Língua finlandesa

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Língua finlandesa é o idioma oficial da Lapônia e adjacências. Esta língua é muito parecida com os próprios finlandeses pois não tem nada a ver com a Rússia ou a Suécia, apesar de sua proximidade e não tem nada a ver com as barbatanas de um peixe.

[editar] História

Räikkönen animado em poder falar sua língua nativa.
Língua fínlandesa comparada às outras.

A língua finlandesa foi inventada por algum antigo rei bem excêntrico, que ordenou às pessoas do seu domínio falarem como ele sob a pena de morte. O nome do monarca diremos que foi Toivo I, o Gago. Foi a filosofia lingual de Toivo I, o Gago de "por que usar uma vogal quando podemos usar duas ou três?" que deu origem ao idioma finlandês.

Um fazendeiro chamado Mikääl Agrikkola continuou o trabalho de Toivo I, o Gago e começou a desenvolver uma gramática para o finlandês como forma de um sentimentalismo nacional. Alegadamente, a cabeça de Mikäël implodiu depois que metade do trabalho foi feito. Ninguém foi corajoso (ou idiota) o suficiente para seguir seus passos e por isso que os finlandeses até hoje só tem uma gramática parcial. Eles resolveram este problema importando o resto da gramática sueca e acrescentando "ä" onde as palavras não tivessem mais sentido.

[editar] Gramática

Falar finlandês é muito fácil. Apenas grave qualquer frase em sueco, e coloque para tocar de trás para frente. Este idioma é tão fácil que você precisa apenas de um curso de 40 anos para dominá-lo completamente.

Apenas nunca se esqueça de usar as letras "T", "H", "K" e "L" em todas palavras, e claro, além de respeitar a grande mania finlandesa de usar duas mesmas vogais juntas e colocar trema no "A" e no "O".

O sistema gramatical se dá por aglutinação, como por exemplo a palavra isqueiro que se escreve "savukkeensytytin", motivo pelo qual os finlandeses preferem carregar fósforos que se escrevem apenas como "sytkäri".

[editar] Estrutura fonológica

Não pense que você está livre de pronunciar cada letra de uma palavra finlandesa, mesmo que ela tenha quatro vogais iguais consecutivas. Nada é desperdiçado no finlandês. Às vezes, quando eles usam vogais em uma fileira, colocam dois pontinhos sobre o topo de alguns deles apenas para quebrar a monotonia. Aqueles pontinhos significam algo certamente. Na palavra "apontador" que se escreve em finlandês "kynänteroitin", eles colocam dois pontinhos sobre o "a" e isso significa que é pronunciado como um "a" e um "e" esmagados juntos. Isso também significa que você vai encontrar um monte de lápis sem ponta na Finlândia.

Para falar "apontador" em finlandês, por exemplo, você deve começar com uma boa garrafa de cerveja finlandesa. Respire fundo, vire para trás os seus olhos e diga:

KEWnae (lembre-se da fusão entre o "a" e "e") NTAYR (pare aqui e tome um gole da cerveja) roa (o "i" não deve ser ignorado, mas pronunciado bem baixinho, de maneira quase imperceptível, em decibéis captáveis apenas por orelhas finlandesas) ttin (mais cerveja, por favor).

Ok, todos juntos agora:

"KEWnaenTAYroaittin!"

Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas
Outras línguas