Português odeia VOCÊ!!! Cquote2.png
Reversal Russa sobre Língua Portuguesa
Cquote1.png Na União Soviética, o Português fala VOCÊ!!! Cquote2.png
Reversal Russa II sobre Língua Portuguesa
Cquote1.png É nóis. Cquote2.png
Garoto cometendo erro de concordância sobre o seu parceiro
Cquote1.png E cometeu também um erro grave de ortografia Cquote2.png
Professor de Língua portuguesa sobre frase acima
Cquote1.png Falo italiano com os embaixadores; em francês, com as mulheres; em alemão com os soldados; em inglês com os cavalos, em espanhol com Deus e conto piada em português Cquote2.png
Rei Carlos I da Espanha sobre Língua portuguesa
Cquote1.png Sua magestade a tinta acabou... não vai ser possível escrever a parte do português na frase Cquote2.png
Escrivão sobre frase acima
Cquote1.png Tanto faz... quem é que se importa com a língua dos portugueses? Não precisa escrever o último trecho da frase Cquote2.png
Rei Carlos I da Espanha sobre citação acima

Famosa dupla sertaneja expressa sua opinião sobre a língua portuguesa.
A Língua Portuguesa é falado em Portugal, além de Angola, Cabo Verde, Moçambique e outros fins de mundo. Ela deriva do Latim, língua falada pelos cachorros de todo o mundo, e foi alterada em vários pontos por Lúcifer em pessoa. Sua concepção primeira foi a de ser usada como idioma oficial do inferno, mas falhou, sendo grandemente substituída pelo idioma basco. :
Lukket, matando o português.

Veja os significados de algumas palavras[editar]

