Língua romanche

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Flag of the Red Cross.png
Cheese mouse.jpg

"Um por todos e todos por um!"

Este artigo é suíço! Ele vive em cima do muro, come fondue de queijo, usa Rolex, produz canivetes, pratica esqui e tênis, além de ter a melhor qualidade de vida do mundo.

Viva Roger Federer!


O romanche é uma língua de origem retoromana, da mesma família do italiano, do romeno e do sardo não necessariamente parente próximo deles pois ninguém gosta de ser lembrado como primo/sobrinho de um eleitor do Berlusconi ou de um vampiro ou de um mafioso. Popularmente, diz-se que o romanche é um velho latim atrelado às montanhas suíças.

A língua romanche hoje[editar]

Estudante de romanche.jpeg

Quarta língua nacional, o romanche é falado por apenas 1% da população, sobretudo no cantão dos Grisões, leste da Suíça, ente a Áustria e a Itália. Para complicar, existem 5 romanches diferentes e hoje ele é minoritário em sua própria terra, dominado pelo dialeto suíço-alemão e pelo italiano.

O idioma retoromanche está em situação alarmante com o uso cada vez mais generalizado do dialeto suíço-alemão num plano nazista visando o anschluss da região germanófila. Como mais uma tentativa de resistência, personalidades fazem um manifesto e acaba de ser lançado o dicionário romanche-francês.

Dialetos[editar]

Eu não estou entendendo nada mas ainda estou com muita fome.

A diferença entre as variedades de romanche está apresentada nas frases abaixo, que significam "a raposa teve mais uma vez fome":

Rumantsch Grischun
La vulp era puspè ina giada fomentada.
Baixo Engadino
La vuolp d'eira darcheu üna jada fomantada.
Alto Engadino
La vuolp d'eira darcho üna vuota famanteda.
Sobremirano
La golp era puspe eneda famantada.
Subselvano
La gualp eara puspe egn'eada fumantada.
Sobresselvano
L'uolp era puspei inagada fomentada.