Língua laociana

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Língua laociana é um desconhecido dialeto do tailandês pertencente à família das línguas inúteis consonantes com o sistema de comunicação feito entre os guaxinins considerada uma língua analítica (que utiliza sons anais) e muito importante para os laocianos conseguirem se comunicar na hora de exportar Guaraná Dolly como se fosse adstringente.

Distribuição geográfica[editar]

Texto laociano encontrado em antigas catacumbas sith.

O laociano só existe nas mais remotas aldeias do Laos, ainda intocadas pela civilização e pela tecnologia da roda escrita a lápis.

História[editar]

O idioma surgiu concomitantemente ao instante em que o povo de Laos descobriu a maravilha econômica em vender suas filhas para o mercado de prostituição infantil tailandês. Todavia eles necessitavam se comunicar, mas a língua tailandesa não é tão simples assim, com o tempo os laocianos foram assimilando o tailandês com o costume local de comer arroz cru com as mãos e assim surgia o laociano.

Gramática[editar]

Nesta língua onde 95% das palavras são monossilábicas e 70% das conversas é feita por linguagem visual, a gramática é algo não tão importante assim e por isso nem existem estudos tão aprofundados sobre o laociano, o que justifica o Google Translate não ter a opção laociana na sua lista de possíveis traduções.

Alfabeto[editar]

O laociano utiliza o sistema de escrita abugida, um alfabeto claramente baseado nos diferentes formatos de ânus, nádegas e churros.

Frases úteis[editar]

  • ໄຂປະຕູໃຫ້ແດ່ - "Capim é para vacas comerem" (antigo provérbio laociano).