Livro altamente recomendado para os supostos experts que criam regras sem sentido na língua portuguesa.
  • ABISMADO- Pessoa que sofreu uma queda num abismo.
  • ABREVIATURA - Abrir as portas de um carro policial.
  • AGENTE - O mesmo que "nós".
  • AGUARDENTE- O antônimo de "água gelada".
  • ALIENAÇÃO - O mesmo que "abdução" ou "invasão extraterrestre".
  • ALOPATIA - Atender a tia ao telefone.
  • AMADOR- O mesmo que "masoquista".
  • AMAZONAS- Indivíduo apaixonado por áreas de baixo meretricio.
  • ANTEMÃO- O mesmo que "antebraço".
  • ANTOLOGIA- A ciência que estuda as antas.
  • ARISTOCRACIA- Sistema de governo de Aristóteles.
  • ARMA BRANCA- Instrumento militar de origem caucasiana.
  • ARMARINHO- Vento proveniente do mar.
  • ARTESÃO- O que aparenta estar muito excitado.
  • ASTROLOGIA- A ciência que estuda as celebridades.
  • BARGANHAR- Receber um botequim como herança.
  • BARRACÃO- Proibir a entrada de cachorros.
  • BISCOITO- Relação sexual repetida.
  • BABOSEIRA- Um pé de babosa.
  • BRUXISMO- O mesmo que "bruxaria".
  • CADAFALSO- Referência à várias pessoas hipócritas.
  • CAIPIRA- O mesmo que "epilepsia".
  • CALAMIDADE- Impedir que alguém diga sua faixa etária.
  • CÁLICE- Interjeição usada para exigir por silêncio verbal.
  • CAPUZ- O mesmo que "coloquei aqui".
  • CASAMENTO PUTATIVO- União conjugal entre uma prostituta e um indivíduo hipersexual.
  • CATAPLASMA- O mesmo que "Megaman".
  • CATAPULTA- O mesmo que "cafetão".
  • CERVEJA- O sonho de toda revista.
  • CHEGUEI- A homossexualidade de Che Guevara.
  • CHICOTE- Pessoa chamada Francisco de baixa estatura.
  • CÍNICO- Um músico tocador de sino.
  • COAGIR- Agir em equipa.
  • COAXAR- Achar em conjunto com outros.
  • COMICHÃO- O mesmo que "minhoca".
  • COMPUTADOR- pessoa que esta sentindo muita dor.
  • CONCEIÇÃO- Elemento de soma: quatro "com seis são" dez.
  • CONTRABANDISTA- Opositor a integrantes de conjuntos musicais.
  • CONTRIBUIR- Ir para algum lugar em companhia de alguns índios.
  • CONTUMAZ - O antônimo de "conto menos".
  • CONTUNDENTE - Chamar alguém de banguela.
  • CONVERSÃO- Conversa em tempo bastante prolongado.
  • COORDENADA- O mesmo que "incolor".
  • COMPARSA- Estar junto com seu parceiro.
  • COSMOVISÃO- A habilidade de ver o Universo.
  • DEMOCRACIA- Sistema de governo do inferno.
  • DEPAUPERADO- Que foi operado de fimose.
  • DEPRESSÃO- Um tipo de panela.
  • DESABROCHAR- Uma dezena de homens com problema de impotência.
  • DESDENTADAS- O mesmo que "dez mordidas".
  • DESPACHOS- Uma dezena de pisaduras em luso-miguxês.
  • DESVIADOS- Uma dezena de bichas.
  • DESVIO- Uma dezena de pessoas que observaram algo.
  • DETERGENTE- Ato de prender indivíduos suspeitos.
  • DETERMINE- O mesmo que "encarcerar a namorada do Mickey".
  • DIAMANTE- O mesmo que "de concubina".
  • EDIFÍCIO- Antônimo de "é fácil".
  • ELEMINA- O mesmo que "transexual".
  • EMBAÇADO- Que tem diversos órgãos com formato de bexigas.
  • ENCURRALADO - O mesmo que sadomasoquismo.
  • ENTREGUEI- Cercado de homossexuais.
  • ENVIADO- Em cima ou dentro de um homossexual.
  • ESFERA- Animal selvagem já domesticado.
  • ESPERTO- O mesmo que "distante".
  • ESTOURO- Bovino que sofreu operação de mudança de sexo.
  • ESTRATAGEMA- Instrumento usado para abrir ovos.
  • EXPEDIDOR- Mendigo que subiu na vida financeiramente.
  • EXTENSO- Pessoa muito tranquila.
  • FELDSPATO- Bile do fígado de um anatídeo.
  • FELICIDADE - Cidade que não está triste.
  • FLORA INTESTINAL - As plantas que vivem dentro das tripas.
  • FURACÃO - Abrir buracos em cachorros.
  • GINCANA- Gim com cachaça.
  • HEMOFILIA- Atração amorosa ou sexual por emos sangue.
  • HOMICIDA- Veneno usado para matar seres humanos.
  • HOMOSSEXUAL- Sabão para limpar os órgãos genitais.
  • HORÓSCOPO- Um copo de que mostra as horas.
  • IMUNDO- O mesmo que "dentro do Planeta Terra".
  • INCESTO- O mesmo que "dentro do cesto".
  • INDÍCIO - Algum tipo de índio.
  • LATIM- Uma lata de pequeno porte.
  • LUZ SOLAR- Tênis que acende luzinhas.
  • MAÇANETA- Garota que leva porrada dos avós.
  • MÁFIA- Uma filha ruim.
  • MATEMÁTICA- Obra que possui temas ruins.
  • MATRIMÔNIO- Um casamento entre duas mulheres.
  • MESADA- Golpe realizado com uma mesa.
  • METÁFORA- O antônimo de "meta dentro".
  • MICOLOGIA- A ciência que estuda os micos.
  • MINISTÉRIO- Aparelho de som em tamanho miniatura.
  • MOÇÃO- Um moço grande.
  • NEGATIVA- Crioula muito trabalhadora.
  • NEGOCIAR- Crioulo entrando no cio.
  • ONCOLOGIA- A ciência que estuda as onças
  • ORNITOLOGIA- A ciência que estuda os ornitorrincos.
  • PADRÃO- Padre gigante.
  • PAULATINO- Pênis de indivíduo nascido na América do Sul.
  • PATOLOGIA- A ciência que estuda os patos.
  • PATRIMÔNIO- Um casamento entre dois homens.
  • PICADURA- Órgão genital masculino em estado ereto.
  • PERIGOSA- Personagem de José de Alencar em estado de êxtase com Ceci.
  • PLUTOCRACIA- Sistema de governo de Plutão.
  • PRESSUPOR- Adicionar preço em uma mercadoria.
  • PUNHETA- O mesmo que "maneta".
  • QUILOMBO- Expressão de admirado quando avistamos um traseiro muito bonito.
  • RADIOLOGIA- A ciência que estuda os rádios.
  • RATIFICAR- Transformar alguém em um rato.
  • REDEMOINHO- Voltar a ser um demônio pequeno.
  • REGIME MILITAR - Rotina de dieta e exercícios feitos pelo exército.
  • RETALIAÇÃO - Talhar novamente.
  • REPOUSAR - Pousar novamente.
  • RETIFICAR - O mesmo que ficar reto em pé ou deitado.
  • SALTIMBANCO- Roubo a mão armada em uma agência bancária.
  • SANGRADOURO- Bebedouro para vampiros.
  • SENHORAS - O mesmo que "100 hrs".
  • SOLDADO - Sol encubado com números nas faces.
  • SOLUÇÃO- Soluço muito forte.
  • SOTERIOLOGIA- A ciência que estuda a sorte.
  • SUPERSTIÇÃO- Versão crioula do Superman.
  • TALENTO - Aquilo que você diz do seu Computador antigo, da Internet discada, etc.
  • TAXIDERMIA- Doença de pele da qual sofrem os taxistas.
  • TELEVISÃO- A habilidade enxergar à uma longa distância.
  • TESÃO- A letra maiúscula ("T").
  • TORNADO- O mesmo que "transformado".
  • TESTÍCULO- Texto muito pequeno.
  • TRIGONOMETRIA'- A ciência que mede o trigo.
  • TRIPULANTE- Especialista em salto triplo.
  • VESTÍBULO- Um prostíbulo onde as pessoas usam roupas.
  • VIOLENTO- Ação cujo um indivíduo que viu algo em câmera lenta.
  • VOLÁTIL- Dizer ao tio que está indo a algum lugar.
  • VEMCÁSOBRINHO - Oposto da palavra acima

História[editar]

Exemplo de uso da língua portuguesa.

Notoriamente é conhecida pela capacidade de se fazer piadas, durante muito tempo se pensou que ela tivesse sido inicialmente projetada para este fim. Mas os historiadores agora se dividem entre duas teses, uns concordam que ela foi criada pelo demônio para que tornasse a vida dos homens mais miserável ainda no inferno, outros discutem que ela foi introduzida pelos alienígenas para que estes pudessem melhorar sua comunicação transcedental com seus contatos diplomáticos na Terra.

A língua portuguesa se misturou com as línguas nativas. E com outras partes também.

Sua variante menos bem sucedida, a língua brasileira sofre (e como sofre!) em seu processo de construção histórica uma grande influência do tupi-guarani, do yorubá, do sânscrito, do mandarim e do Jeremias.

Mas foi com Luiz de Camões - o maior poeta português, que via mais com um só olho, de que nós com todos três - que a língua portuguesa teve seu apogeu. No livro "Os Lusíadas", Camões narra a aventura dos 10 portugas que acreditando no sonho de obter objetos mágicos, as chuteiras de ouro, que teriam o poder de fazer a seleção portuguesa ganhar sua primeira copa do mundo, partiram para a Antártida. Os argonautas, nome dados aos portugas, eram na verdade a própria seleção portuguesa de futebol, que ludibriada pela Inglaterra, perde sua primeira oportunidade real de ser campeã do mundo. Essa foi historicamente a primeira de uma longa série de vezes que Portugal caiu na conversa dos ingleses.

Português Standard (também conhecido como o Português dos portugas)[editar]

Esta secção está escripta em Português tuga! Se você tirou um curso desta variante num panfleto ou em caixas de cereais para nerds sinta-se à vontade para a expandir.

O Português de Portugal é a língua original mas que nenhum brasuca percebe. Quando um português fala, o brasileiro pergunta em Português do Brasil - "Oi"?; então, o Português começa a ficar irritado e diz "Mas oi o quê? Já estou a falar contigo à dez minutos e agora é que te lembras de dizer olá?!" Este é o começo da não-inteligibilidade das duas variantes principais do Português. Contudo, não se pode negar que é esta a variante mais correta. Isto diria o Tuga, mas se virmos bem, mais de 2 terços do mundo fala variantes incorretas, levantando-se uma questão - Serão os tugas tão maus, que até, ao colonizar outras terras, ensinou mal o português para que 500 anos depois, possam dizer perante uma novela brasileira " Percebes alguma palavra dita por aquela ali na mesa de jantar? Aliás não é só o português que não se percebe ... aquela mesa recheada de croissants, pães, sobras do dia anterior e sumos light também não se percebe! A Dilma é perversa e retarda cada vez mais a língua, mesmo com acordos ortográficos. Mas a principal culpa dá má qualidade e comparação com portugual deve-se a FUNKEIROS e a incrivelmente acelerada da imbecialização do povo brasileiro

Entendi! - Macaco sobre o texto acima

Num intendi ;-; - Brasileiro sobre a texto acima

Compreendo Perfectamente - Português sobre o texto acima

Exemplo de aulas de português[editar]

Algumas aulas de português com alunos criativos

Professor: Ei menino me dê dois exemplos de pronomes.

Muleke: Quem? eu?

Professor: ¬¬ Piada do Chaves? aff


Professora: Ei menino me diz um verbo.

Muleke: bicicreta

Professora:Tá tudo errado, primeiro: o certo é bicicleta e segundo:bicicleta é um substantivo. Fale outro.

Muleke: Anhe? Ta aroga vo fala certu, crebrô

Professora: Credo. Tá completamente errado, não é crebrô, é quebrou. De outro exemplo.

Muleke: Ok, hospedar

Professora: Ótimo, agora forme uma frase com esse verbo.

Muleke: Hospedar da bicicreta crebrô. Pronto fessora, ta certo?

Língua Brasileira (Considerado variante do Português pela escola austríaca)[editar]

Èçtà sêçâum tà inscrita ein Pohhhtugays du Bràzíu! Si vô-c txirô um cuhhhço déçà vàriãtxi com seu Zé ou si não foi nà ixcola pódji botahh maiz letrais qui juntaiz fóhhmaum côisaiz qui ezisteim ô não, depêndji.

U pohhhhhhhtugays do Braziu eh êssi nêgócio qui tôdu Mundoo tá falando, taa ligadoooo mehhhmaum, maiz qui ninguein sabe bein comoo escrevehhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh. Èçtà sêçâum he ótximaa pa docê intendê e incrusiveumentxi àprendê. Quem manda na língua brasileira Variãtxi eça cagêintxi taa falando é a maim dô Ricardão (si lê HHHicahhhhdaum maiz si screvy assim puhh qui à pê-ssoaa que registra uz nômi é português). Vamu dá uinz ezempro pa vô-ceiz di como sis crevi a ligwa bunita eça comparando com a variãtxi eistand... instardi... nohhmau doz portuga qui enventô ela.


Em Português Standard

Temos problemas de humidade na nossa casa.

O acto dele foi digno de ser condecorado.

O fato que ele comprou foi caro.

O Brasil comprou a língua Portuguesa a Portugal.

Lisboa

País

Pénis


Ein Portugays do Bràziu

Nóis tein probrema dji umidadji em casa dji nóis

O qui o cara feiz foi foda mêmo.

O terno ki ele rôbôô é dji cuàlydádji. Vamu vendê ely pa gãiá uma grana.

O djin-êro duiz contribuintxiz du Bràziu serviu pu presideintxi cumprar a língua duiz portugas.

Lismá

Noizis temns ah lihberdadji di falar comonos nozes quissermenus eh ningueim pdh flar queo protugueiz bem dizido denozes foi comprádo nam

Sítio do Picapau Amarelo

Eh CARAAIU, mehhmaum. Tu não sabi siqué eça boçta dji pohhtugays, cacetxi!

A grande divergência anal[editar]

Trecho da poesia
Língua Portuguesa
Urtima frô do lacil, burra e biyita,
é, namêmaora, desbunde e túmbalo:
Oro da terra, que no xão inporcaiado
A puta da mina guarda na imundice...
Vicente Mateus

O maior problema enfrentado na língua portuguesa nos dias de hoje é de longe a questão do cu. Melhor dizendo, a questão da acentuação ou não do monossílabo tônico cu. Muitos gramáticos conservadores defendem que a palavra cu não leva acento, uma vez que consta nas regras de acentuação que os monossílabos tônicos terminados em u não levam acento. Outros defendem que por simples estética a palavra cu deve levar um acento enfático. Durante uma seção¹ espírita, Satanás foi consultado sobre o tema e a seguinte regra foi estabelecida:

Se a palavra cu estiver somente sendo citada em contexto metalinguístico, ou ainda em suas funções fisiológicas divinamente projetadas, a palavra cu NÃO leva acento agudo. Porém, se ela estiver em um contexto que insinue a introdução de qualquer objeto de natureza fálica, então neste caso cu deve ser grafado com acento agudo, que representa o objeto viril em questão. Portanto expressões como "Vai tomar no cú!", necessariamente devem ser grafadas com acento agudo. Por outro lado, expressões do tipo "caguei tanto que estou com ardência no cu", o cu não leva acento, por mais esfolado que esteja.

Mas é claro que o infeliz que escreveu este texto é apenas um idiota com conhecimentos primitivos sobre lavagem cerebral. Se você quiser acentuar a palavra cu, acentue. Mas você sabe, acidentes acontecem...

¹ O vocábulo 'seção', neste contexto, encontra-se grafado erroneamente, uma vez que tal contexto coaduna com evento, e não com setor. Por conseguinte, o correto seria redigir o vocábulo "sessão", retrogradando o termo 'seção'.

Regras, Leis e Termos de Uso[editar]

A Língua Portuguesa em seus diversos uso espalhados pelo mundo segue um conjunto de regras (atualmente """unificadas"""), leis enforçadas pela Igreja e Termos de uso sacanas que permitem ao seu pais de origem suspender o uso de sua língua caso você infrinja estes termos.

Essas regras são totalmente arbitrarias e não seguem nenhum tipo de lógica (é claro a linguá foi criada por um português Pah!), para que você possa tentar adivinhar é onde vai um acento, cedilha ou quando se usa SS e não Ç, você deve seguir uma série de procedimentos cabalísticos rituais para descobrir quando usar o que:

Inicialmente devido as suas raízes lusitanas é necessário ser católico apostólico romano para usar a linguá portuguesa, pois em seus termos de uso a inquisição garantiu que qualquer um que use a linguá portuguesa deve ter total e completa fé no papa corrente, é necessario portanto fazer um sacrificio de um novilho novo na entrada de um templo e pagar seu dizimo todo ano para usufruir dos beneficios da língua portuguesa. Feito isso, antes de escrever qualquer coisa basta rezar um pai nosso e uma ave maria para garatir.

ATENÇÃO: o uso da língua por não católicos pode acarretar na aparição de um inquisitor gramatical, a tradução brasileira de um Grammar Nazi. este além de te corrigir provavelmente vai te afogar, e se você não boiar, você é uma bruxa!


2) Algumas regras para facilitar a adivinhação do uso de sinais e letras especificas:

2.1) o uso de acentos agudos (´), e circunflexos (^) bem como virgúlas (,) , pontos (.) e pontos e virgúla (;) dependem de diversos fatores, nomedamente:

  • -O Ano é Bisexto?
  • -a Hora da escrita é impar?
  • -o tempo esta chuvoso?

Com estes fatores basta fazer uma media ponderada entre o ano, o MMC da hora e a umidade relativa do ar e caso o resultado for par você deve usar o sinal

2.2) O Uso do SS, Ç ou C: são sujeitos de extremo debate entre padres, inquisitores gramáticais e cabalisticos, acredita-se que a forma mais correta de se obter o uso destes seja através de uma expêriencia de quase morte, porém muitos numerólogos utilizam um meio potencialmente menos fatal, se baseia nos seguintes procedimentos:

  • a) a Criação de um mapa astras do escritor
  • b) realização da brincadeira do compasso ou do copo invocando Pero Vaz de Camões, ou outro meio sobrenatural disponível
  • c) criasse então grafico em um plano cartesiano utilizandosse dos mapas astrais do escritor e do excelentíssimo Pero Vaz
  • d) usasse as somas dos valores ascii em base 8 dos caracteres da carta "Carta do Achamento do Brasil" obtida pelos meios sobrenaturais anteriormente citados
  • 5) Faça uma média ponderada e se o resultado for impar use o acento.


2.3) o uso Crase e o Trema, são mantidos em extremo segredo pelos governos e pelas igrejas, pois Invariavelmente necessitam da influencia de Exú para serem usados. Sendo assim os menos usados por verdadeiros católicos, sendo até mesmo ignorados por alguns Inquisitores Gramáticais. O uso por necessitar sempre de uma entidade sobrenatural não tem muito segredo:

1) invoque exu ou peça para seu pai de santo de preferencia, solicitando a ele que informe as atuais cordenadas da pedra filosofal: Ele vai se chato, mas é só dizer que você não quer a pedra só precisa calcular o uso da crase, ele vai rir e dizer para você se mudar.

2) com as cordenadas geograficas da pedra filosofal, basta fazer uma média ponderada, se for 0 você pode usar o acento

Hoje[editar]

:/

Hoje em dia, nenhuma região civilizada do mundo escreve ou se comunica em português, e é considerada por muitos linguistas como sendo uma língua morta. No Brasil, devido ao uso do Whatsapp, Facebook, Tweeter e Fotologs, a Língua Portuguesa apenas é falada entre as múmias da Academia Brasileira de Letras, e em encontros secretos, porque a simpres correção do Miguxês, fofolês, e outros derivados línguisticos da cultura Emo, é considerado heresia, com consequências desagradáveis. E países ainda mais pobres que o Brasil têm procurado aprender português, sendo ensinado na Argentina, no Uruguai, Venezuela e Bolívia (para realizar o sonho de trabalhar como semi-escravo em São Paulo). Além disso muito estrangeiros aprendem português escondido pela intenet e abandonam suas esposas desbundadas para vir para o Brasil sambar e viver com as mulatas gostosas.

Ver também[editar]


Matérias da sua escolinha

Escolinha do Professor Raimundo!
Matérias comuns: ABC - Artes - Biologia - Educação Sexual - English - Física - Geografia - História - Português
Matemática - Literatura - Redação - Religião - Química

Matérias menos comuns: Atualidades - Cultura pela paz - Educação Física - Español - Ética - Filosofia - Français
Geometria - Informática - Música - Sociologia

Matérias extintas: Catequese - EBD - Estudos Sociais - Moral e Cívica - OSPB - Puericultura - Retórica - Roubar